Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Pais que tiveram gêmeos como primeiros filhos contam os momentos mais marcantes de sua experiência

Quem vive no século XXI tem mais probabilidade de ter gêmeos do que as gerações anteriores. Cerca de três, em cada 100 pessoas, se tornam pais de dois bebês, frutos de uma mesma gestação. O presente em forma de filhos gêmeos não é apenas uma alegria em dobro, também é uma dupla preocupação. Às vezes, não sabemos como lidar com um só sapequinha; o que dizer de dois ao mesmo tempo?

Nós, do Incrível.club, estávamos curiosos para saber mais sobre a vida de pais de gêmeos, por isso adoramos ler as histórias de internautas que compartilharam sua experiência.

  • Meus filhos, Alex e André, cresceram e, agora, gostam de brincar com seus professores do jardim de infância. Quando questionados sobre qual deles é o Alex, cada um responde:
    — Eu sou o Alex!
    — Não, eu sou!
    Eles têm quatro anos. Acho que a nossa vida ficará ainda mais divertida com o tempo. © Valéria Gamayunova / Facebook
  • Meus gêmeos têm uma peculiaridade: eles trocam de personalidade de tempos em tempos. E até eu, a mãe deles, chego a confundi-los. Isso não dura muito (normalmente, tudo volta ao normal depois de algumas semanas), mas não há explicação para esse fenômeno. © Zaponka81 / Pikabu
  • Meus gêmeos têm 18 anos. Quando eram pequenos, ficavam doentes o tempo todo. Um dia, precisávamos ir ao hospital para uma consulta. Meu marido e eu rapidamente demos banho, vestimos e os alimentamos, entramos no carro e fomos ao médiсo. Foi quando os olhei mais atentamente e vi que um tomou banho duas vezes e o outro, nenhuma. © Oksana Solodova / Facebook
  • De modo geral, sou uma garota linda, mas a minha irmã costuma me dizer que sou feiosa. O detalhe é que somos gêmeas. © Podsluschano
  • Minha irmã e eu participávamos de uma pegadinha que o nosso pai fazia quando recebíamos visitas. Seus colegas de trabalho frequentemente passavam na nossa casa, sem saber que ele tinha gêmeas. Papai dizia que sua filha era a atleta mais rápida e pedia para minha irmã correr até a porta de entrada. Assim que ouvia a porta bater, eu entrava em casa correndo pela porta dos fundos usando roupas idênticas. As visitas ficavam perplexas! © Bonnie Norton / Quora
  • Estava descendo uma escada rolante quando, de repente, dei de cara com meu irmão gêmeo. Fiquei animado e comecei a acenar para chamar a atenção dele, gritando: “Ei, mano!” Acontece que era o meu reflexo no espelho. © Tonyracs / Reddit
  • Não queria comprar sapatos de cores diferentes para minhas filhas gêmeas, mas elas conseguiram me convencer. Na hora, cada uma calçou seu par: um, era cinza e o outro, marrom. Logo depois que saímos da loja, as meninas começaram a discutir quem tinha os melhores sapatos. Pararam e trocaram de calçados. Deram alguns passos e trocaram de novo. Depois, fizeram assim mais algumas vezes, até que cansei e disse para calçarem um sapato cinza e um marrom. Trocaram de sapatos de novo e, finalmente, se acalmaram. Cada uma ficou com um pé de cada cor até eles ficarem completamente gastos. Nunca mais comprei peças de cores diferentes para elas. © Aaallleeennaa / Pikabu
  • Quando os nossos gêmeos nasceram, um tinha pele avermelhada e o outro, amarelada. Depois de uma semana, trouxemos os bebês para casa, notamos que as cores ficaram menos nítidas e pensamos em um marcador que nos ajudasse a definir quem era quem. Pintei a unha de um deles de vermelho, e decidimos vesti-lo sempre de vermelho. Usamos o esmalte até eles completarem um ano. Logo, seus cabelos cresceram o suficiente para fazer cortes diferentes. Mas, sem as unhas pintadas e os cabelos distintos, eu seria incapaz de distingui-los. © Margaret Plotkin / Quora
  • Outro dia, alguém perguntou aos nossos conhecidos gêmeos se realmente existia telepatia entre eles. Ambos ficaram em silêncio por alguns segundos. O homem que fez a pergunta se sentiu constrangido e pediu desculpas. Um dos gêmeos olhou para ele e respondeu: “Ah, não, não tem problema. É que a gente estava discutindo a nossa resposta”. O senhor ficou confuso, e os gêmeos deram uma gargalhada, explicando que esperavam pelo momento quando finalmente poderiam fazer essa piada. © SecretAgentMan_007 / Reddit
  • Tenho um irmão gêmeo e, certa vez, fui questionado: “Já aconteceu de acordar de manhã e não se lembrar quem é você?” Claro, toda manhã, nossos cérebros resetam, e o meu irmão e eu temos de definir quem é quem e com quais lembranças cada um vai ficar. © izzy210 / Reddit
  • Meu amigo e sua esposa vão ao mesmo supermercado toda semana. Seu irmão gêmeo e a mulher dele também fazem compras lá. Um dia, após reunir coragem, o caixa chamou em particular a esposa do meu amigo e disse: “Lamento dizer, mas eu vi seu marido aqui com outra mulher várias vezes”. © 8979323 / Reddit
  • Ter uma irmã gêmea é como ser uma celebridade. Todos ficam nos olhando, tentam puxar conversa, às vezes tocar e tirar fotos juntos. E nem sempre conhecemos essas pessoas. © blackp****k / Twitter
  • Também tenho gêmeos. Eu deixava uma pequena marca na mão do filho que recebia remédios primeiro e derramava de propósito um pouco de leite da mamadeira na camisa daquele que eu já havia alimentado. Já o meu marido simplesmente escrevia os nomes dos meninos nos calcanhares deles. Um médico teve um ataque de riso quando o jovem pai ficou apavorado ao descobrir que as inscrições nos calcanhares desbotaram, e ele não sabia dizer quem era quem. © Alena Artyomova / Facebook
  • No quinto mês de gravidez, decidimos fazer o ultrassom 3D, que era moda em 2003. O médico passava o sensor pela minha barriga quando, de repente, perguntou: “Bem, vocês já sabem que estão esperando gêmeos, não é?” Ficamos abismados por alguns instantes. Eu comecei a chorar, e o meu marido ficou pálido. É que os médicos anteriores afirmavam que seria apenas um bebê. Surpreso, o médico olhou para nós e disse que teríamos gêmeos idênticos. © Zaponka81 / Pikabu
  • Tenho netos gêmeos. Quando os vi pela primeira vez, após voltar da maternidade para casa, memorizei que um era loiro e o outro, moreno. Fui visitá-los alguns dias depois e os encontrei de toucas. Fiquei confusa. Demorei para aprender a diferenciá-los. © Galina Borovskaya / Facebook
  • Fiquei grávida. O médico disse que eu teria gêmeos, mas apenas um embrião era viável. Depois, descobri que o segundo também ficou inviável e teria de interromper a gestação. Fiquei angustiada, mas não tinha o que fazer. Consultei outra médica, e ela, após observar por algum tempo a tela do ultrassom, exclamou: “Não entendo por que disseram para vir à nossa clínica. Você está esperando dois gêmeos saudáveis! Sim, um deles é menor que o outro, mas está dentro do padrão”. Olhei para ela com uma cara tão perdida que a doutora me perguntou: “Você está feliz?” Apenas consegui murmurar: “Uhum”. © pangey.a / Pikabu
  • Durante a infância, costumávamos ganhar apenas um presente para nós dois. Ficávamos tão chateados a ponto de querer chorar. E o mais importante é que nunca ficava claro como dividi-lo e, na verdade, os presentes que recebíamos eram impossíveis dividir igualmente. Sim, somos gêmeos, mas somos duas pessoas diferentes. Nunca façam isso se não quiserem ferir os sentimentos dos outros. © blackp****k / Twitter
  • Um avô de gêmeos sempre perguntava aos seus netos quando iam visitá-lo: “Qual é seu nome?” Um deles respondia: “Pedro”. E o homem marcava com tinta verde a testa do menino. Assim, ele conseguia se lembrar pelo resto do final de semana quem era o Pedro. © Evgeniya Loginova / Facebook
  • Minha irmã tem gêmeas. Certa vez, ela me pediu para dar um banho nelas. Tudo correu bem. Porém, quando a minha irmã foi pegar as roupas das meninas, me dei conta de que não me lembrava quem era quem. Nunca fiquei tão apavorado quanto naquele dia. Ela voltou, e eu admiti o meu erro. Para a minha surpresa, ela não entrou em pânico e sugeriu que procurássemos algum sinal que pudesse nos ajudar a diferenciá-las. Tentamos até chamá-las pelos nomes. Depois, minha irmã começou a rir de mim. Acontece que ela sabia quem era quem, mas queria ver a minha reação. © YellowSkull / Pikabu
  • Meus gêmeos já têm 15 anos. Certa vez, fui passear com eles, que usavam roupas iguais. Uma mulher veio na nossa direção, parou, ficou olhando para os garotos e em seguida me perguntou: “Eles são gêmeos?” Respondi: “Sim”. Então ela disse “Graças a Deus! Pensei que estivesse enxergando duplicado”. © Oksana Saprykina / Facebook

Você conhece alguma história protagonizada por gêmeos? Ou talvez tenha a sorte de ter um irmão, ou uma irmã que sejam uma cópia sua? Conte-nos!

Imagem de capa Zaponka81 / Pikabu
Compartilhar este artigo