Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

20+ Divertidas reações de estrangeiros após provarem algumas de nossas comidas típicas

9-4-
12k

O Brasil tem dimensões continentais e temos uma maravilhosa mistura de cores, raças, credos e culturas. A nossa gastronomia, que tem referências europeias, indígenas e africanas, é um exemplo claro de que nosso país tem comida para todos os gostos, que encanta (ou causa surpresa) aos visitantes estrangeiros.

Incrível.club ama mostrar curiosidades e hoje trouxemos várias histórias contadas pelos nossos seguidores sobre estrangeiros que tiveram as mais diferentes reações ao provar as nossas comidas típicas. E não se esqueça de conferir um bônus divertido que separamos para você.

  • Um peruano jantou em minha casa e não conhecia acerola, provou e achou a fruta bastante azeda. Também não conhecia pirão e nem cacau, mas amou. @Nayara Santos/Facebook
  • Uma amiga, recém-chegada da Bolívia, comeu pela primeira vez feijoada e adorou. @Lucia Helena da Silva/Facebook
  • Um amigo dinamarquês provou pela primeira vez o Caruru de Cosme e Damião. Ele também experimentou vatapá, chupou cana e ficou impressionado com todos esses novos sabores. Ri muito dele chupando cana, porque ele não sabia e tentou engolir o bagaço. @Flávia Souza/Facebook
  • Meu amigo cubano comeu jindungo (um tipo de pimenta) pensando que era pitanga, e era uma espécie bem forte. Nem preciso falar do resultado. @Graciete Alberto/Facebook
  • No primeiro churrasco que fiz para uma aluna de intercâmbio da Alemanha, aconteceu algo inusitado: ela perguntou quando as outras pessoas iriam chegar. Quando falei que não viria mais ninguém, ela demorou a acreditar!!! Creio que achou muita carne para só duas pessoas. @Romel Hintz Wagner/Facebook
  • Meu marido, que é italiano, provou pamonha e açaí e não gostou de jeito nenhum! Mas essas são as únicas coisas de que ele não gosta da comida brasileira. Todo o resto ama ou adora! @Olinalda Carvalho Dos Reis/Facebook
  • Fui visitar a Alemanha e fiquei uma semana na casa de um amigo. Para o almoço, fiz uma maionese acompanhada de arroz e peixe frito. Ele teve ânsia com a maionese, pois os alemães não gostam de frio e quente misturados. @De Liz/Facebook
  • Já vi um americano que ficou horrorizado diante de uma panela de feijoada. O gringo quase teve um troço quando viu o focinho do porco e achou que o rabo era um dedo humano. @Fernanda R. Corrêa Alves/Facebook
  • Eu morava com uma inglesa que olhava meu prato de churrasco e achava tudo muito estranho! Ela dizia que não entendia como os brasileiros conseguiam misturar carne assada com maionese, arroz e farofa, sem passar mal depois por causa das ’texturas diferentes" de cada prato. @Josiane Sanches/Facebook
  • Moro no Japão e aqui, uma vez por ano, tem uma festinha de confraternização com o pessoal da fábrica. Os japoneses fizeram o churrasco deles e, como éramos poucos brasileiros, fizemos o nosso. Eles acabaram com a picanha e com a linguiça que fizemos e até os que não faziam parte da nossa festa queriam comer nosso belo “churras”. @Sandra Soares/Facebook
  • Meu ex-marido é inglês e odiou a nossa farofa. Ele falava que parecia serragem... azar dele, eu sempre comia a parte dele. @Sandra Bordallo Pinheiro/Facebook
  • Vivi em uma comunidade onde moravam pessoas de vários países... um belo dia observei uma coreana me perseguindo com os olhos enquanto eu fazia meu café da manhã. Parou ao meu lado e ficou de boca aberta a cada movimento. Coloquei o leite, esquentei, coloquei açúcar e ela admirada olhando. Coloquei café, misturei e lhe perguntei se queria. Ela tomou, acanhada, e depois do primeiro gole ofereceu a todos os outros coreanos. Acharam a coisa mais louca e deliciosa. Tive que ensinar como fazer um café com leite para eles. @Ingrid Siqueiras/Facebook
  • A irmã do meu avô e o marido vieram de Portugal e amaram a nossa banana. Comiam mais de 3 pencas por dia cada um! @Vânia Maya Plena/Facebook
  • Meu namorado é americano e ama pão de queijo. Eu ensinei a receita e agora todo dia de manhã ele faz pão de queijo na Flórida. Também ama cuscuz de tapioca, brigadeiro e risoto de camarão. @Andrea Santana/Facebook
  • Levamos os sogros da minha irmã, alemães, para um rodízio de pizza. Eles piraram porque não imaginavam que existiam tantos “recheios”! Lá deve ter no máximo 5 opções de sabor... @Kellen Ynara/Facebook
  • Minha chefe é americana. Antes de provar o brigadeiro, fez uma cara de nojo, pediu desculpas e disse que parecia poop (cocô). Depois que comeu, virou fã e volta e meia me pedia para levar poop para ela. @Linda Ferreira/Facebook
  • Meus amigos argentinos estranharam porque fazemos feijão com caldo, mas acharam o gosto maravilhoso. Sem caldo deve ser horrível. @Gisele Beatriz Zoccoli/Facebook
  • Um amigo sueco achou muito estranho comer empada, talvez pela textura. Mas se encantou com vitamina de banana e com uma “feijoadinha” bem leve. @Claudia Cruz/Facebook

  • Moro nos Estados Unidos e meus amigos adoram minha comida. Em especial meu arroz, escondidinho de contrafilé, strogonoff, múmia (frango assado com bacon enrolado marinado no suco de laranja e ervas por 4 horas, meus filhos que deram esse nome) e lasanha... Enfim, tudo o que eu cozinho eles adoram. @Deusa Marina Robinson/Facebook
  • Já vi um americano escandalizado quando serviram coração de galinha num rodízio de carnes. @Cairo Maciel/Facebook
  • Moro na Europa e quando chamo meus amigos para alguma refeição aqui em casa, todos querem comida brasileira, dizem que é muito saborosa. Eles amam arroz com feijão e, quando faço churrasco, não pode faltar uma deliciosa maionese. @Tika Almeida/Facebook

Bônus: Não são só os estrangeiros que se surpreendem com a nossa comida

  • Aqui foi o contrário, fui à Itália, crente de que iria me esbaldar nas massas. Achei todas as de lá terríveis. Em especial um tipo de pão que, se for jogado na cabeça de alguém, causa traumatismo craniano. A pizza de lá também é muito ruim. #decepcionada @Flavia Salomé Cavalcante/Facebook
  • Não foi com estrangeiro, mas eu trabalhava em um hotel e recebi uma baiana. Ela falou que a comida aqui do Rio era horrível “porque vocês usam alho em tudo”. Gente, alho é vida! Quem não usa alho para temperar?? O fim. @Daiana Freitas Dos Santos/Facebook
  • Viajei com meu ex-marido ao Pará e fomos tomar tacacá no meio da tarde, o sol ainda estava quente e ele botou pimenta. Quando olhei, ele estava vermelho, suando e com os olhos arregalados. Me disse: “Chame uma ambulância rápido, estou tendo um derrame, minha boca está dormente e meus lábios tremem”. Quando o bombeiro chegou, olhou para ele e perguntou: “Você tomou tacacá?” O homem explicou que era efeito do jambu no tacacá e que ia passar logo. Que grande mico. @Di Di Cunha/Facebook
  • O meu companheiro detesta cuscuz nordestino... Ele é paulista, mas morou muitos anos nos EUA... diz que cuscuz parece areia. Oh! Meu Deus!! @Esmeralda Estela/Facebook

O que achou dos comentários? Qual foi o mais surpreendente para você? Tem alguma história de estrangeiro que amou ou odiou a nossa comida? Conte para a gente nos comentários.

9-4-
12k
Compartilhar este artigo