Incrível
Incrível

19 Restaurantes onde o ingrediente que mais falta é a noção

Muita gente vai a restaurantes em busca de uma experiência culinária como a do pequeno chef astro de Ratatouille, mas terminam em um estabelecimento que tem os ratos como única semelhança com o do filme. Felizmente, o senso de humor consegue adoçar até a mais amarga das histórias. Por isso, compartilhamos aqui 19 relatos de internautas que saíram para comer e voltaram de barriga vazia, mas com a cabeça cheia de piadas para contar.

Você também tem alguma história envolvendo uma experiência em um restaurante que virou um pesadelo? Como age quando quer devolver um prato que não te agradou?

  • O mingau de aveia que pedi veio com uma mosca, então devolvi o prato. O garçom, que era conhecido do meu cunhado, trouxe outro mingau, mas disse, secretamente: “Não tomem. É o mesmo mingau, eles só tiraram a mosca”. © Srita Nesbit Nieto / Facebook
  • Quando fui tomar café em Piracicaba, entrei no banheiro e vi que não tinha água, então o garçom ofereceu álcool em gel para eu limpar as mãos. Em seguida, pedi meu café da manhã, com um suco de morango e kiwi (estava no cardápio). Mas quando o garçom retornou, surpresa! Disse que a bebida não poderia ser feita por conta da falta d’água. Conclusão: eles fazem o suco com água da torneira. Não voltei mais ali desde aquele dia. © Jose Notario / Facebook
  • Comprei um cappuccino, e o atendente, imagino que novato, fez uma decoração com canela em pó que mais parecia uma barata esmagada. Acho que minha cara disse tudo, porque ele falou: “Foi uma tentativa de flor”. Não consegui evitar a risada. Me arrependo até hoje de não ter tirado uma foto, porque continuo lembrando disso e dando gargalhadas. © Veronica Mendoza / Facebook
  • Fomos jantar em um pequeno restaurante italiano do qual éramos clientes frequentes. Notei que a qualidade vinha caindo, mas ainda assim seguíamos fiéis por pensar o seguinte: “Qualquer um pode cometer um erro”. Porém, a última gota d’água foi quando pedimos uma pizza especial, deixando claro que não queríamos o milho, apesar de ser um dos ingredientes principais daquele sabor. Quando a pizza chegou, lá estavam os grãos de milho. Chamamos o garçom e apontamos o erro no pedido. Ele nos deu razão. Disse que nossa pizza sem milho estava separada na cozinha, mas que ele tinha cometido um erro e faria a troca. Quando o homem trouxe a nova pizza, ela estava sem milho, mas tinha as marcas de onde estavam os grãos, assim como os pequenos “buracos” deixados pelos dedos que retiraram o milho. Levantamos e fomos embora. Nunca mais voltamos. Aliás, o restaurante está atualmente fechado. © Lina Dávila / Facebook
  • Quando estava comendo na rodoviária, vi quando o garçom deixou um pão cair. Discretamente, ele apanhou o alimento, fingiu jogá-lo no lixo e, depois, serviu-o normalmente. Quando conferi a lixeira na qual ele tinha, supostamente, jogado o pão, não estava lá. © Sandra RG / Facebook
  • Quando pedi comida para viagem, o peito de frango estava cru. Sobre o assunto, o garçom falou: “Ah, é para você terminar o preparo na sua casa”. © Jacqueline Romo / Facebook
  • Meu filho me disse: “Me dá dinheiro para eu comprar um chugro”, (era um “churro”, só que o menino não consegue fazer o som de “r” duplo). Ele foi ao balcão e falou a mesma coisa, sem ser compreendido. Voltou com uma fatia de pizza. © Karla Silva / Facebook
  • Devolvi meu café da manhã, pois estava gelado. Quando a garçonete trouxe o prato de volta, vi quando a salsicha caiu no chão e ela colocou de volta no prato. Saí dali imediatamente, não sem antes dizer à garçonete que eu tinha visto tudo. A mulher ficou sem palavras. © Carolina Vasquez / Facebook
  • Em uma ocasião, vi que dois clientes pediram espaguete, só que veio uma mosca em um dos pratos. O homem exigiu a troca, mas antes disso, escondeu no prato um dos brincos de sua acompanhante. Quando o garçom voltou com o prato, o homem procurou o brinco. Lá estava ele. Apenas tiraram a mosca e devolveram o mesmo prato. © Hilda Gaytan / Facebook
  • Uma vez, minha esposa e eu fomos tomar café em um restaurante conhecido por ser especializado em waffles. Não era um dos dias mais movimentados, então não havia muitos funcionários nem clientes. Minha esposa pediu tortilhas com ensopado, enquanto eu preferi um waffle tradicional. O serviço demorou uma eternidade, mesmo sem muitos clientes ali. E os poucos presentes já estavam todos comendo. Quando nosso pedido enfim chegou e começamos a comer, minha esposa percebeu um sabor muito peculiar (doce), então passou a olhar com atenção, notando que o prato não tinha sido lavado. Simplesmente colocaram a comida em um prato usado. Pedimos a troca do prato. O garçom, de uma maneira não muito educada, levou-o à cozinha. Retiraram apenas a parte doce, voltaram a colocar os alimentos no mesmo prato e, para completar, demoraram cerca de dez minutos. Quando retornaram com o prato, a comida já estava fria. Gentilmente, perguntamos se podiam esquentar novamente o prato, e o garçom levou-o mais uma vez, voltando com o prato morno e a comida toda esparramada. Pedimos a conta e vimos que a gorjeta vinha inclusa. Trabalhei muito tempo como garçom, então sempre deixo uma boa gorjeta. Só que, naquela vez, eles esgotaram toda nossa paciência. © Adrian V Veloz / Facebook
  • Uma vez, em uma lanchonete, eu tinha acabado de entrar e fui ao banheiro. Como sou muito desastrada, errei de porta e entrei na cozinha. Foi quando vi funcionários cuspindo em um prato de comida, enquanto outros riam. Ninguém me viu, então apenas dei meia-volta e cancelei o pedido. © Patricia Geraldd / Facebook
  • Em certa ocasião, nos serviram um chocolate feito com leite vencido. Primeiro, não aceitaram o fato de o chocolate estar com sabor ruim. Depois, disseram que iam trocar. Só que eles apenas colocaram mais leite e chocolate para disfarçar o sabor. © Gonzalez Flores Lucia / Facebook
  • Minha irmã me convidou para comer tacos, mas não gosto muito desse prato por não comer carne. Sabendo disso, ela falou: “Não se preocupe, eles fazem também sem carne”. Falei especificamente para o atendente: “Quero um taco sem carne”. Ele me olhou fixamente e me entregou um taco que, claramente, tinha gosto de carne. Nisso, chega um senhor e pede: “Me vê um de carne”. Vi que o funcionário preparou o taco exatamente como o meu! Me senti enganada, passada para trás... Mas o taco estava delicioso. © Zyanya Nochipa Cid / Facebook
  • Ao comer um cozido em um restaurante especializado, senti algo estranho na minha boca e pensei: “Ai, meu Deus, perdi um dente e quase o engoli!” Discretamente, cuspi aquilo e passei a contar todos os meus dentes. Estavam todos em seu lugar. No fim das contas, vi que era um osso da carne do cozido. Os funcionários, vendo que eu estava preocupada, perguntaram o que havia acontecido. Quando contei, caímos na risada. Um deles chegou a dizer: “Bom, ao menos o osso não quebrou nenhum dos seus dentes”. © Karla Silva / Facebook

O que achou dos relatos? Já passou por algo semelhante? Compartilhe sua história conosco nos comentários.

Incrível/Gente/19 Restaurantes onde o ingrediente que mais falta é a noção
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos