18 Leitores do Incrível relembram as piores comidas que já experimentaram

Muita gente já se envolveu em situações estranhas envolvendo comida, desde provar algo que não gostou até engolir o que não deveria. Tem gente que não repara muito no que está prestes a ingerir e acaba se arrependendo logo em seguida. Mas isso pode acontecer com todos e o que fica são apenas boas histórias.

Nós, do Incrível.club, também nos divertimos com experiências alimentares meio estranhas — mas muito engraçadas — e reunimos algumas das melhores vindas de nossos leitores. Confira!

  • Quase comi uma pulga enquanto secava meu cachorro. Eu achando que era restinho do almoço no dente, quando percebi que estralava demais, sendo que almocei FRANGO. Tirei da boca aquela pulga em três pedaços. Confesso que pulga não tem sabor. — © Paula Roberta Rebouças / Facebook
  • Caviar, experimentei quando era criança numa festa. Me deu ânsia... e trauma! Ainda bem, não é? Muito caro, já não basta o “japonês” que eu, mera mortal pobre, gosto e não posso sempre. — © Camila Moraes / Facebook
  • Uma colega minha fez uma festa e os salgadinhos eram poucos. Então, ela teve a brilhante ideia de servir a ração do cachorro, que era em formato de croquete. Ela colocou a ração de molho no tempero, empanou e fritou. Todo mundo comeu, eu ainda comi uns dois. Anos depois, ela falou que tinha feito isso, pois não lembrava que eu estava na festa. — © Jovana Monteiro / Facebook
  • Um amigo de infância tinha mania de abrir a geladeira da gente sem pedir. Um dia, viu um requeijão de Minas, meteu a colher e encheu a boca. Só que era banha de porco que minha mãe usava para fazer salgados de festa. — © Wantuil Martins Lopes / Facebook
  • Eu mesma nenhum, mas um namorado da minha filha chegou antes dela e eu estava atolada de trabalho. Falei para ele comer alguma coisa, pois ela estava atrasada. Ele fez um sanduíche de patê pra gato... depois mais um sanduíche. Foi para o escritório e disse: “Tia amei o patê, vou comprar”. Eu: “Humm, patê? Que patê?” Quando descobri, não consegui contar, abria a boca e não conseguia contar. — © Tess Astra / Facebook
  • Meu marido comeu os biscoitos dos meus cachorros e ainda fez um drama, falando que os meus cães comem melhor que ele. — © Tatiana Riberto / Facebook
  • Fui lanchar no restaurante e tinha um casal amigo comendo um petisco. Eles me ofereceram, eu comi e achei uma delícia. Ainda comentei, que filé de frango gostoso! Eles olharam pra mim com espanto e me disseram que era carne de rã. — © Shirley Bragon / Facebook
  • Foi em um almoço entre pessoas que eu mal conhecia. A mãe de uma prima distante preparou um espaguete com polvo. A mesa cheia de gente e eu com um pedaço de polvo na boca, mastigando, mastigando, sem conseguir engolir e sem coragem de cuspir. — © Yara Moema Cabral Monteiro / Facebook
  • Eu nunca tinha comido caranguejo na vida. Aí, uma vez, eu estava em um restaurante e, vendo que o caranguejo era barato, resolvi comprar um pra experimentar. Fui direto, abri o casco dele e comi a carne preta que tinha lá, o gosto era HORRÍVEL. Aí, o garçom me disse pra comer só a carne das patinhas, porque a da cabeça são VÍSCERAS. — © Daniele Bragion / Facebook
  • Fui à casa de uma senhora e vi um doce de goiaba no armário. Peguei um pedaço e até aí tudo normal, até que horas depois eu senti um gosto estranho. Era, sim, doce de goiaba, mas já tinha passado uns cinco anos da validade. Pense no desespero que fiquei, achando que tinha sido envenenada. Graças a Deus não tive nenhuma caruara. — © Luciana Araújo / Facebook
  • Eu coloquei um caldo de legumes em tablete na boca, achando que era um bombom Love, quando criança. A embalagem era muito parecida. Imagina minha reação quando vi que não era... ecaaa! — © Carla Georg / Facebook

Agora é a sua vez! Qual a pior comida ou coisa estranha que você já comeu? Vamos rir mais!

Compartilhar este artigo