Incrível
Incrível

17 Histórias sobre professores que parecem ter estudado pedagogia por algum mal-entendido

Os tempos da escola são diferentes para todos. Alguns têm um monte de histórias divertidas para contar, se lembram de seus professores com carinho e ficam felizes em reencontrar seus colegas de turma. Outros tentam esquecer esse tempo como se fosse um pesadelo, e muitas vezes a razão disso são os professores que conseguem arruinar a vida até dos alunos mais aplicados e espertos.

Nós, do Incrível.club, desejamos que apenas professores excepcionais trabalhem nas escolas. E que professores como os heróis da nossa seleção nem cheguem perto das crianças.

  • Quando eu tinha 9 anos, uma professora nos perguntou o que gostaríamos ser quando crescêssemos. Um garoto disse que queria ser gari. A professora começou a discursar sobre como esse trabalho era para as pessoas mais tolas, as classes mais baixas da sociedade, e que ele deveria se esforçar para conseguir algo melhor. Finalmente, ela perguntou por que ele queria ser um gari. “Porque meu pai trabalha como gari”, respondeu a criança entre lágrimas © bassolune / Reddit
  • Na 9ª série, a professora de física me dava uma nota ruim em todas as provas, mesmo quando as minhas respostas estavam certas. Para a pergunta “Mas por quê, se está tudo certo?” ela dava uma resposta genial: “Você deu a mesma resposta que o Caio, você copiou dele. É óbvio”. Em primeiro lugar, Caio sentava a algumas mesas de distância de mim e, em segundo lugar, como a resposta poderia ser diferente, se estava correta? Esse absurdo continuou por seis meses, até que meus pais foram ao colégio e se dirigiram ao diretor com essa pergunta. Depois disso, ela nunca mais repetiu o feito. © Arenius911 / Pikabu
  • Eu adorava dançar e nunca me preocupei sobre como fazia isso. Na 4ª série, eu ficava ansiosa pela aula de dança, e não ligava que a professora me colocasse sempre nas fileiras de trás. Quando estavam selecionando os dançarinos para a apresentação na escola, escolheram todos menos eu. Eu fiquei em um canto e comecei a chorar. Minha melhor amiga, a preferida da professora, pediu para ela me dar outra chance. Eu dancei, e depois de 15 segundos, sem nem olhar para mim, a professora disse: “Não, você não sabe dançar”. Eu fiquei arrasada. © Somya Tuteja / Quora
  • Havia uma disciplina no ensino médio que eu realmente gostava. Chamava-se “informática”, mas era principalmente sobre noções básicas de design gráfico e, em geral, sobre diferentes tipos de material digital criativo. Fiquei muito inspirado com um projeto que tínhamos de fazer e realmente me empenhei: montei uma tela verde em casa, fiz edição de vídeo avançada, ficou incrível. Nosso professor gostou muito do trabalho, me deu uma nota 10 e disse que mostraria meu projeto para outros alunos como exemplo.
    Alguns dias depois, uma professora de outra turma me parou no corredor da escola e disse:
    “Vi o seu projeto. Parabéns, mas você não deveria ter se esforçado tanto”. “Por quê?”, eu perguntei. E ela: “Você elevou o nível para os outros. Então, alguém que poderia receber uma nota máxima, provavelmente irá receber um 8 ou até menos”. Eu gostaria de poder voltar no tempo e dizer a ela para me deixar em paz. Não sou responsável pelas notas de outras pessoas e tenho o direito de me destacar da maneira que quiser. © goldfeathered / Reddit
  • Minha professora de matemática do ensino médio costumava dizer: “Isto é tão fácil. Se você não entende de álgebra, provavelmente passará a vida inteira cavando valas”. Se ela me visse agora, ficaria impressionada com o quão longe eu cheguei sem usar equações nem logaritmos. © John R. King / Quora
  • A professora de física me dava uma nota ruim sem nem mesmo olhar para a minhas respostas na prova, simplesmente porque eu estava sentado na mesma mesa com uma garota bonita e, na sua opinião, não conseguia pensar claramente por causa disso. Não, ela não me deixou mudar de lugar. © georgecoin2 / Pikabu
  • Primeira aula de matemática do ensino médio. A professora faz a chamada e, ao chegar no meu nome, pergunta: “Você não é parente de tal e tal?” Respondo que sim. E ela diz: “Espero que você estude melhor que seu tio. Aliás, isso não requer uma grande mente.”
    © Dimitri Vallette / Quora
  • A professora de tecnologia ficou muito indignada por eu ter pouco interesse na sua disciplina. Ela me perguntou o que eu pretendia fazer quando terminasse a escola. Eu disse que iria me dedicar à música: eu tocava piano, estava matriculado em todos os clubes de música da escola, no coral e na orquestra. A professora disse: “Para se destacar na música, você precisa ser extremamente talentoso ou muito trabalhador, e não se pode dizer nada disso sobre você.” © moonwashed / Reddit
  • Tirei um 6 na tarefa difícil de matemática e meu melhor amigo, que colou de mim, tirou 8. Perguntei à professora por que recebi uma nota tão baixa para as respostas corretas, e ela respondeu que eu poderia fazer melhor e não havia me esforçado o bastante. © Elena Ledoux / Quora
  • Na 4ª série, perdi um pedaço de papel com as minhas falas para um concerto na escola. Falei com a professora e ela respondeu: “Bem, você deveria ter sido mais responsável” — e foi embora. Então, o concerto começou, é a hora do meu solo. Vou até o microfone e digo: “Não sei o que dizer, porque a professora não me deu as minhas falas mesmo quando pedi”. Houve um silêncio ensurdecedor, uma leve comoção, e depois o diretor me levou do palco. © trufflechuckle / Reddit
  • Eu estava na 3ª série. Alguns dos meus amigos se inscreveram para as Olimpíadas escolares e nem me falaram sobre isso. Perguntei ao professor, e ele, me olhando bem nos olhos, disse: “Esses concursos não são para todos, mas apenas para os inteligentes.” Passaram alguns anos, e consegui o 1º lugar nesse concurso. © Shikhar Kunal / Quora
  • Na 1ª série, além das aulas principais, nos ofereceram curso de inglês como atividade extracurricular. Quase toda a turma estava matriculada no curso, então me inscreveram também. Mas em novembro peguei um resfriado e fiquei em casa por três semanas. Quando voltei, a professora disse à minha mãe para me tirar do grupo. Segundo ela, eu não tinha habilidade, e além disso, havia perdido muita matéria. E que seria melhor para mim nunca estudar idiomas, pois não era para mim, e ela não precisava de alguém como eu no grupo. Com tempo, eu me esqueci dessa história, mas lembrei muitos anos depois, quando me formei com louvor em uma faculdade de línguas estrangeiras. A professora acabou não sendo uma vidente muito boa... © NeverBetter / Pikabu
  • Estava na 7ª série, nós apenas havíamos começado as aulas de Física. O professor costumava fazer um teste assim: a turma toda se levantava, e então ele fazia perguntas para todos. Se você respondesse corretamente, podia se sentar, se não, ficava em pé durante toda a aula. © Sourojeet Chakraborty / Quora
  • Eu tinha uma professora de inglês na 5ª série, a quem chamávamos de “Esponja”. Ela sempre levava um porquinho de brinquedo para a aula e o girava dependendo da resposta do aluno. Se ele desse a resposta certa, ela virava o porquinho mostrando o focinho, e se erasse, virava o bumbum. © Olga Andreyuk / AdMe
  • A psicóloga da escola me perguntou o que eu queria fazer no futuro, e eu respondi que me tornaria cozinheira. Ela literalmente disse o seguinte: “Por que você não escolhe uma profissão em que precisa usar seu cérebro?” © zepicurean / Reddit
  • Na escola, eu gostava de Física. Estava no 9º ano. Recebi uma nota negativa no final do trimestre. Minha mãe ficou chocada, como era possível? Ela foi para a escola e descobriu que eu havia tirado uma nota negativa por não ter nenhuma no registro de notas. Perguntou ao professor por que nunca me chamaram para o quadro, e recebeu uma resposta brilhante: “Para que? Já sei que ele sabe tudo”. E foi assim que sendo bom na disciplina, tirei uma nota final negativa. © empirevv / Pikabu
  • Tirei um 8 no meu exame final em uma escola de ensino de inglês avançado apenas porque disse que iria para Faculdade de Línguas Estrangeiras. E a outra garota, que era pior na disciplina, tirou 10, porque disse que iria para outra faculdade, embora, na verdade, ela também pretendia estudar na faculdade de línguas. Depois, explicaram: “E se você não conseguir entrar? Assim, não teremos vergonha. E se entrar, vamos dizer que nossos alunos, mesmo com a nota final 8, conseguem entrar em uma faculdade tão prestigiada.” © Elena Smirnova

E você, ainda guarda mágoas dos tempos da escola?

Imagem de capa empirevv / Pikabu
Incrível/Histórias/17 Histórias sobre professores que parecem ter estudado pedagogia por algum mal-entendido
Compartilhar este artigo