Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

17 Histórias reais de pessoas que tiveram boas intenções, mas pouca sorte

42-1
18k

Não se nasce um profissional, torna-se. Chega-se à grandeza somente depois de jogar o caldo de galinha no lixo, inúmeras tentativas ineficazes de montar os móveis com as próprias mãos ou até tentar (por muito tempo) ferver o macarrão em água fria. Sim, todos nós já passamos por muitos perrengues antes de realmente aprender alguma coisa ou adquirir alguma habilidade.

Nós, do Incrível.club, acreditamos que as histórias de pessoas sobre seus próprios fracassos servirão de inspiração para muitos olharem para si mesmos e para seus próprios desastres com certo humor. Afinal, é melhor rir do que chorar. Confira!

  • Ontem decidi usar o liquidificador novo pela primeira vez. Liguei na tomada, parecia estar fazendo barulho, mas as lâminas não giravam. Peguei o liquidificador e virei de frente para o meu rosto, tentando entender por que não estavam girando. Enquanto apertava o botão com a mão direita, enfiava a mão esquerda para tentar (possivelmente) consertar o que não estivesse encaixado corretamente. Nesse momento, as lâminas começaram a girar. Acho que ainda estou com pedaços de banana no cabelo. Sorte que não perdi meus dedos. © Nezabudka.mini / Pikabu
  • Aconteceu nos anos 90. Minha irmã mais nova estava arrumando a casa, e no quintal ela jogava todo o lixo em uma fogueira. Ela jogou também uns jornais e papéis que estavam na caixa de areia do gato. Depois que nossa avó voltou para casa, tivemos que acudí-la e chamar a ambulância. Ela disse que nesses papéis tinham vários cupons que somados daria um valor altíssimo. © Arlekinchik / Pikabu
  • Eu tentei montar a cama do meu filho sozinho. Haviam 86 peças, e nas instruções tinham apenas duas fotos: a primeira com as peças separadas, e a segunda com a cama já montada. No segundo dia, eu desisti, e resolvi olhar algum tutorial no YouTube. Encontrei um vídeo com o título: “Se você está assistindo a esse vídeo, você provavelmente tentou montar essa cama sozinho”. © kutis / Pikabu

“No banheiro do escritório finalmente colocaram uma trava”.

  • Uma amiga minha teve uma grande discussão com o marido. Ela decidiu fazer uma greve e parou de cozinhar para ele. O marido, por sua vez, disse que iria fazer a própria comida a partir de então. Como resultado, ela observou a seguinte situação: seu marido despejou macarrão em uma bacia, encheu-a com água fria, salgou e começou a comer. Dava para ouvir a crocância, mas ele comeu mesmo assim. © mayfani / Pikabu
  • Um certo dia, a televisão da minha querida avó parou de funcionar. Ela me ligou pedindo ajuda. Fui à loja comprar um controle, pois achamos que era esse o problema. Aparentemente, era a antena que não estava funcionando. Voltei à loja e comprei uma antena nova. Cheguei em casa, instalei a antena, mas o sinal estava muito ruim. Parecia estar com mau contato, provavelmente por causa da fiação. Voltei à loja para escolher um cabo novo. Cheguei em casa, instalei os fios novos, mas pelo fio não ter um extensor, minha avó não podia mais ligar a lâmpada ao mesmo tempo. Fui à loja novamente comprar um extensor (o rapaz não aguentava mais olhar para minha cara). Voltei, tentei instalar, mas comprei o modelo errado. Não encaixava na tomada. Peguei uma tomada nova, mas notei que era menor do que a anterior. Por isso, faltou papel de parede para cobrí-la. Agora estou aqui com minha avó escolhendo o papel de parede novo. Obrigado, televisão, pela obra que estamos fazendo. © smuphyxa / Pikabu
  • Final de semana na casa da avó. Cheguei em casa e vi uma panela com uma água suja dentro. Pensei que seria ótimo ajudar minha avó com a limpeza, e joguei fora. Bem, depois eu fui xingado de todos os nomes, pois aquele era o calde de galinha que ela estava preparando há horas. © Erei666 / Pikabu
  • Estava exausta depois do trabalho quando ia para casa. Decidi passar no mercadinho para comprar algumas coisas para o café do dia seguinte. Cheguei em casa, coloquei os produtos nos seus devidos lugares e fui dormir. No dia seguinte, no entanto, não tinha nada para comer: pão no congelador e a carne ao lado da torradeira. E o resto do pão velho já estava nadando no sangue que tinha escorrido da carne. © bnsbnsbns / Pikabu

“No outro dia, os pedreiros terminaram de fazer a obra na entrada do prédio. Decidiram também atualizar a numeração dos andares”

  • Voltei do trabalho e vi 2 grupos grandes de pedreiros, falando muito alto e discutindo. Me aproximei um pouco e notei que eles precisavam erguer um muro. Como o muro era muito longo, eles decidiram se dividir em 2 grupos: um começaria a colocar os tijolos de um lado, e o outro grupo, do outro lado. Depois se encontrariam no meio. Para que não houvesse desentendimento, eles estenderam uma corda no chão, para saber exatamente onde os tijolos deveriam ser colocados. Eles começaram, um de cada lado, e depois se encontraram no meio. O problema foi que um grupo colocou os tijolos à esquerda da corda, e o outro grupo colocou à direita. © Loewenherz / Pikabu
  • Comprei um apartamento em um prédio recém construído. O antigo dono havia pago para que fizessem uma obra decente nele, além de dizer como estava orgulhoso de que o imóvel dele era o único reformado até então. Bom, no primeiro mês que eu morei lá, as maçanetas dos 2 quartos caíram, o vaso sanitário quebrou, a água do chuveiro por vezes saía marrom e um dos azulejos do banheiro já espatifou no chão. Eu estou me sentindo o Hulk nessa casa, destruindo tudo, como se estivesse andando em um campo minado. © kasssper / Pikabu
  • Certo dia, meus avós resolveram comprar um cortador de grama por 1.500 reais. Pegaram um empréstimo no banco para pagar. Dizíamos para talvez escolherem um mais barato, mas eles tinham argumentos para tudo: “Não, queremos esse. Esse é de marca boa, importado...” Enfim, hoje foi o primeiro dia de uso. Eles conseguiram atropelar um tubo de metal que estava no chão, e o aparelho não quer mais ligar. © JohnVan / Pikabu

“Comprei sandálias novas. Coloquei de manhã para ir ao trabalho. Fiquei incomodada que um salto fazia barulho e o outro não. Realmente não notei até o final do dia. Foi meu marido que abriu os meus olhos. Ele não conseguia parar de rir”.

  • De manhã, em vez de água quente, a torneira fazia um barulho “sh-sh-sh”. Então, me lembrei de um aviso que deixaram na entrada do prédio que ficaríamos sem água quente por alguns dias. Xinguei um pouco, tomei banho frio e saí para o trabalho. Quando saí do elevador, a vizinha de baixo abre a porta e me chama: “Querido, você não poderia por favor dar uma olhada no meu chuveiro. Eu pedi para instalarem um aquecedor, pois não aguento ficar sem água quente, mas não está saindo água nenhuma”. Verifiquei. O rapaz cortou o cano de água quente para colocar o aquecedor novo, deixando assim todos do andar sem água. © E6AKArpo3HaR / Pikabu
  • Uma vez, precisei contratar 2 rapazes para revirar o lixo em 2 lixões, pois minha mulher tinha jogado fora documentos importantes do apartamento. Depois da saga de algumas horas, encontramos os documentos embaixo da cama. © IgorTTT / Pikabu
  • Passei a maior parte da minha infância na fazenda, onde tínhamos uma casa enorme, com cabras, porcos, galinhas, patos, perus e coelhos. Certa vez, meus pais foram passar o final de semana fora, e eu fiquei encarregada de cuidar dos animais. Enquanto dava comida aos porcos, esqueci a porta do chiqueiro aberta. Quando me virei, as galinhas já estavam invadindo o chiqueiro em direção à comida dos porcos, onde certamente morreriam. Corri para segurar os porcos, e escuto à distância que os cachorros quebravam a cerca. Boa parte dos animais já estava saindo do nosso território. Bom, os vizinhos estavam se divertindo horrores me vendo perseguir os animais para lá e para cá. Por fim, consegui restaurar a ordem. © mattahari / Pikabu

“Nossa empresa tem agora 900 canetas com os dizeres: ‘Por favor, faça o download do logotipo’”.

  • Minha irmã saiu para jogar o lixo fora. Quando ela voltou, notou que não estava com seu celular. E tinha saído com ele. Ela voltou ao lixo, encontrou a sacola que tinha jogado fora, e então iniciou a busca. Depois de alguns minutos, um grito de felicidade: “Achei!”. Nesse mesmo momento, passava um casal, e a mulher do rapaz disse a ele: “Viu?! E você disse que eu era a única cabeça de vento que faria isso!” © faniamiss / Pikabu
  • Morávamos no segundo andar. Meu pai estava na entrada conversando com alguém, e minha mãe estava olhando pela janela. Quando ela inclinou a cabeça para baixo, seus óculos caíram. Não quebraram. Meu pai pegou os óculos e tentou jogar para ela pegar pela janela. Não deu certo, e os óculos caíram no chão novamente. Mas não quebraram. Mais uma tentativa: novamente um fiasco. Os óculos ainda inteiros. Então, meu pai resolveu subir e entregar os óculos em mãos. No dia seguinte, enquanto minha mãe colocava os sapatos, seus óculos caíram no chão e quebraram no meio. Vai entender. © Mafffanya / Pikabu
  • Alguns meses atrás, fiquei sozinho tomando conta da minha filha de um ano. Não costumava ficar sozinho em casa, cuidando de tudo ao mesmo tempo. Decidi fazer um café e coloquei a água para esquentar. Depois de um tempo, esqueci da água no fogo, e só lembrei pelo cheiro do vapor. Já não tinha quase água sobrando, então coloquei mais água para ferver. Não sei o que passou pela minha cabeça, mas achei que era importante cheirar a água depois de fervida para saber se estava pronta, ainda no fogo. Coloquei, então, meu nariz na boca da chaleira, enquanto soltava muito vapor. Passei uma semana com a pele queimada descascando do rosto. © pdv1991 / Pikabu
  • Me mudei para um novo apartamento recentemente. Tudo estava ótimo, exceto a vizinha do apartamento de cima, que a cada três dias balançava tapetes e o saco do aspirador de pó pela janela. Certamente, todo esse lixo e poeira caía direto no meu apartamento. A mulher estava nos seus 40 anos, morava sozinha e não era uma pessoa muito simpática. Mesmo assim, tentei conversar com ela para resolver esse conflito. Sem nenhum resultado. Tudo bem, eu também sei jogar esse jogo. Na minha cabeça, ela não tinha nenhuma rede de mosquitos no apartamento dela, então fiz um combinado com o vizinho do apartamento de cima ao dela, para que pudesse abanar meu saco do aspirador de pó, diretamente do apartamento dela. Limpei a casa inteira, aspirei todos os cantos possíveis e imagináveis. Cheguei no apartamento do homem, abri o saco e joguei tudo para fora. Saí do apartamento com um sorriso no rosto e a cabeça erguida de orgulho. Quando cheguei no meu apartamento, todo o lixo que tinha jogado estava na minha varanda. Decidi, então, comprar uma rede de mosquitos, e fechar a janela com maior frequência. © onanizm / Pikabu

Não fique com vergonha, estamos entre amigos! Qual foi uma besteira que você já fez e se arrepende até hoje? Comente!

Imagem de capa Arlekinchik / pikabu
42-1
18k