16 Relatos sobre como alugar um apartamento pode se tornar uma grande dor de cabeça

Muitos sabem a dificuldade que é encontrar um bom apartamento, com preço bom e proprietários simpáticos e compreensíveis. E, talvez, muita gente tenha pelo menos uma história de como um simples aluguel se tornou uma gincana capaz de tirar qualquer inquilino do sério.

Nós, do Incrível.club, lemos as histórias curiosas dos inquilinos abaixo, que sabem, em primeira mão, quantas surpresas desagradáveis podem se esconder por trás de apartamentos alugados. Confira!

  • Minha amiga e eu decidimos alugar um apartamento juntas. Por sorte, uma colega da faculdade estava alugando o seu apê de dois quartos. Ela disse que faria um desconto, pois éramos amigas, mas havia uma condição: uma ou duas vezes por mês, o pai dela precisaria dormir uma noite lá. Ele trabalhava com agronegócio e, às vezes, precisava de um local para dormir enquanto viajava pela cidade. Concordamos. O pai apareceu pela primeira vez após duas semanas. Então, depois de uma semana. Mais tarde, apareceu com o filho, que o ajudava a carregar os produtos. Depois, ficou por duas noites: teve problemas técnicos de logística. Passado certo tempo, ele aparecia toda semana e, às vezes, com amigos. A cereja do bolo foi quando cinco pessoas da família dele dormiram no nosso apêzinho de dois quartos. Saímos de lá em sete meses. Hoje descobri que, mesmo com o “desconto”, ainda estávamos pagando um preço acima da média de apartamentos similares naquele bairro. © DikyPrapor / Pikabu
  • Encontrei um apartamento baratinho no centro da cidade. Por telefone, a proprietária me deu uma condição: eu deveria pagar três meses de aluguel adiantado. Nos encontramos na segunda-feira, gostei de tudo e dei o dinheiro. O que aconteceu foi que as janelas do apê davam para o pátio de um restaurante, onde sempre tocava música alta. No começo, aguentei, mas o repertório da banda do restaurante era de 25 ou 30 músicas, que encheram minha paciência em uma semana. Depois, entendi por que a proprietária quis me encontrar numa segunda: era o dia de folga do restaurante. © PolAnd1962 / Pikabu
  • Aluguei um apartamento e fiz uma obra. Morei lá por um ano e depois me mudei, deixando o aspirador de pó e os móveis novos na cozinha e no quarto. Durante um mês, me incomodaram com ligações perguntando onde estavam o revestimento e os móveis horríveis e baratos que o proprietário tinha antes da obra. © Denisova Ekaterina / Facebook
  • Alugamos um quarto em um apartamento, em que morava uma mulher com sua filha. Havia duas geladeiras na cozinha: uma, nossa, e outra, da proprietária. Era verão, e minha namorada e eu fizemos uma salada e a deixamos resfriando na geladeira durante a noite. Ao chegar em casa no dia seguinte, após o trabalho, encontramos a proprietária e a filha comendo a nossa salada. Primeiro, pensamos que elas poderiam ter feito uma salada igual, mas não, abrimos nossa geladeira e a vasilha estava pela metade. Perguntamos o que havia acontecido, e a resposta foi: “Ai, comemos esta salada somente no Ano-Novo, qual o problema? Não sabem dividir?!” Fomos embora no dia seguinte. E ainda nem devolveram o nosso depósito. © Vereshch / Pikabu
  • Aluguei um apartamento por 100 dólares no centro da cidade. Sou designer e sei ajeitar muita coisa. Em alguns meses, troquei o piso, renovei as paredes e substitui os móveis. Também coloquei azulejos no banheiro e troquei as torneiras. Ao ver tudo isso, a proprietária anulou nosso contrato e, pouco tempo depois, postou um anúncio de um “apartamento luxuoso” por 400 dólares. Pedi uma semana para sair. Retirei todo o material velho que havia guardado no meu depósito e pus tudo de volta no lugar. © Podslushano / Ideer
  • Aluguei um espaço em um quarto de república. Havia duas meninas em cada quarto, seis pessoas no total. Pagávamos 500 reais cada. Ou seja, o proprietário recebia 3 mil reais todo mês. Vou tentar descrever o estado do local. A torneira estava solta e balançava de um lado para outro; a prateleira vivia caindo no chão, era melhor não pôr nada em cima; a mesa era de um plástico tão barato, que não apoiávamos nada nela e a água da pia não só pingava, ela quase jorrava. © alenka0alenyshka / Pikabu
  • Antes de comprar nosso lugarzinho, alugávamos um apartamento. Quando saímos de lá, a proprietária não queria devolver o depósito. Sem encontrar nenhuma justificativa boa para dar, ela apenas soltou: “Vocês gastaram as paredes, ué”. Oi? O apartamento estava em bom estado, como qualquer outro, mas ela disse que nós “gastamos as paredes”. © Podslushano / Ideer
  • A proprietária aparecia todo mês para pegar o aluguel e, cada vez, queria aumentar o valor, argumentando o seguinte: “Todos os vizinhos têm carros luxuosos, e vocês andam naquela lata velha”. Moramos lá por seis meses, depois encontramos outro apê no mesmo prédio por quase metade do preço. © galina fiter / Facebook
  • Me mudei para outra cidade. Devido à baixa renda, aluguei um quarto em um apartamento, em que uma senhora já morava. Durante a primeira visita, ela se mostrou ser uma ótima pessoa, mas, após me mudar, a máscara caiu. Descobri que não poderia trancar a porta do quarto, pois “poderia quebrar”; e tinha que dormir somente de um lado da cama para não “estragar o colchão”. A senhora entrava no meu quarto à noite para me ver dormindo. Tomar banho diariamente era “desnecessário”, melhor só uma vez por semana. E quando ela ia ao banheiro, não trancava a porta. Não aguentei ficar lá por muito tempo. © Podslushano / Ideer
  • Aluguei um apê baratinho de um quarto para morar com minha filha. A proprietária avisou que morava no interior e, cada domingo, iria até a cidade comprar comida. Ela tomaria banho e passaria a noite na nossa casa até a manhã seguinte. Isso durou umas três semanas. Depois, ela não foi embora na segunda, pois estava se sentindo mal, e dormiu no sofá da sala. Uma semana depois, recebemos um amigo dela, que não tinha onde morar e se instalou no mesmo sofá. © Alla Alla / Facebook
  • Este é o teto da minha cozinha. A proprietária inundou o próprio apartamento de propósito oito anos atrás para arruinar o teto da cozinha, na tentativa de me intimidar a sair. Depois, ela admitiu o que fez. Cada vez que peço a ela para consertar, ela me insulta e entra no apartamento quando quer para me incomodar. © hyene / Reddit
  • O apartamento que alugávamos foi vendido para novos proprietários. Já estávamos planejando nos mudar dentro de um mês, mas os novos proprietários queriam nos tirar mais cedo. A mulher entrava no apartamento de manhã sem avisar, alegando que havia se esquecido de quais apartamentos estavam vazios. Uma vez, quebramos uma parte da parede sem querer. O plano era consertar, mas, em poucos minutos, essa mulher ligou e disse que adicionaria o custo da obra ao aluguel. Descobrimos, assim, que ela havia instalado câmeras no nosso apartamento© Jen Frischen / Quora
  • A proprietária veio ao apartamento para ver o local e buscar o aluguel. Ela começou a reclamar que a banheira e a privada não estavam brancas o suficiente. Aqui abaixo, uma foto da banheira “suja”. © up255057 / Pikabu
  • Aos 19 anos, namorava meu primeiro namorado, que se tornou meu futuro marido. Ele morava sozinho, mas a mãe ia visitá-lo no Ano-Novo. Decidimos alugar um apartamento para passar o dia lá a sós após as comemorações. De manhã, acordamos e, ainda na cama, que ficava bem em frente à entrada, vimos uma senhora abrir a porta e simplesmente entrar. Ela disse para não prestarmos atenção, que ela pegaria algo rapidinho e iria embora. Mesmo depois de ela sair, fiquei com medo de sair de baixo da coberta. Desde então, não alugamos apartamento por dia. © Lana M / AdMe
  • O anúncio dizia que o apartamento era todo mobiliado. Quando cheguei lá, não conseguia encontrar o banheiro. Perguntei à proprietária, e lembro da resposta dela até hoje: “Ah, você pode ir no dos vizinhos, você é estudante, jovem ainda. Não tenho tempo para fazer obra agora”. Por algum motivo, essa mulher demoliu o banheiro e fez um pequeno depósito para guardar suas coisas velhas. Quando avisei que estava indo embora, ela ainda gritou dizendo que a juventude de hoje estava realmente perdida.

Com que tipo de proprietários você já teve de lidar? Ao alugar um apartamento, você passou por algum perrengue ou tudo sempre correu bem? Conte para a gente!

Imagem de capa Jen Frischen / Quora
Compartilhar este artigo