Incrível
Incrível

16 Encontros épicos com viajantes que serão lembrados por anos e anos

Muitas vezes, em viagens, encontramos pessoas inesquecíveis: amantes de música, tagarelas e até fãs de salsichas fedorentas. Portanto, o metrô, o ônibus e o trem podem facilmente se tornar uma fonte rica de histórias divertidas e memoráveis.

Nós, do Incrível.club, lemos essas histórias de usuários viajantes e decidimos compartilhá-las com você. Acompanhe!

  • Estávamos viajando de trem. Por algum motivo, uma mãe pensou que todos do vagão lhe deviam algo e exigiu que o funcionário trocasse a fralda de seu bebê. Ela estendeu a criança lhe dizendo: “Vai, segure”. O funcionário ficou um pouco confuso, então começou a falar com outra passageira ao lado, que também estava com um bebê no colo. Após a mulher aceitar o pedido, ele pegou o bebê dela nos braços e disse à primeira mãe: “Pronto, segurei”. © KeraTamara / Pikabu
  • Há 20 anos, minha mãe viajava em um trem de alta velocidade, que estava lotado. De repente, uma moça literalmente entrou em trabalho de parto. Sim, ela teve o bebê dentro do trem. © Nidhi Pandurangi / Quora
  • Normalmente, durmo bem em trens. Mas não desta vez. Lá estava eu sentada quando uma senhora entrou com seu gato. A viagem era longa e, por algum motivo, a moça soltou o gato para andar à noite. Durante a noite inteira, ouvimos um miado alto e insuportável: “Miau, miau, miau”. Na manhã seguinte, todos estavam com ódio da senhora.
  • Eu ia para outra cidade de ônibus. Uma garota se sentou ao meu lado, e ela era bem bonita. Pensei que poderíamos ir conversando, mas, como já era noite, ela logo pegou no sono. Ao amanhecer, acordei com a cabeça dela apoiada no meu ombro. Olhei, sorri e, cinco minutos depois, ela deu uma bufada e soltou baba na minha blusa. Que sorte que não nos vemos enquanto dormimos. © Overheard / VK
  • Certa vez no metrô um rapaz estava falando muito alto ao telefone. Ora ele estava dando um belo sermão no seu funcionário, ora discutia suas conquistas abertamente, na frente de todos. Mas o que todos aqueles que estavam em volta notaram foi que não havia ninguém do outro lado da linha. © Irwin Klien / Quora
  • Metrô, 6h da manhã, passageiros tentando dormir. De repente, escuto um “tumtz-tumtz-tumtz” alto no meu sonho. Abri os olhos e vi: todos estava encarando um senhor mais velho com fone no ouvido. Eles ouviram a música alta, mas não quiseram falar nada. Fiz sinal para o moço, pois estava sem paciência. Como resposta, ele tirou o fone do ouvido e gritou: “Nossa, realmente dá para ouvir?” Ele não deve ter conectado o cabo direito, por isso a música estava tão alta.
  • Aos 6 anos, eu ia de ônibus para uma aula de dança, que ficava do outro lado da cidade. Entrei no veículo e logo notei que não havia levado dinheiro. Comecei a chorar. Todos os passageiros tentaram me ajudar e até brigaram para decidir quem pagaria minha passagem. Então, cheguei à escola e encontrei o dinheiro no bolso da calça. Desejo tudo de bom àquelas pessoas e nunca as esquecerei! © Overheard / VK
  • No horário de pico no metrô, uma moça jovem segurava uma espécie de falcão nos braços — não sei exatamente de qual espécie porque não sou ornitóloga. Mas era evidente que era uma ave de rapina, com patas potentes e um bico impressionante. O animal girava a cabeça, parecia curioso. Quando as pessoas o viam, logo saíam de perto. © Irina / AdMe
  • Aos 30 anos, posso dizer que já vi de tudo no metrô, mas nunca esquecerei um rapaz. Ele usava terno e sapatos bonitos, mas vestia uma caixa enorme de papelão por cima, que ia até a cintura. Ele cortou um espaço para os olhos e ficava olhando para um lado e para o outro. © David Presas / Quora
  • Minha amiga estava no trem, e três viajantes iam ao lado dela no vagão. Ela tentou dormir, mas um dos homens abriu um saco de comida, começou a mastigar algo, e o cheiro de linguiça arruinou tudo. Depois, o segundo homem ficou com fome; em seguida, o terceiro. Quando o terceiro terminou de comer, o primeiro ficou com fome novamente, e o ciclo se repetiu.
  • Entrei no metrô, horário do rush. Nos três assentos adjacentes, estavam sentados dois homens enormes, e praticamente não havia espaço entre eles para eu me enfiar. Vou ficar em pé, pensei. Todas as pessoas devem ter pensado a mesma coisa. Porém, de repente, um homem magrinho se aproximou, sentou no meio e, aos poucos, foi afastando cada um dos homens para suas beiradas respectivas. Daí, ele apoiou as costas no banco e soltou bem alto: “Ah, agora sim!” © Overheard / VK
  • Eu estava no metrô, e minha cabeça doía incessantemente. Não muito longe, um homem de aparência meio largada estava sentado. Ele, então, se levantou, pôs a mão na minha cabeça por alguns segundos e saiu. Fiquei sem entender, um pouco perdida e, após uns cinco minutos, percebi que não sentia mais dor na cabeça. E olha que não acredito nessas coisas. © Overheard / VK
  • No ônibus, ao meu lado, vi um rapaz retirar uma aliança da caixinha, olhar para ela por uns segundos e, então, colocá-la de volta na caixa. Ele parecia estar tão feliz, e o seu sorriso encheu minha alma. Tudo indicava que ele estava a caminho de fazer o pedido. © Overheard / VK
  • Uma vez vi um cara levando um colchão novo para casa. No metrô. No horário do rush. © Andrew Karam / Quora
  • Lembro-me bem de uma senhorinha. Ela pediu para eu ligar para sua filha para avisar que havia embarcado no trem. E a cada cinco minutos, ela surgia com novos pedidos e favores. Meu amigo ao lado só ria. Uma hora, pus o fone e fingi que estava indisponível. Meu amigo aproveitou a deixa e ligou o computador. Nessa hora, a senhora se aproximou dele e pediu para assistir ao seriado favorito dela. Daí, quem ficou com vontade de rir fui eu. © demoran / Pikabu
  • Um rapaz entrou no vagão do metrô vestindo um terno laranja chamativo. Quando olhei, as pessoas já estavam tirando foto com ele. Esfreguei os olhos antes de olhar novamente: havia um rato no ombro dele, pintado de rosa. Na perna, mais um: azulado. O garoto estava deixando as pessoas tocarem nos animais. © Brit MacNiallais / Quora

Você já passou por situações curiosas em viagens? Conte para a gente!

Incrível/Gente/16 Encontros épicos com viajantes que serão lembrados por anos e anos
Compartilhar este artigo