Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Сrianças que fazem piadas melhor do que qualquer humorista de stand-up

“Não existe hino na terra mais solene do que o balbuciar dos lábios das crianças” dizia o poeta Victor Hugo. E nós concordamos com ele. A espontaneidade ingênua das crianças e a capacidade de olhar o mundo de um ângulo completamente diferente evocam em nós, adultos, um desejo de voltar à infância. Afinal, só na infância as árvores eram grandes e a grama era verde e suave.

Nós, do Incrível.club, adoramos colecionar comentários originais de crianças e esperamos que você adicione novas piadas infantis à nossa coleção. E no bônus, trazemos histórias que provarão que alguns adultos também sabem como ser engraçados.

  • Uma conversa com minha filha de 6 anos.

    Ela: “Pai, procure os meus chinelos, por favor!”

    Eu: “Hmm, mas eu não sei onde eles estão”.

    Ela: “É por isso que se chama ’procurar’”. © Solo1986 / Pikabu

  • Mãe e filha de cerca de 5 anos conversando no mercado.

    — Mamãe, compre salsichas!

    — Deixa seu pai comprar, mamãe só leva comida saudável.

    — E papai, deliciosa! © Limona7 / Pikabu

  • Estava caminhando com meu filho pequeno no parque. Uma mulher vinha em nossa direção, segurando as mãos de seus filhos gêmeos. Meu filho, olhando para eles atenciosamente, me perguntou: “Mamãe, onde está a minha cópia?” © Panzermeyer / Pikabu

  • Quando eu era criança, tinha medo de acordar à noite. Eu já sabia que nosso planeta girava, mas ainda não sabia que existia a lei da gravidade. Portanto, tinha medo de bater no teto. Pouco tempo atrás, contei ao meu irmão sobre esse medo de infância. Achei que ele iria rir, mas não! Ele disse que meu medo ’era nada’ em comparação com o dele; ele tinha medo de nevascas porque não via quando estava nevando e, ao sair, notava que a neve formava uma camada densa. Isso o fazia pensar que a neve descia para a terra em blocos inteiros e ficava apavorado com a ideia de ser esmagado de uma só vez. © Podslushano / Ideer

  • Estávamos jantando com toda a família, quando meu filho mais velho perguntou:

    — Mãe, é verdade que toda criança deve ter um pai?

    — Verdade.

    — Então por que há três filhos em nossa família e o pai é apenas um? © 581rus / Pikabu

  • Quando eu era pequeno, meu pai me levava ao jardim de infância em uma caminhonete. Sempre tocava Beatles no toca-fitas porque meu pai era fã deles. Eu tinha certeza de que os Beatles estavam lá na carroceria, cantando e tocando e ficava muito orgulhoso com o fato de que um grupo tão bom se apresentava ao vivo em nosso carro. © Podslushano / Ideer
  • Certa vez, quando era pequena, meus pais me deixaram ir ao mercado sozinha pela primeira vez. Eles me deram 20 rublos e me disseram para comprar uma garrafa de refrigerante que custava 10 rublos. Voltei para casa orgulhosa e meu pai, sorrindo, perguntou se eu havia comprado algum doce para mim com o troco. Tive de fingir que sim, porque, na verdade, joguei fora o dinheiro que sobrou, pensando que todo mundo fazia isso quando sobrava dinheiro depois de compras. © Podslushano / Ideer
  • Uma vez, em uma loja, vi um homem com um filho de 5 anos (aproximadamente). A criança “destruía” a loja. “Viu? Sua mãe foi embora”, disse o pai. A criança não deu mínima atenção. “Mamãe foi embora porque você se comportou mal”, insistiu o pai. Porém, a criança continuou tirando as coisas das prateleiras. “Sua mãe foi embora porque você não escuta ninguém. Ela foi embora, se perdeu e nunca mais vai voltar”. A criança, finalmente compreendendo o que foi dito: “Aeeeeeeee!” © Bash.im

  • Estávamos comprando um carro. Meu filho (loiro e de olhos azuis) pediu: “Não quero um carro branco, por favor. Eu sempre interpreto o príncipe nas apresentações de teatro da escola e, se o carro também for branco, então quantas garotas eu vou deixar de coração partido?” © Anna Spashka / AdMe

  • Meus dois filhos de 6 anos desenharam um fantoche, porém se esqueceram de como se chamava esse tipo de boneco, então inventaram outro nome: aniboneco. © Kris / AdMe
  • Meu filho machucou os joelhos no verão e olhava para as feridas enquanto chorava sem parar: “Mãe, eu preciso vestir calças”. Coloquei calças nele e ele parou de chorar. O que os olhos não veem o corpo não sente. © malvina / AdMe
  • Uma amiga minha estava cantando para sua filha de 3 anos adormecer. A criança ouviu até o final e disse: “Mamãe, você já terminou? Posso dormir agora?” © Elena Kutschak / Facebook

  • Pedi para minha filha me dar uma mordida do chocolate dela. A resposta foi: “Mãe, você quer chocolate ou quer ser magra?” © Elgisa Bekenova / Facebook

  • Eu era criança e, uma vez, minha mãe me comparou às minhas amigas e colegas de classe. Em resposta, eu a comparei às mães delas. Ela nunca mais fez isso. © Podslushano / Ideer

  • Minha filha de 6 anos usa óculos. Certa vez, jogava baralho com o filho de 9 anos dos nossos vizinhos e trapaceava muito, dando a si mesma somente cartas boas. Uma hora, ele percebeu e gritou: “Sua feia, você está trapaceando!” E ela, tirando os óculos e piscando os olhos: “Por que feia? Olha que fofa eu sou sem óculos. Vamos continuar a jogar”. © Julia Kantaria / Facebook
  • Meu marido trouxe as compras do mercado e nosso filho (4 anos) começou a abrir as sacolas. Estava na cozinha e, então, ouvi: “Palmilhas! Oh, mais palmilhas!” Pensei: “que palmilhas são essas? Não estavam na lista.” Entrei na sala e meu filho me mostrou os absorventes, dois pacotes! Palmilhas... © Elvira Satysheva / Facebook

Bônus: às vezes os pais também podem ser engraçados...

  • Depois de um dia inteiro de silêncio, entusiasmada, contei ao meu marido a conversa com os filhos: “Você sabia que a lontra, ao mergulhar, aperta as orelhinhas para a água não entrar?” O marido ficou triste: “É uma pena que eu não possa apertar as orelhas”. © Bash.im

  • Estava sentado no sofá e lendo jornal. A acústica no apartamento era “boa”, por causa de um buraco que ainda não tinha sido fechado depois da troca de encanamentos. Então, escutei o diálogo vindo do banheiro do apartamento logo abaixo:

    — Pai, posso lavar as paredes do banheiro também?

    — Oh ... eu, para ser sincero, queria MUITO lavá-los eu mesmo ...

    — Oh, por favor papai!

    — Ah, bem, ok. Aqui está uma esponja e uma solução. Você só pode lavá-los com isto.

    — Obrigado, papai!

    Parecia um drama de teatro. Não consigo esquecer a dor contida na voz daquele pai, que como um ator encenava para fingir que queria lavar as paredes do banheiro! Mas o que você não faz pelo bem de uma criança... © FireCerberus / Pikabu

E você, tem histórias curiosas ou engraçadas com crianças? Conte para nós!

Compartilhar este artigo