Incrível
Incrível

15+ Pessoas que descobriram como a força do acaso pode mudar tudo em instantes

O “anjo” Uli da série Ninguém Tá Olhando costumava dizer que “a vida não é aleatória por acaso”. Afinal, existem pessoas que acreditam em destino ou em forças superiores que nos favorecem. Outras, preferem crer que tudo é uma obra do acaso, uma série de coincidências. De qualquer forma, alguns acontecimentos na vida das pessoas são tão difíceis de explicar com lógica que chegam a nos dar calafrios.

Prova disso são essas histórias de internautas que nós, do Incrível.club, resgatamos nas redes sociais, e que contam como o acaso mudou completamente o rumo dos acontecimentos em suas vidas.

  • Eu tinha um carro bem batido na faculdade. Era um Plymouth antigo, feito principalmente de fita adesiva e ferrugem. Eu levava todos os meus livros da faculdade nele. Apenas os guardava lá porque era mais fácil para estudar. Era só ir até o meu carro e pegar o que eu precisava. Eram livros de engenharia, supercaros. Acontece que alguém roubou meu carro da garagem com todos os meus livros dentro. Fiz B.O. na polícia e tal, nada divertido. Eu estava com o coração partido. Como eu poderia fazer minha lição de casa? Como eu poderia continuar o semestre? Eu estava totalmente mal. Minha mãe se ofereceu para me levar para a aula no dia seguinte. Eu estava simplesmente arruinado, sem esperança alguma. Não fazia ideia de como eu sobreviveria. Até que, em uma ladeira a caminho da faculdade, lá estava meu carro parado. Eu simplesmente avistei o meu carro enquanto minha mãe dirigia! O velho carro escolheu aquele exato momento para parar de funcionar, quando o ladrão estava andando por aí com meu carro e tentou entrar na estrada. E aconteceu de eu dar de cara com o carro ali. Todos os meus livros ainda estavam nele. Você simplesmente não consegue mais esse tipo de lealdade de um carro. Ele se sacrificou no lugar certo para que eu o visse e pegasse meus livros de volta. Eu sempre vou amar aquele carro. © BoredBSEE / Reddit
  • Eu havia engravidado e perdi o bebê com 11 semanas de gestação. Passado algum tempo eu continuava muito triste e achando que não conseguiria ser mãe. Uma tarde, fui a um café com meu marido e havia um bebê lindo na mesa ao lado da nossa. Ele começou a chamar nossa atenção e brincamos um pouco com ele. O neném, que deveria ter uns 6 meses na época, olhava fixamente para minha barriga. Isso me deu tanta esperança! Um mês depois fiz o teste e estava grávida. Hoje, meu filho está com 13 anos. ❤ © Rita Cantelli Luz / Facebook
  • ‎Mudei-me da minha cidade natal quando tinha 20 anos. Comecei a trabalhar para uma empresa que tinha várias filiais ao redor da cidade. Um dia, eu estava passando por uma das filiais, que não era a que eu trabalhava, porque eu estava indo para uma consulta no oftalmologista. Enquanto eu passava, um cara que eu conhecia daquela filial saiu pela porta e simplesmente me disse que minha mãe estava ao telefone. Ela estava desesperadamente tentando entrar em contato comigo porque meu avô tinha falecido. Ela sabia o nome da empresa para a qual eu trabalhava, mas não sabia em qual das filiais, então ela pediu para a telefonista transferir para uma das filiais aleatoriamente. O cara que eu conhecia disse que estava ao telefone com ela e começando a explicar que eu não trabalhava naquele local, quando olhou pela janela e me viu passando.‎ © thatswacyo / Reddit
  • ‎Ia ver um show com alguns amigos. Imprimi meu ingresso em casa. Isso foi antes dos ingressos virtuais estarem na moda. Todos nós decidimos nos encontrar em um bar a cerca de um quilômetro do local e, depois, ir ao show caminhando. Comemos e bebemos alguma coisa e fomos para o local do show. Quando chegamos lá, de repente, percebo que não estou com o ingresso. Em pânico, corro de volta para o bar. Verifiquei meu carro no estacionamento e nada. Entrei no bar, procurei na mesa em que estávamos, olhei em todos os lugares. Nem sinal do ingresso.‎ ‎Desanimado e abatido, deixei o bar e comecei a caminhar de volta ao local para avisar aos meus amigos que não poderia entrar com eles. Enquanto eu esperava em uma faixa de pedestres, o vento soprou um pouco e, com ele, uma folha de papel passa por mim e pousa em uma parada na calçada.‎ ‎Eu me abaixei, peguei, e era o meu bilhete impresso perdido. Um dos melhores dias da minha vida.‎ © cparksrun / Reddit
  • Eu vivi uma situação em que ia atravessar a rua e senti como se alguém colocasse o braço à minha frente evitando que eu continuasse a andar. Isso impediu que eu fosse atropelada e quando fui agradecer, não havia qualquer pessoa ao meu lado. Senti até o calor do carro que atravessou o sinal vermelho e iria me atropelar. Sinto até hoje o toque do “braço” que me salvou. © Katia Cury / Facebook
  • ‎Certa vez, quando eu estava viajando pela Moldávia, ao me aproximar do meu carro estacionado, notei que uma mulher estava escrevendo um bilhete. Resumindo, ela quebrou o meu retrovisor quando estava dirigindo ao lado do meu carro. Ela era uma juíza da alta corte e queria fazer a coisa certa por mim. Então, ela se ofereceu para ir à concessionária e me comprar um espelho novo. Eles nos disseram que precisavam encomendar e levava sete dias para chegar. Por acaso, ela tinha o mesmo carro que eu, da mesma cor, então nós apenas pedimos ao mecânico para trocar o retrovisor dela pelo meu. Hoje, eu tenho um carro com um retrovisor de uma juíza da Moldávia. Que boa senhora.‎ © rybavlimuzine / Reddit
  • ‎Eu estava visitando o Reino Unido pela primeira vez. Cheguei ao meu albergue e comecei a conversar com um australiano na cama acima da minha. Quando mencionei de onde eu vinha, ele disse que tinha um restaurante famoso lá que ele realmente amava, e ia com sua família toda vez que visitavam o meu país. Acontece que era o lugar onde eu trabalhava. Ele disse: “Ei, eu tenho uma foto com o garçom, tirada na última vez em que estive lá. Talvez seja alguém que você conhece”. Era eu. © snake_juicy / Reddit
  • Me lembrei de uma história que aconteceu com a minha mãe. A banda The Cure ainda não era tão famosa e, você sabe, a internet não existia, então minha mãe não fazia ideia de como eles eram. Eles fariam um show em uma tenda de circo em uma cidade pequena. Minha mãe foi a esse show com amigos entre 17 e 18 anos, mas eles não tinham tanta certeza se o The Cure tocaria. Havia um trailer perto do circo, então eles perguntaram a um grupo de rapazes se eles sabiam se era ali que o The Cure iria tocar. Eles disseram que sim, mas, como faltava um pouco para o show começar, decidiram ficar por ali mesmo, batendo papo. Quando chegou a hora do show começar, minha mãe e seus amigos perceberam que passaram o tempo conversando com o The Cure! Até hoje, essa é uma das minhas histórias favoritas de quando ela era mais jovem. © fashooooom / Reddit
  • Eu tinha acabado de comprar um caminhão seminovo. Levei-o para a casa do meu pai e estávamos examinando ele. Percebi que ainda não tinha conferido onde estavam o estepe, o macaco e a chave de roda, então começamos a procurar. Meu pai estava olhando embaixo do banco do passageiro, onde estava a chave de roda, e me disse: “Você deixou cair alguma coisa?” Ele me entregou minha carteira de motorista. Abri minha carteira para guardá-la, e minha CNH ainda estava lá dentro. A que ele tinha encontrado, na verdade, era a carteira de motorista que havia sido roubada enquanto eu estava em uma viagem pelo Arizona — debaixo do banco de um caminhão que comprei um ano depois. © chiliedogg / Reddit
  • Eu estava dando um lindo passeio num sábado de manhã na minha moto. Voltando para casa, uma minivan parou na minha frente de repente. Moto e van se chocaram. No hospital, fizeram uma tomografia da minha cabeça. Acabaram descobrindo que eu tinha um tumor no cérebro, que estava bem na fase inicial ainda. Isso provavelmente salvou a minha vida.‎ © Musicman0 / Reddit
  • Meu marido e eu decidimos ir a um show do Tom Petty de última hora, então só conseguimos ingressos para os assentos mais baratos. Logo antes do show começar, alguém se aproxima de nós e diz “Vocês querem mudar de lugar?”, e eu disse que sim, porque não poderia haver lugares piores do que os nossos. Então, ele disse: “Estou com Tom Petty e os Heartbreakers e estes ingressos são para a primeira fila”. Ele os entregou para mim e desapareceu. Meu marido e eu olhamos um para o outro, caminhamos até o guarda de segurança da seção da frente, mostramos a ele nossos ingressos e ele nos acompanhou até os assentos centrais da primeira fila, onde desfrutamos de um ótimo show. © Sassy-Coaster / Reddit
  • Um copo de água deslizou na minha mesa por alguns centímetros sem ninguém encostar nele. Isso pode não parecer nada de mais, mas mexeu comigo a ponto de eu acreditar em fantasmas durante 30 segundos e mudou minha visão de mundo por um instante. Eu trabalhava no computador e pensei ter visto, com o canto do olho, o copo mexer. Mas quando olhei, ele parou. Então fiquei olhando por uns bons 30 segundos, e o copo começou a deslizar sozinho, bem na minha frente. Ele se moveu por cerca de 7 centímetros, e aí parou. Aquilo me assustou demais! Foi então que notei que ele estava muito úmido. O copo não apenas estava metade cheio, como também muito suado, então havia uma “piscina” de condensação embaixo dele, fazendo-o flutuar levemente. Uma ligeira inclinação da mesa e o ventilador que estava virado para mim fizeram o copo deslizar até onde a camada de água embaixo era fina demais para que ele flutuasse, então o copo parou. Percebi isso quase instantaneamente, mas por UM momento... eu acreditei. © BadSanna / Reddit
  • Eu dormia na cama de baixo de um beliche. Tinha cerca de 3 ou 4 anos na época. Acordei e corri para o quarto dos meus pais poucos minutos antes de a cama de cima cair na de baixo. Todos nós corremos e encontramos minha irmã mais velha sentada na cama de cima caída em cima da minha. Ela estava chorando, mas estava bem. Não sei o quanto aquilo poderia ter sido fatal — eu meio que duvido que teria sido tão ruim — mas, definitivamente, teria me machucado se eu ainda estivesse lá quando a cama caiu. © Xylorgos / Reddit
  • Houve um campeonato de soletração na minha cidade e eu cheguei à final com outra pessoa. Soletrei errado a palavra “otomana” (apoio para os pés), mas meu oponente também errou, então seguimos para a próxima palavra. Eventualmente, venci e me classifiquei para o Campeonato Estadual e tive a chance de ir à capital. Adivinha qual foi a minha primeira palavra lá? Eu nunca conferi qual era a grafia correta. Fui eliminado. © dwightnight / Reddit
  • ‎Meu pai biológico, que eu nunca tinha conhecido e tinha perdido o contato da minha mãe, me encontrou no MySpace (uma rede social antiga) por puro acaso.‎ Nos encontramos pessoalmente, trocamos visitas, cartas e e-mails por 14 anos, e ele conheceu seus netos. Ele e meus pais também tiveram um ótimo relacionamento e saíam juntos.‎ ‎Eu o perdi há poucos meses. Não acredito em como ele me encontrou, mas o mais importante: não acredito que tive os últimos 14 anos para passar ao lado dele. © chocothundurrr / Reddit
  • ‎Em 2013, recebi um aviso da minha universidade de que minhas notas baixas do semestre anterior me tornaram inelegível para continuar com a bolsa de estudos. Era meu último semestre na pós-graduação e a universidade estava ameaçando me tirar de todas as aulas se eu não pagasse as mensalidades em 72 horas. Fui comer alguma coisa em um local naquela noite e conheci uma estranha e começamos a conversar. Contei-lhe a minha história e ela ofereceu-se para pagar a minha mensalidade. Eu disse que não aceitava empréstimos de estranhos, mas ela disse que era um presente. Acontece que ela era presidente de uma empresa, uma mulher muito rica, e naquela noite ela me fez um cheque de US$ 2.500. Paguei minha mensalidade, terminei a escola, e ainda mantenho contato com ela.‎ © yogurtlady / Reddit
  • Eu e minha esposa pegamos uma nota de US$ 2 e escrevemos “apenas nós dois”. Fizemos isso quando fomos morar juntos e depois de um tempo emolduramos a nota. Alguns anos depois, nossa casa foi roubada. Semanas depois, fui a um posto de gasolina aleatório, paguei e recebi a mesma nora de US$ 2 como troco. Literalmente apenas fiquei lá parado e olhei incrédulo para o caixa. Simplesmente uma mistura de sorte e coincidência insana. Já se passaram cinco anos e ainda tenho a nota. © Straight_Spring9815 / Reddit
  • Na época da faculdade, eu estava relaxando com alguns amigos, fazendo lição de casa e me divertindo, quando recebi um e-mail da minha avó. Ela estava toda interessada em genealogia, e havia encontrado alguns parentes distantes na árvore genealógica. Ela disse ter descoberto que um primo meu de terceiro grau estava estudando na mesma faculdade que eu. Bem, eu não só conhecia o cara como ele estava sentado bem ao meu lado enquanto eu lia o e-mail. Eu pulei e gritei: “Cara, você é meu primo!” E foi assim que o cara de uma cadeira ao lado foi promovido de amigo a parente em dois segundos. © momentsofzen / Reddit
  • ‎Eu estava revirando as coisas em uma gaveta na minha mesa e encontrei o recibo de um CD que eu não ouvia há anos. Pensei que seria legal ouvi-lo de novo. Minha esposa estava lá embaixo e, naquele mesmo momento, colocou o CD no som para tocar. Ela nunca tinha ouvido esse CD e eu tinha comprado anos antes de conhecê-la. Eu tinha centenas de CD na minha coleção para ela escolher. Era como se ela tivesse ouvido telepaticamente meu pedido.‎ © anonymous_212 / Reddit

Temos certeza de que muitos outros relatos assim existem por aí. Por isso, gostaríamos de saber se você tem uma história de como um acontecimento aleatório mudou completamente o seu dia ou a sua vida. Conte para a gente nos comentários!

Incrível/Gente/15+ Pessoas que descobriram como a força do acaso pode mudar tudo em instantes
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos