Incrível
Incrível

15 Internautas contaram como o pensamento rápido e perspicaz pode ajudar a lidar com qualquer situação

Todo mundo sempre tem algum “pepino” para resolver, mas para algumas pessoas as coisas parecem ser mais fáceis, e tudo graças ao raciocínio rápido e engenhosidade. Elas conseguem encontrar uma sombra no meio de uma rua ensolarada, silenciar vizinhos barulhentos com uma única frase e até ganhar desconto usando a foto de um gatinho fofinho.

Nós, do Incrível.club, definitivamente queríamos ter um pouquinho da perspicácia dos internautas do nosso artigo de hoje. Por isso, selecionamos os melhores relatos e, talvez, além de se divertir, você também possa aprender alguns truques novos. Confira!

  • Estava na faixa de pedestre esperando o sinal abrir. Uma mulher se aproximou e ficou a meio passo de mim. Não tinha mais ninguém além de nós dois. Recuei um pouco, não gosto muito de contato físico. E a mulher veio de novo. Me afastei novamente. Ela também. Não aguentei e perguntei: “Moça, do que você precisa? Se afaste!” Então, ela desabafou: “Por que você está se afastando? Quero ficar na sombra”. Ca-ram-ba. Foi a primeira vez que fui usado como um “guarda-chuva”. © Ket263 / Pikabu
  • Quando estávamos construindo nossa casa, meu pai acabou entrando em uma grande discussão com minha mãe por causa da posição de uma parede. Ela queria um closet maior, mas ele insistia que isso tornaria o banheiro muito pequeno. Eventualmente, ele cedeu e colocou a parede onde ela queria. No dia seguinte, quando ela estava no trabalho, ele tirou o dia de folga, derrubou a parede com meu tio e a mudou para onde ele queria colocá-la originalmente. Minha mãe nunca percebeu. © Nortern / Reddit
  • Estava procurando por um violão em um site de anúncios. Achei, tentei pechinchar, mas não sou muito bom nisso, então o vendedor não baixou o preço. Ele me enviou os detalhes e, em vez do endereço, enviei acidentalmente uma foto do meu gato. O cara ficou quieto por um tempo e depois escreveu que eu tinha tocado o coração dele, então me deu um desconto. Agora, sempre envio fotos para todos os vendedores, funciona em 1 a cada 10 casos, mas pelo menos já é alguma coisa. Meu gato começou a dar frutos! © Câmara № 6 / VK
  • Uma vez, minha esposa e eu saímos com um grupo de amigos e perguntaram: “Quando vocês vão ter filhos?” Minha esposa congelou por um segundo, bateu com a mão na coxa e respondeu aborrecida: “Droga! Eu sabia que meu marido e eu estávamos esquecendo de alguma coisa!” Eu adoro o jeito dela. © nefigassedeffki / Pikabu
  • Um vizinho estava com a amante. O dia todo eles fizeram barulho — conversando, cantando, se divertindo. Era verão, estava quente, as janelas estavam abertas. E eu tinha de acordar às 5h da manhã. Não aguentei, esperei ficarem em silêncio e gritei: “Vou contar tudo para sua esposa”. No mesmo instante se aquietaram, fecharam as janelas e não fizeram mais barulho. © Elena Kovina / Facebook
  • Quando começa a esfriar, minha amiga passa a carregar consigo um cobertor xadrez para onde quer que vá. Ela não se importa com os olhares enquanto ela dorme enroladinha no metrô ou quando o tira da mochila no meio do nada e o joga em seus ombros. Acho que talvez eu devesse começar a carregar um comigo também. © Câmara № 6 / VK
  • Usar esta técnica me salvou em um momento que eu ainda não sabia como dizer “não”. Quando percebi que podia dizer não, e que queria viver minha própria vida mais do que a vida de outra pessoa, inventei o hipotético Kaio. E quando me pediam ajuda, eu dizia que já estava ocupada, pois eu tinha prometido ajudar Kaio. As pessoas ficaram genuinamente surpresas e até tentaram me convencer de que o Kaio estava se aproveitando de mim. Começaram a ter “ciúmes”. Então, inventei que Kaio estava me pagando, e que estava pronto para fazer negócio se me pagassem mais. Bem, se me prometeram algo em troca, eu ajudei. © f***r1104 / Pikabu
  • Se eu colocasse qualquer coisa na minha caneca, minha irmã ia e simplesmente bebia o quanto ela quisesse. Sempre ficava com raiva e minha mãe ainda dizia: “Você tem que compartilhar!” Essa situação se prolongou por bastante tempo, mas “desencanei” . Toda vez que ela bebia da minha caneca, eu despejava o resto que ficava e a lavava. A mana ficava questionando por que eu estava fazendo aquilo e eu só respondia: “Estou lavando o copo sujo que você usou”. Depois da quinta vez, ela começou a usar uma caneca própria. © WOWCHES / Pikabu
  • Uma amiga estava voltando para casa de noite após o trabalho e um homem estranho se aproximou dela. Ela o tocou no ombro como se fosse um velho conhecido e disse: “Oh, quanto tempo! Por onde você esteve? Emagreceu? Não ande à noite por aqui sozinho. Vou mandar lembranças ao Pavel (marido dela) por você!” E ela acelerou o passo. O homem ficou para trás. Fiquei chocado com a esperteza dela. © Câmara № 6 / VK
  • Quando meu filho estava na 6ª ou 7ª série, ele reclamava que não tinha amigos e não sabia como conhecer novas pessoas. Uma vez, fui pegá-lo na escola e levei nossos pugs comigo. Eu disse que precisava ir ao banheiro e pedi para ele segurar as coleiras. Enquanto saí, as próprias crianças vieram até ele para conversar. Agora eles definitivamente têm mais tópicos para conversar! © ArchGoodwin / Reddit
  • Quando eu trabalhava como garçom, frequentemente os clientes me pediam para tirar fotos deles. E eu sempre ligava a câmera frontal primeiro, fazia caretas e tirava fotos minhas, e depois as deles. Sempre ganhava uma boa gorjeta! © Overheard / Ideer
  • Estava em um relacionamento há um ano com meu namorado. Recentemente, minha mãe nos convidou para sua festa de aniversário. Fiquei preocupada com a situação, porque ele só a tinha visto algumas vezes antes. Foi divertido, aquela coisa/atmosfera bem familiar. Então, o cara começou a felicitá-la e disse: “Feliz aniversário... Mamãe!” Ela até chorou. A noite ficou ainda melhor. Em casa, eu lhe perguntei por que ele a chamou de mãe, e meu então namorado respondeu: “Esqueci o sobrenome dela, e não me pareceu agradável chamá-la só pelo primeiro nome”. © Câmara № 6 / VK
  • Quando uma música fica presa na minha cabeça, eu “termino o show”. Imagino o cantor em pé no palco, e quando a canção termina, ele reverencia o público e vai para os bastidores. Sempre funciona. © Overheard / Ideer
  • Uma das lembranças mais vívidas que tenho do meu avô foi quando ela me venceu no xadrez e eu chorei porque era um péssimo perdedor. Então, ele disse: “Bem, eu vou jogar com a minha mão esquerda”. E eu ganhei! Demorei até semana passada para perceber que ele havia trapaceado. © jazz_inmypants / Twitter

Você tem alguma dica que usa sempre para sair de algum tipo de situação? Conte para a gente na seção de comentários.

Incrível/Gente/15 Internautas contaram como o pensamento rápido e perspicaz pode ajudar a lidar com qualquer situação
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos