Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Curso superior não é 100% garantia de sucesso na vida

Curso superior não é 100% garantia de sucesso na vida

O mito de que para ter sucesso é preciso ter ensino superior já foi desmentido há muito tempo por muitos exemplos de pessoas talentosas que conseguiram alcançar ótimos resultados sem ter um diploma. Por mais que não sejam exemplos muito normais, Bill Gates e Steve Jobs são dois casos emblemáticos. Mas e pessoas menos famosas?

Trazemos hoje algumas histórias e conselhos de pessoas que ajudam a entender a necessidade de ter um diploma para alcançar uma carreira de sucesso.

Mas lembre-se: dá, sim, para ter sucesso sem ter curso superior, mas esses casos são exceção, não regra. O fato de ter uma faculdade aumenta suas chances de sucesso.

  • Tenho 26 anos e sou dono de 27 floriculturas. O que me ajudou a alcançar o sucesso foi uma frase que escutei quando tinha 18 anos: "Você não é um garoto mau, mas não tem dinheiro". Criei coragem para me vingar daquelas palavras. Com 50 dólares na carteira e um carro velho, meu amigo e eu começamos a fazer um serviço delivery de flores. Três anos depois, a pessoa que me havia dito a tal frase se interessou por mim, e eu percebi que não valeria a pena começar algo com ela. Abandonei a universidade no segundo ano, quando tinha uma prova e tinha que pagar os meus funcionários no mesmo dia. Escolhi a segunda opção.
  • Recentemente, depois de receber dois diplomas diferentes, percebi que não precisava acordar às 7h da manhã para ir para a escola. Agora, preciso acordar às 6h da manhã para ir ao trabalho.
  • No segundo ano da universidade, uma professora me deu uma nota tão ruim que eu fui jubilado. Decidi não perder tempo, comecei a trabalhar como freelance e rapidamente fiz uma boa carteira de clientes. Quando consegui voltar à universidade, tinha um salário bom e estável. Naquele então, percebi que aqueles estudos limitavam o meu crescimento, e decidi focar no trabalho. Não lembro o nome da professora, mas queria agradecê-la por ter me ajudado na expulsão.

  • Estudava Direito e, durante os estudos, comecei a trabalhar em um banco. Em um ano e meio subi na hierarquia da empresa e cheguei ao cargo de gerente de um departamento. Tudo isso sem acabar os estudos. Rapidamente, senti que o trabalho não me interessava mais. Dei 'adeus' a ele e comecei a trabalhar com vendas online. Pensei em terminar os estudos, mas percebi que não era necessário, portanto abandonei a universidade e continuei me especializando no meu trabalho. Em todos os trabalhos posteriores apenas uma vez me pediram para mostrar um diploma que comprovasse meus estudos, mas eu brinquei que tinha perdido e não insistiram. Eles se interessaram mais pela minha experiência e pelos meus conhecimentos práticos.

  • Formar-se na universidade e encontrar um trabalho de acordo com a sua especialidade é como Leonardo DiCaprio e o Oscar: você tem os conhecimentos, mas não consegue encontrar trabalho. Pelo menos não na primeira vez.

  • Em 5 anos trabalhei em 3 empresas diferentes onde meus chefes eram pessoas que não tinham um diploma universitário. Eu, com 2 títulos, nem mesmo tenho capacidade para me candidatar para uma posição de diretor.

  • Se você quer ter o seu próprio negócio, precisa de uma habilidade que não te ensinam em universidades: a habilidade de tomar decisões e ser responsável por elas. Se quiser alcançar posições mais altas, você precisa trabalhar 12 horas por dia, estudar constantemente e parar de fazer besteiras. Minha trajetória de alguém que deixou de ser estudante universitário até ser dono de uma empresa de publicidade demorou 6 anos. Isso inclui muitos livros lidos, uma grande quantidade de dívidas, riscos, cabelo grisalho e a certeza de que eu não posso saber o que irá acontecer amanhã.

  • No verão passado, uma amiga decidiu viajar para a Itália para trabalhar. Chegou e soube que não trabalharia com o que haviam dito, mas iria colher morangos. Ela não gostou da ideia e começou a falar que tinha dois diplomas e que estava qualificada para muito mais. O chefe respondeu: "Se quiser, enquanto você colhe os morangos, a gente aplaude".
  • Meu filho me cansa com suas frases: "Por que eu devo estudar se o Bill Gates nunca se formou e é bilionário?", ou ainda "Steve Jobs não estudou na universidade". Não aguentei, peguei partes de um computador desmontado, desliguei a internet e falei: "Se conseguir montar o processador sem o Google, pode abandonar os estudos". Em duas horas, meu filho me chamou e disse: "Mãe, preciso acessar a Internet para fazer a lição de casa".