Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 histórias comoventes sobre a bondade humana

Pequenos gestos, grandes mudanças. As pessoas que promovem pequenos atos de bondade proporcionam uma nova esperança ao mundo. Por isso nenhuma destas histórias poderia passar despercebida.

O Incrível.club selecionou alguns gestos de bondade para inspirá-lo a fazer pequenos, mas importantes atos de heroísmo.

Um policial australiano adotou um canguru órfão

O oficial Mason encontrou um pequeno canguru em uma área isolada da Austrália Ocidental. Ele estava deitado ao lado de sua mãe atropelada. O homem o encontrou esquelético e completamente desidratado e cuidou dele durante 18 meses, até que conseguisse uma recuperação completa e se adaptar ao local.

Este homem adota animais velhinhos, que vivem em abrigos

Steve Graig não só admira, mas ama os animais e acredita que é injusto que os velhos e doentes animais de estimação vivam pelo resto de suas vidas em abrigos. Sua missão é cuidar desses 'exemplares indesejados'. Neste momento, em sua casa em Denver vivem mais de 10 cães velhos, um porco chamado Bikini, duas galinhas, dois patos, duas pombas, alguns gatos e um coelho.

Hugh Jackman resgatou algumas pessoas numa praia da Austrália

Em um sábado numa praia em Sidney, o ator australiano Hugh Jackman salvou duas crianças que estavam se afogando e ajudou algumas pessoas a sairem de uma corrente de água perigosa, gerada na maré baixa. No início, Jackman protegeu uma garota desconhecida de uma onda e então ajudou um homem a chegar à costa. Em seguida, ajudou o filho desse homem, Oscar, de 15 anos de idade, a sair do mar.

Esta mulher inventou um dispositivo para que os cães cegos possam andar com segurança

Silvia Bordo tem um cachorro chamado Muffin, que é cego. Ela inventou um anel em torno da cabeça do cão, que o protege de golpes e de qualquer obstáculo inesperado. Rapidamente este dispositivo bem-sucedido se tornou conhecido e hoje Silvia fabrica uma série de anéis de diferentes tamanhos e cores para outros cães, com o objetivo de proporcionar uma vida mais independente e feliz.

Esta senhora acalmou um passageiro agressivo no metrô

Um homem começou a se comportar de forma agressiva, xingando, gritando e correndo pelo vagão. Todos ficaram muito assustados e apenas uma mulher de 70 anos de idade pegou a mão dele, até que se acalmasse e se sentasse no chão com lágrimas nos olhos. O homem que tirou esta foto perguntou à senhora por que ela tinha se comportado assim e sua resposta surpreendeu a todos: "Sou uma mãe de dois filhos com aproximadamente a mesma idade dele e sei como a vida às vezes os enlouquece e tudo o que precisam nesse momento é não se sentir sozinhos".

Um veterinário salvou uma cachorrinha, depois de tomar café da manhã com ela em sua gaiola

Ao decidir salvar uma cadelinha, a desnutrida Gracie, que temia as pessoas e se recusava a comer, o veterinário Andy Mathis inventou uma maneira de ganhar sua confiança. O homem entrou na gaiola dela, colocou um prato na sua frente e começou a tomar seu café da manhã. Gracie gradualmente adquiriu confiança, aproximou-se do prato e, em seguida, começou a comer. Com isso, ela se adaptou e a sua vida foi salva.

Leonardo DiCaprio ajuda a proteger espécies raras de elefantes em Sumatra (Indonésia)

Leonardo DiCaprio é famoso por sua atividade na área de proteção do meio ambiente. Desta vez, viajou para a ilha Sumatra para apoiar o Parque Nacional Gunung Leuser, que é o melhor refúgio de elefantes, orangotangos, tigres e rinocerontes.

Este designer criou 3.500 viveiros para pássaros

O designer dinamarquês Thomas Dambo deu nova vida aos objetos que, de outra forma, acabariam virando lixo. Por exemplo, nos últimos 7 anos conseguiu produzir mais de 3.500 viveiros de pássaros com tábuas jogadas no lixo. Seu desejo era dar oportunidade às aves de permanecerem nas cidades, sem que lhes faltasse nada.

Os funcionários fizeram um bolo para a raposa

Esta raposinha branca chamada Vesna ('Primavera') vive no jardim zoológico de Krasnoyarsk, na Rússia. Para o seu aniversário, os funcionários do lugar fizeram um bolo com seus alimentos favoritos. Foi muito terno e a raposa parecia encantada.

A mulher que ama seu trabalho

Alla Levushkina é a cirurgiã mais idosa da Rússia. Ele tem 87 anos de idade, mas não pretende se aposentar. Até o momento tem realizado mais de cem cirurgias por ano. O fato surpreendente de sua carreira é que em todo esse tempo nenhum dos seus pacientes morreu. Aparentemente, a mulher executa um trabalho admirável e com a precisão de um joalheiro.