Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

O estilista que está mudando os paradigmas de beleza

Rick Owens é um designer californiano reconhecido no mundo da moda por seu grande talento, mas também pelas polêmicas que provoca e pelas propostas ousadas que apresenta nas mais importantes passarelas do mundo. Para Owens, um desfile deve ser uma performance, uma maneira de se aproximar do público, um evento de interação onde novas ideias devem ser apresentadas, ainda que controversas. Além disso, o estilista acredita que a moda precisa mudar para se aproximar da linguagem e das necessidades das pessoas comuns, mulheres que querem ficar lindas da maneira como são, sem precisar se encaixar em padrões estéticos.

Sua proposta é maravilhosa, por isso o Incrível.club a apresenta a você. Em 2013, este homem conseguiu comover todo o público que assistia à Semana de Moda de Paris. 

Para o desfile, no qual era apresentada a coleção primavera/verão 2014, Owens decidiu não contratar modelos tradicionais, com 1,80 metro de altura e corpos lânguidos.

Em vez disso, ele contratou mulheres comuns, porém donas de uma ótima habilidade: eram todas dançarinas de step dance.

O designer desenhou os vestidos que apresentaria pensando nos tamanhos reais daquelas garotas. 

Owens pediu que, em vez de posar com atitudes altivas e elegantes típicas de modelos, elas fizessem gestos de empoderamento com corpo e rosto. Assim, seria projetada a atitude forte das mulheres reais, capazes de realizar tudo o que quiserem.

O desfile não começou com o clássico barulho dos saltos altos na passarela. Entraram em cena dezenas de garotas realizando uma coreografia forte, na qual o som dos passos era fundamental para criar ritmo e a atmosfera desejada. 

O desfile foi um verdadeiro show, que deixou boquiabertos os grandes nomes da moda de diversos lugares do mundo, que haviam ido a Paris.

No fim da apresentação, tanto o estilista quanto suas modelos e o público choraram, comovidos ao verem que é possível começar a mudar os paradigmas do mundo da moda, ao compreenderem que é muito mais poderoso admirar mulheres verdadeiras, vestidas com roupas confortáveis e com atitude desafiadora e empoderada, que não tentam seguir estereótipos idealizados de uma beleza com a qual, muitas vezes, elas não se identificam.

Aplausos, Rick. Obrigado por realizar um desfile plus size no qual, pela primeira vez, as modelos e as mulheres da plateia eram similares. Obrigado por fazer uma homenagem ao grande potencial das garotas consideradas comuns, mas donas de grandes talentos artísticos.