Incrível
Incrível

“Nunca é tarde demais”: Vencedora do Grammy Latino aos 95 anos prova que sonhos nunca envelhecem

Dificilmente existe algo mais satisfatório na vida do que realizar um sonho antigo. Mas, às vezes, a vida nos prega peças e somos forçados a desistir de nossos grandes planos. Felizmente, existem pessoas cujo exemplo nos lembra que nunca é tarde demais para trabalhar arduamente para alcançar todo o nosso potencial e compartilhar nosso talento com o mundo.

Angela Álvarez é uma amante da música desde que se entende por gente

Uma ávida amante da música, cantora e compositora, Angela Álvarez, de 95 anos, produz e executa música há décadas, mas nunca teve a chance de compartilhá-las com o mundo inteiro — até agora. No início deste ano, com a ajuda de seu neto, ela finalmente lançou um álbum de estreia, o que a levou a ser indicada ao prestigioso prêmio de música.

E, agora, ela é a pessoa mais velha a ganhar um Grammy!

Depois de anos deixando seu sonho de lado, Álvarez fez história no dia 17 de novembro em Las Vegas ao ganhar o Grammy Latino de Melhor Artista Revelação. Ela está empatada no prêmio com a cantora mexicana Silvana Estrada, de 25 anos, e é oficialmente a vencedora mais velha da categoria.

Até pouco tempo, Angela apenas se apresentava para sua família e amigos

Álvarez nasceu em Cuba e é apaixonada por música desde a infância: ’’Quando eu era criança, tinha duas tias que tocavam piano e me ensinaram a cantar. Sempre que havia uma reunião de família, eu era a artista — eles faziam vestidos para mim e eu sempre gostava de me apresentar’’, ela lembra.

Ela foi desencorajada a escolher a música como sua carreira

Mas apesar de seu desejo de se tornar uma cantora, seu pai a desencorajou a seguir a carreira na música. Em vez disso, Angela se casou e teve quatro filhos. No entanto, ela continuou escrevendo canções e se apresentando para sua família e amigos.

Mas seu neto pensava que ela deveria compartilhar seu trabalho com o mundo

Seu caminho para o sucesso na indústria da música foi cheio de obstáculos, mesmo depois que ela imigrou para os Estados Unidos. Mas, graças ao neto Carlos José Álvarez, que acreditou em seu talento e organizou a gravação do disco, as canções de Ângela finalmente vieram à tona.

E nenhum deles esperava esse enorme sucesso...

Ele disse que seu objetivo original era preservar “o legado de nossa família”, então, esse tremendo sucesso internacional foi uma surpresa. Ao ganhar o prêmio, Ângela fez um discurso emocionado, dizendo que estava muito orgulhosa por poder contar sua história e tocar pessoas. ’’Tem gente que desiste, mas eu não desisti. Eu sempre lutei’’, disse ela.

’’Eu garanto a você: nunca é tarde"

Ela também aproveitou a oportunidade para homenagear o seu país de origem e agradecer a seus entes queridos. A vencedora do Grammy Latino também se dirigiu a “aqueles que não realizaram o seu sonho”, dizendo que, apesar das dificuldades que encontramos, há sempre uma saída. “Eu garanto a você, nunca é tarde demais”, afirmou Álvarez em seu discurso.

Você também tem um sonho que se viu forçado a abandonar, mas que ainda planeja torná-lo realidade? Conte-nos!

Incrível/Gente/“Nunca é tarde demais”: Vencedora do Grammy Latino aos 95 anos prova que sonhos nunca envelhecem
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos