Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Assim são os filhos de casais de gêmeos idênticos

Esta história incrível aconteceu nos Estados Unidos, no Estado de Ohio, em 1998. Os gêmeos absolutamente idênticos, Craig e Mark Sanders, conheceram as charmosas gêmeas Diane e Darlene Nettemeyer e perceberam que era obra do destino ficarem juntos.

Os casais começaram a sair e, em pouco tempo, realizaram o casamento no mesmo dia e em trajes absolutamente idênticos. Em seguida, os recém-casados ​​conseguiram duas casas vizinhas, tiraram o muro entre elas e começaram a viver como uma grande e amigável família.

Um ano mais tarde Diane e Craig tiveram gêmeos idênticos. Segundo as estatísticas, a probabilidade de um casal (qualquer um) ter gêmeos idênticos é de 3 casos em 1.000, mas a probabilidade de que um par de gêmeos idênticos também tenha como filhos gêmeos idênticos é de uma em um milhão.

Na família do outro casal, Mark e Darlene, nasceram duas filhas e, depois de um ano, veio um filho.

No exemplo dessas pessoas, podemos observar o dado científico curioso: os dois casais de pais gêmeos têm o mesmo conjunto de genes, ou seja, estes dois casais são absolutamente idênticos. Acontece que, geneticamente, todos os seus filhos são irmãos e irmãs, embora sejam, na verdade, primos.

Certamente muitos esperavam encontrar duas famílias absolutamente simétricas, com crianças iguais. Mas, na realidade, é impossível. A aparência dos seres humanos é o resultado da mistura de vários genes, por conseguinte, alguns genes podem ser herdados, mesmo dentro de algumas gerações, por exemplo, de bisavós. Isso significa que não podem nascer crianças iguais de dois pares de gêmeos idênticos.

Hoje em dia essa família incomum continua a viver em harmonia em duas casas vizinhas, sem cerca ou muro as separando e, com frequência, aparecem em diferentes programas de TV, reportagens científicas e festivais de gêmeos.