Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Artista cria personagens negros inspirados na Turma da Mônica para dizer que o mundo pode ser melhor sem preconceito

9-51
148

A representatividade é algo fundamental em nossos dias. E foi desenhando que o artista Jesus Adan Torralba — “Heysus” como gosta de ser chamado, encontrou um meio de abordar esse tema. Ele se inspirou na Turma da Mônica de Mauricio de Sousa para criar personagens negros, levantando a importância de falarmos sobre questões como inclusão e representatividade.

Incrível.club achou genial a iniciativa de tentar buscar um mundo melhor por meio da arte e bateu um papo com o artista para falar um pouquinho sobre o projeto dele. No final temos um bônus para te mostrar. Vem conferir. 😉

“Heysus” e a origem de seu apelido

Jesus tem 25 anos e nasceu em Portland, Oregon (EUA). Quando pequeno, todos o chamavam de Jesus Cristo, mas para driblar a brincadeira, preferiu criar um apelido. Ele optou por colocar “Hey” — com a pronúncia em inglês, e “Sus” — com a pronúncia em espanhol, formando o nome artístico “Heysus”. Um de seus desenhos ilustra ele mesmo e seu gosto por jogar basquete (abaixo).

Essa mistura dos dois idiomas no seu apelido e sua arte foram maneiras que o artista encontrou para falar sobre as culturas americana e mexicana, já que seus pais são de Oaxaca e Sinaloa, ambos estados do México (clique e descubra o significado do nome de cada estado mexicano).

Como surgiu a ideia dos personagens

Fã de Mauricio de Sousa, Heysus comenta que se inspirou na estrutura dos personagens da Turma da Mônica para criar seus próprios desenhos. “Eu gosto do contraste entre imagens fofas e coloridas ao lado de importantes questões sociais que merecem atenção”, disse.

Ele acredita que os personagens fofos atraem por si só. E, consequentemente, quem aprecia o trabalho receberá a mensagem dada através do desenho. “Isso leva as pessoas a refletirem sobre o assunto e atrai também quem não sabe o que está acontecendo no mundo sobre diversas questões sociais”, completa.

Seus desenhos e significados

Outro mundo é possível

Uma das mensagens de suas ilustrações é que não precisamos continuar vivendo em um mundo que desvaloriza pessoas pelo tom de pele. “Podemos sonhar com um mundo melhor e construí-lo juntos”, enfatiza o artista. Os desenhos, segundo ele, contribuem para a inclusão e a representatividade, abrangendo um público de várias idades. Heysus defende que para um país se tornar mais igualitário, é preciso lutar por seus direitos.

Os desenhos de Heysus conquistaram muita gente. Tanto é que ele começou a vendê-los. O artista pretende continuar produzindo mais personagens próprios e inspirados na Turma da Mônica. “Meu sonho é um dia poder lançar um gibi com minhas ilustrações”, revelou.

Cuidado com os suspeitos

Com iniciativas assim, pouco a pouco, é possível conscientizar mais pessoas sobre a importância da representatividade e de se posicionar sobre esses assuntos. Abaixo, uma foto de Heysus (centro) com seu pai e seus irmãos.

Bônus: a arte de Heysus vai além do papel

O que você achou dos personagens inspirados na Turma da Mônica e do projeto de Heysus? Já viu algum trabalho parecido por aí? Comente abaixo. Adoraríamos saber sua opinião.

Imagem de capa heysus94/Instagram
9-51
148