Incrível
Incrível

8 Motivos para jamais esquecer Angela Lansbury, estrela de “Assassinato por Escrito” e grande dama do cinema

Nascida em 1925, Angela Lansbury era uma das últimas estrelas da Idade de Ouro do cinema americano. A atriz tinha 96 anos e viveu grande parte de sua vida — mais ou menos 80 anos — sob os olhares de Hollywood. Vencedora de seis Tonys, seis Globos de Ouro e um Oscar Honorário, seu legado ultrapassa os limites da arte. Vamos dar uma olhada em alguns detalhes pouco conhecidos sobre a vida dessa atriz que jamais será esquecida.

A melhor forma que Angela encontrou para lidar com a perda do pai foi a atuação

Algumas pessoas dizem que o amor de Angela Lansbury pela atuação veio de sua mãe, Moyna Macgill. Moyna era uma atriz irlandesa que trabalhava em Londres, onde conheceu Edgar Lansbury, o homem que alguns anos depois se tornaria seu marido. No entanto, o pai de Angela faleceu quando ela tinha apenas nove anos; segundo a atriz, esse foi um momento decisivo para ela: “Nada, nem antes nem depois, me afetou tão profundamente”.

Uma das formas que encontrou de lidar com o luto foi por meio da atuação. Mais ou menos cinco anos após esse episódio, o avô de Angela faleceu, e foi nesse momento que sua mãe decidiu se mudar com ela para os Estados Unidos.

Ela não se importava em usar pequenas mentiras em seu favor

M.G.M / Album/EAST NEWS

Aos 16 anos, Angela saiu do conservatório e criou um espetáculo em que o grande destaque era o seu dom para as imitações. Para ter acesso aos teatros, ela tinha de mentir sobre sua idade real. Ou seja, uma pequena mentira que permitiu a ela mostrar a sua arte quando ainda era adolescente.

Uma adolescente sem experiência que impressionou os diretores de cinema

Angela conheceu o roteirista John Van Druten por influência de sua mãe. Na época, John havia terminado o roteiro de À Meia Luz e achou que a atriz seria perfeita para o papel de Nancy Oliver. Após um teste muito bem-sucedido, Angela conseguiu seu primeiro papel no cinema. Ela tinha apenas 17 anos e garantiu um contrato de sete anos com o estúdio MGM.

Moyne Macgill e a filha Angela Lansbury em 1963.

George Cukor, o diretor de À Meia Luz, fez o seguinte comentário sobre a atriz algum tempo depois: “No primeiro dia de filmagem, embora tivesse apenas 17 anos e não tivesse experiência, ela se mostrou muito profissional. Virou uma empregada e até seu rosto ficou diferente. De repente, eu senti que estava assistindo algo real”.

Angela Lansbury era uma mulher multitalentosa

Angela Lansbury e seu olhar inesquecível

Angela mergulhou com tudo no cinema, na televisão e no teatro e durante oito décadas consolidou uma carreira de causar inveja, extremamente sólida. Sua capacidade de se adaptar a qualquer tipo de narrativa, e mesmo sabendo que o cinema pode causar grandes desilusões, fez com que Angela Lansbury se destacasse entre as atrizes.

Uma atriz que superou muitos recordes

Assassinato por Escrito é um dos programas que ajudou Angela Lansbury a alcançar o estrelato. Mas apesar de ter superado muitos recordes de indicações ao longo de sua vida, a atriz não parou por aí. Uma de suas personagens, Jessica Fletcher, é a detentora do recorde de detetive amadora mais prolífica da história.

A dama Angela Lansbury tinha muitas cidadanias

Image supplied by Capital Pictures/EAST NEWS, PHOTOlink/Courtesy Everett Collection/East News, zz/NPX/STAR MAX/IPx/Associated Press/East News, ROBYN BECK/AFP/East News

Angela alcançou reconhecimento mundial, tinha cidadania britânica e irlandesa por parte de mãe e muitos anos depois conseguiu também a cidadania americana.

Angela Lansbury se casou duas vezes, passou por momentos muito difíceis, mas superou todos eles

Richard Cromwell, 1935

Quando tinha 19 anos, Angela se casou com o ator Richard Cromwell, que era 16 anos mais velho que ela. O casamento durou pouco tempo e eles se divorciaram nove meses depois; no entanto, os dois permaneceram amigos até a morte dele. Muito tempo depois, a atriz viria a saber que ele era gay.

“Eu não tinha ideia de que havia me casado com um homem gay”, disse ela. “Ele era uma pessoa muito atraente. Queria se casar e ficou fascinado comigo, mas acho que ele estava apaixonado pela mulher das telas. Foi um erro terrível que cometi quando era muito jovem. Mas não me arrependo.”

Angela e Peter

Algum tempo depois, Angela conheceu e se casou com seu segundo marido, o ator que depois virou agente em Hollywood, Peter Shaw. Os dois ficaram juntos por 53 anos e tiveram três filhos, David, Anthony e Deidre. “Francamente, gostaria de ter passado mais tempo com minha família e menos tempo fazendo filmes medíocres naquela época”, contou a atriz em uma entrevista.

Angela Lansbury continuou trabalhando até o fim

ROBYN BECK/AFP/East News

A atriz ficou viúva em 2003, mas isso não a impediu de continuar fazendo o que realmente amava. Ela se tornou avó e embora dissesse que seus netos eram a coisa mais importante em sua vida, ela nunca se sentiu pronta para se aposentar. “Eu nunca senti a minha idade”, disse a atriz. “É como andar de bicicleta, eu apenas coloco meu pé no chão e sigo em frente. Desde que possa colocar um pé na frente do outro, continuarei caminhando”.

Em 11 de outubro de 2022, a apenas cinco dias de completar 97 anos, a atriz Angela Lansbury faleceu, deixando para trás um legado que sempre servirá de exemplo para as futuras gerações.

Qual é o seu personagem favorito da atriz Angela Lansbury? E na sua opinião, quais são os três atributos principais que uma atriz precisa ter para se tornar uma grande estrela? Conte nos comentários.

Imagem de capa Image supplied by Capital Pictures/EAST NEWS, PHOTOlink/Courtesy Everett Collection/East News, ROBYN BECK/AFP/East News
Incrível/Gente/8 Motivos para jamais esquecer Angela Lansbury, estrela de “Assassinato por Escrito” e grande dama do cinema
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos