Incrível
Incrível

20 Leitores do Incrível que não aparentam sua idade e assim sempre acabam metidos em situações constrangedoras

Algumas pessoas não aparentam a idade real: às vezes parecem muito mais jovens ou mais velhas. E independentemente de gostarem ou não que lhe peçam o documento para deixá-las entrar em uma boate ou duvidem do direito de ficar na fila de um caixa rápido destinado a idosos, ver-se de uma idade diferente pode acabar em muitas situações engraçadas.

Alguns leitores do Incrível.club não aparentam a sua idade e nos contaram sobre as peripécias que tiveram de passar quando outras pessoas acharam que eram mais velhos ou mais jovens do que realmente são.

  • Aos 14 anos, eu parecia um pouco mais velha, algo como 16. Certa vez, houve rumores no trabalho do meu pai de que ele tinha uma amante. Sabem quem era a “amante”?? Depois de perguntar quem lançou o boato, soube que tinham me visto andando com ele pela cidade de mãos dadas. As risadas da minha mãe foram tremendas. Meu pai começou a levar minha mãe ao trabalho de mãos dadas, outro dia, minha irmã mais velha, e outro, a mim. As pessoas passaram anos pensando que meu pai era um Don Juan e ríamos muito disso. Até nós quatro aparecermos em uma festa da empresa juntos. © Io Quinn / Facebook
  • Sempre pareci mais jovem, talvez por ser magra e não usar muita maquiagem. Certo dia, saí com meu marido e o segurança disse que não podíamos entrar. Perguntei perplexa “por quê?” “Não é permitido a entrada de menores de idade”. Naquela época, eu tinha 27 anos. Voltamos para o carro para pegar minha carteira de identidade e o homem se desculpou e nos deixou entrar. Eu ri muito naquela noite. © E Neyling Fonseca / Facebook
  • Tenho um monte de histórias desse tipo por ser baixinha e magra. Uma vez fui deixar minha filha na escola e entrei na sala de aula dela; quando estava saindo, a inspetora cruzou os braços e falou: “Aonde você vai, menina? Já tocou o sinal!!” As mães dos coleguinhas da minha filha estavam morrendo de rir do outro lado, enquanto diziam a ela: “Ela é a mãe!!” © Moni Montenegro / Facebook
  • Há alguns dias fui ao shopping e entrei na fila do caixa rápido para pessoas da terceira idade, pois sou idosa. Mas uma mulher, muito indignada, se virou para mim e disse que esse caixa era exclusivamente para pessoas mais velhas. Eu não ia discutir com ninguém ali, apenas apontei para minha cabeça, porque tenho uns cabelos grisalhos, peguei o carrinho e troquei de caixa. Ela queria que eu lhe mostrasse meu documento? © Ariel Marina / Facebook
  • Certa vez, eu estava com alguns amigos em um restaurante. Pedi uma bebida e pediram meu documento de identidade (eu tinha 31 anos). Fiquei tão feliz que disse: “Pare com isso e me traga um refrigerante. Obrigada por dizer que pareço ter menos de 21”. © Anamaria Tapias / Facebook
  • Tenho boa genética, sempre pareci mais jovem. Fui mãe aos 20 anos e parecia ter 14, tinha até vergonha de sair na rua, pois me olhavam com estranheza. Aos 24 anos tive meu segundo filho e me tornei avó aos 40. Sempre acham que meu filho (34 anos) é o meu companheiro, que minha filha (30 anos) é a minha irmã ou minha amiga e que o meu neto é meu filho. Não sei se é sorte ou azar, mas apenas homens muito jovens me abordam, da minha idade ou mais velhos muito raramente fazem isso. Tenho 54 anos e isso continua acontecendo comigo. Minha família inteira aparenta ter menos idade. © Nashlleli Ortiz / Facebook
  • Quando eu tinha 28 anos, saí com meus primos e um amigo de 22 anos para dançar, e o segurança deixou todo mundo entrar, menos eu. Exigiu minha identificação para constatar que eu era maior de idade; isso que eu era a “mais velha” de todos! Mas agora, aos 50 anos, há alguns meses, esbarrei no meu ex e ele disse à minha filha que, de tanto nervoso que passei por causa dela, agora eu já parecia ter 60... bah, vou pintar meu cabelo branco e voltar a ser “menina”! © Alma Tapia / Facebook
  • Isso acontece comigo quando a minha mãe, de 61 anos, a minha avó, de 86, a minha filha, de 17, e eu, que estou prestes a completar 40, estamos juntas. Nessa situação sempre perguntam se a minha avó é a minha mãe, se a minha mãe é a minha irmã mais velha e se a minha filha é a minha irmã mais nova, porque não acreditam que eu tenha essa idade. Minha filha sorri e diz: “Sou a irmãzinha dela, mas ela me vê como uma filha”. E eu explico tudo, embora às vezes ainda não acreditem em mim. © Chelita Funes / Facebook
  • Certa vez, meu marido, uma amiga um ano mais velha que eu e minha bebê de meses fomos ver um homem para cotar um serviço. Quando o conhecemos, ele disse à minha amiga: “Que netinha linda você tem!!!” Ele achou que eu era sua filha e que meu marido era seu genro. Nossa, senti tanta pena dela! © Lum Carcamo / Facebook
  • Pareço muito mais jovem do que realmente sou; não posso ter um caso com homens da minha idade, porque eles parecem meu pai... Quando entrei na universidade, tinha 19 anos, mas parecia ter 14, e os outros alunos me ignoravam pensando que eu era adolescente. Eles me diziam: “Não ouça nossas conversas, você ainda é muito nova”. © Graciela Olate / Facebook
  • Tenho 33 anos e quatro filhos (o mais velho tem 15). Meu marido tem 40 anos e mede 1,80 m, enquanto eu meço 1,52 m. Todos os meus filhos são mais altos do que eu. Quando saímos para comer ou há vizinhos ou professores novos, sempre pensam que os filhos são dele e que eu sou apenas a namorada. © Nancy Chapis Moreno Basaldua / Facebook
  • Sempre pareci mais jovem. Certa vez, operei o nariz e algumas crianças também tinham sido operadas. Bem, suas mães perguntaram ao meu marido: “Como foi a operação da sua filha?” Em outra situação, quando viajamos com nossos filhos de 18 e 9 anos, o cara da imigração disse ao meu filho: “Você é o marido, certo?” E meu filho ficou indignado, mas isso me fez rir. Na verdade, quando eu era jovem sentia raiva de ser vista como mais nova, mas hoje gosto de parecer assim. © Magda Beltran / Facebook
  • Certa vez, fui ao cinema com alguns amigos para ver um filme de ação, e minha amiga e eu não pudemos entrar porque era para maiores de 16 anos. No começo, pensei ser uma piada da moça do caixa, até perceber que ela falava sério. Por mais que insistíssemos, não nos deixaram entrar, nem o administrador acreditou que tínhamos 26 anos. Por isso, naquele dia tivemos de assistir a um filme para crianças. Desde então, levo a minha identidade em todos os lugares. © Seli RG / Facebook
  • Pode ser minha altura ou genética, mas nunca pareci ter a minha idade. Eu me mudei para outro país com meus dois filhos e uma amiga se mudou comigo. Nós quatro estávamos indo a um parque e lá conheci meu atual marido, que achava que meus filhos eram meus irmãozinhos, de 8 e 3 anos, e que minha amiga era a minha mãe. Já casada e com mais dois filhos (quatro no total), quando meu terceiro filho estava na 9a série, era Halloween e ele disse ao tio da namorada para passar com seus filhos para pedir doces. Eu tinha 42 anos, e o senhor disse: “Ela é sua irmã?” Ele, irritado, disse: “Não, é a minha mãe!” Agora tenho 56 anos. No trabalho acham que estou na casa dos 30, mas com a idade dos meus filhos e da minha neta (23) não posso negar a minha, e não me importo, não tenho vergonha de dizer quantos anos tenho. © Mariel Coco Alvarez / Facebook
  • Por causa da minha altura e aparência, as pessoas também pensam que sou mais jovem, mas duas vezes quase morri de rir. Uma vez, fui à escola da minha cunhada e alguém perguntou a ela quem era a menina (ou seja, eu) que a acompanhava, e eu tinha quase 40 anos. No começo não acreditava, porque sinto que aparento ter a minha idade, mas, em outra ocasião, quando fui correr ao redor de um lago, havia crianças aprendendo a andar de bicicleta e ouvi uma senhora (bem mais nova que eu) gritar para a filha: “Cuidado, a menina vai passar!”, e como eu estava indo a toda velocidade, freei um pouco para não atropelar a garotinha, mas me virei e descobri que a menina era eu. © Veika Van / Facebook
  • Tenho 59 anos, mas sempre pareci mais jovem. Quando eu tinha 35, fui a uma lojinha na frente da minha casa. Dois meninos, aparentemente do 1o ano do ensino médio, passaram e um me perguntou se eu queria ser sua namorada. © Silvia Zarate / Facebook
  • Tenho 44 anos e minha filha tem 7, e sempre dizem que sou a avó dela. Tinha 37 anos quando ela nasceu, e quando eu a levei para o primeiro check-up, a enfermeira me perguntou: “E a mãe, não vai vir?” Respondi: “Ela é a minha filha de 12 anos, veio comigo, sou a mãe”. © Gerardita Hernández Gerardita / Facebook
  • Fui com meu marido comprar roupas de bebê para o nascimento do filho de um amigo. Não gostei do que meu marido escolheu e a funcionária me deu as costas e disse: “O que ela sabe nessa idade? Nem sabe o que é ter um filho”. Tenho 45 anos e meu marido, 55. Temos gêmeos, um de 23 anos e outro de 19. Quando contei a ela, quase desmaiou. Disse que eu parecia mais jovem do que sua filha de 30 anos e ficou muito chateada. Sempre acham que meu marido é meu pai. © Virginia Girino Maranatha / Facebook
  • Em certa ocasião, ajudei um idoso a descer do ônibus. Em seguida meu marido desceu e o senhor lhe deu parabéns por ter uma filha tão educada. © Silvia Gonzalez Sanches / Facebook
  • Há alguns anos, quando estava indo para o trabalho da minha mãe, um senhor que morava perto da minha casa me abordou pedindo que eu lhe fizesse o favor de passar uma mensagem para uma senhora que trabalhava com a minha mãe. Quando cheguei, liguei para a senhora e lhe disse: “Seu filho disse que...”, e passei o recado para ela. Ela me olhou muito séria e respondeu: “Dieguinho, ele não é meu filho!” Eu perguntei: “Então, é o quê?” “Ele é meu marido!” Eu queria morrer. Graças a Deus ela não me levou a mal e nós apenas demos boas risadas. © Diego Lugo Duarte / Facebook

Você aparenta ter a sua idade? Conhece alguém que acabou em uma situação estranha por parecer ser mais velho ou mais novo?

Incrível/Gente/20 Leitores do Incrível que não aparentam sua idade e assim sempre acabam metidos em situações constrangedoras
Compartilhar este artigo