Incrível
Incrível

15 Internautas compartilharam seus truques e estratégias para responder às ligações de spam

A maioria das pessoas, provavelmente, já está cansada de receber chamadas de spam, nas quais tentam lhe oferecer produtos e serviços ou — pior — aplicar um golpe. E cada um reage de uma maneira diferente: uns atendem e ouvem o que desejam lhes oferecer, outros apenas ignoram a chamada e tem aqueles que até tentam fazer com que a pessoa do outro lado da linha se arrependa de ter telefonado.

Nós, do Incrível.club, ficamos curiosos para saber como as pessoas reagem às chamadas de spam, e selecionamos 15 relatos de internautas que não deixam barato. Confira!

  • Galera, eu mesmo que tive esta ideia. Agora, quando atendo chamadas de spam, peço que falem mais alto. Eles repetem, mas eu peço educadamente que falem ainda mais alto porque não estou ouvindo. Geralmente, eles repetem duas ou três vezes e então desligam. © pozdei / Pikabu
  • Eu peço educadamente: “Um segundinho” — e apenas coloco o telefone de lado, sem desligar, e continuo fazendo as minhas coisas. Alguns esperam cerca três ou quatro minutos, conferindo de tempo em tempo se ainda estou na linha. © komm18 / Pikabu
  • Uma vez, me telefonaram e começaram a me pressionar para ir a um spa. Perguntei agressivamente onde tinham conseguido o meu número de telefone pessoal. A pessoa ficou sem graça e desligou.
  • Quando começam a tentar me vender algo, eu imediatamente passo a ser chato. Simples assim, para que o operador me coloque na hora na pior das listas de chamadas proibidas, na seção de pessoas “agressivas” e com a observação “não ligar nunca”. E nunca me telefonam de volta. © stepanafanas / Twitter
  • Eis a situação: ligaram do banco para a minha mãe e começaram a perguntar sobre o cartão que ela tinha feito recentemente, querendo saber por que ela o usava pouco, quanto gastava por mês, se gostaria de mudar as condições da conta, etc. Mamãe: “Desculpe, mas a minha filha é especialista em segurança da informação e me proíbe de discutir qualquer questão financeira no telefone”. © RiinaAndroidiS1 / Twitter
  • Uma das minhas respostas favoritas às ligações de spam: “Olá! Você ligou para a linha de emergência do serviço de atendimento psicológico à população. Em que posso ajudá-lo?”
  • Hoje me ligaram de um número desconhecido. Atendi dizendo: “Serviço Federal de Combate ao Monopólio, em que posso ajudar?” A mulher, com uma voz gentil, respondeu: “Desculpe, errei o número”. © FreshKolbaskaa / Pikabu
  • Eu comprei um segundo cartão SIM. O número era bonito, mas veio com uma “pegadinha”. Começaram a me ligar de vários bancos — daquele departamento que lida com clientes problemáticos — e a perguntar quando eu, supostamente chamada Vitória, iria fazer o pagamento que tinha sido acordado. Expliquei educadamente três vezes que eu era outra pessoa, e não essa Vitória. Na quarta vez eu não aguentei e soltei o verbo: disse que tinha comprado um cartão SIM com aquele número e que já tinham me ligado de três bancos. Como fiquei irritada! Pedi para que anotassem isso na base de dados deles. E sabe que isso ajudou? Não me incomodaram mais — nenhum único banco sequer.
  • Atenda à chamada e comece a falar em élfico. Foi assim que fiquei um ano sem receber esse tipo de ligação. Certamente, devem ter feito uma nota dizendo que era melhor não ligar para essa ’louca’. © nastja_pastja / Twitter
  • “Olá, estou lhe telefonando do banco. Você utiliza algum dos nossos serviços?” Eu: “Uso sim. Quando passo na frente de uma de suas agências me olho no reflexo do vidro”. © SemennicovaV / Twitter
  • Eu coloco toques especiais no celular para os contatos importantes, de forma que não preciso tentar identificar quem está ligando. Se não conhecer o número, uma das minhas estratégias favoritas é a do “sinal ruim”. Eu grito muito alto: “Oi, cara, não consigo te ouvir... Onde você está? Não consigo ouvir você”. © Fred Showker / Quora
  • Eu tenho minha própria tática. Digamos que me telefonam do banco, respondo: “Desculpe, mas estou no serviço militar. Tem apenas cerca de 40 — 50 km de floresta e ursos ao meu redor, e nenhuma de suas agências bancárias. Me ligue daqui a seis meses. Antes disso eu não posso fazer nada. De maneira alguma”. Funciona por um tempo, até que voltam a telefonar depois. Porém, deixam de incomodar ligando todo dia. Testem! © zurablon1501 / Pikabu
  • Recebo ligações de spam com frequência perguntando se fiz uma transferência com um valor enorme para um banco desconhecido qualquer. “Claro, fiz sim!” — confirmo com uma voz alegre. “Bem, nesse cas... O quê? Você fez?”, eles respondem confusos. Eu: “Sim, é claro”. Eles: “É... obrigado, tenha um bom dia”. © WhtTh*** / Pikabu
  • Não tem como enganar a minha mãe. Para você ver, ela consegue descobrir quem é o assassino já nos primeiros minutos do jogo Detetive. Dito isso, quando pessoas suspeitas lhe telefonam, ela tem duas estratégias prontas. De início, mamãe responde imitando a voz de uma velhinha: “Ah, querida, tenho 80 anos (ela tem 60, na verdade), melhor você perguntar ao meu neto”. E começa a falar dele o tempo todo. Mas quando ela acaba em uma situação sem saída, então finge fazer tudo que lhe pedem, dizendo números de cartões reais, mas já vencidos. No fim, mamãe faz com que percam tempo e acabem enlouquecendo do outro lado da linha.
  • Eu sempre atendo a chamada e converso com todos. Se me ligam de uma clínica médica, marco uma consulta. Se telefonam para oferecer um conserto gratuito para as janelas, aceito na hora e passo o endereço da clínica médica. Se oferecem ingressos para o teatro, encomendo imediatamente as cinco opções mais caras e combino para irem cobrar e entregar na empresa que ofereceu o conserto de janelas gratuito. Mesmo quando me ligam do banco para falar sobre protocolos de segurança e pedem o número do meu cartão e código de segurança, eu pego o cartão de fidelidade de algum supermercado e dito os números. © 4k.korvin / Pikabu

Como você costuma reagir ao receber ligações de spam? Tem algum truque para lidar com essas chamadas indesejadas? Conte para a gente na seção de comentários.

Incrível/Gente/15 Internautas compartilharam seus truques e estratégias para responder às ligações de spam
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos