14 Tipos de turistas que nos fazem pensar: “Seria melhor ter ido para uma ilha deserta”

Muitas pessoas passam meses esperando pelas merecidas férias, enquanto fazem planos nos mínimos detalhes para que tudo saia como o esperado. Mas não é apenas o mau tempo e as circunstâncias imprevistas que podem arruinar todas as expectativas do passeio. Às vezes, parece que algumas pessoas só viajam com a única intenção de estragar o descanso de outras, transformando-o em um pesadelo.

Meu nome é Maria e trabalho no ramo da hotelaria há anos. Ao longo do tempo, os hóspedes do hotel muitas vezes reclamaram comigo não somente sobre todos os tipos de problemas diários, mas também sobre outros viajantes.

Especialmente para o Incrível.club, decidi descrever os tipos de pessoas que costumam transformar as férias de outras em uma lembrança desagradável inesquecível.

Especialistas

Esse tipo de pessoa sabe absolutamente tudo: quando o Partenon foi construído, como comer pizza, quanto custa uma corrida de táxi e como fazer a mala corretamente. Como se não bastasse, fazem todo o possível para compartilhar seus conhecimentos com outras pessoas, independentemente se elas estão dispostas a ouvir. Quem mais sofre com esses “especialistas” são os guias turísticos.

Caçadores de fotos

Parece que essas pessoas viajam com o único propósito de tirar fotos. Elas fotografam tudo o tempo todo. E estão sempre ocupando a primeira fila de quaisquer pontos turísticos interessantes, de modo que os outros não têm opção a não ser ficar atrás, sem ver absolutamente nada.

Caseiros

Mesmo durante as viagens, há turistas que gostam de se sentir como se estivessem em casa. Partindo desse pressuposto, essas pessoas reorganizam o espaço à volta para que tudo fique a seu agrado: movem os móveis do quarto do hotel, as espreguiçadeiras da piscina e, ainda por cima, trazem a própria comida para os restaurantes.

Carentes

Turistas do tipo “carente” são um verdadeiro desafio para os outros. Costumam passar o tempo em busca de companhia para passar suas férias e compartilhar suas emoções. É impossível se esconder deles na praia, em excursões ou em seu próprio quarto de hotel. Eles parecem não se incomodar com a irritação causada nos outros.

Desleixados

As férias são uma excelente oportunidade para esquecer da casa e fazer uma pausa na rotina diária. Isso inclui a limpeza. A ideia do descanso é boa, mas algumas pessoas a interpretam muito literalmente. Como resultado, deixam uma pilha de lixo e bagunça por onde passam, seja na praia, no quarto do hotel ou em qualquer outra área turística.

Entusiasmados

Essas pessoas irão adicionar entusiasmo e diversão às férias de todas as outras. Elas estão sempre inventando um entretenimento novo: músicas até de madrugada, jogos, passeios, brincadeiras na piscina etc. Não é ruim passar férias nessa companhia, mas é muito cansativo.

Econômicos

Por que gastar dinheiro extra nas férias quando você pode usar os recursos já disponíveis? Levar a toalha do hotel para a praia, discretamente participar da excursão de outras pessoas ou pegar um pouco de comida no buffet do café da manhã. Infelizmente, muitos desses comportamentos não correspondem às regras de hotéis e agências de viagens. Além disso, incomodam muito as outras pessoas, que, afinal, arcam com todas essas pequenas despesas.

Acumuladores

É uma pena que todas as lembrancinhas compradas durante a viagem não possam ser levadas para casa em uma só mala. E por que não tentar? Algumas pessoas acreditam que a melhor parte das férias é fazer compras nas inúmeras lojas e feiras. Contudo, infelizmente, as companhias aéreas são rígidas quanto às restrições de peso da bagagem, e simplesmente mover as coisas nas malas não resolve o problema.

Aventureiros

Algumas pessoas são muito criativas durante as férias. Elas preferem aventuras arriscadas a banhos de sol enfadonhos na praia, como escalar monumentos e estátuas, entrar em áreas de acesso restrito em museus e nadar em fontes. Esse tipo de turista espirituoso tende a tornar o trabalho dos guias e guardas um desafio.

Despreocupados

Muitas vezes acontece de os turistas não se importarem muito com as roupas que vestem ao sair do quarto do hotel, já que a maior parte do tempo é passada à beira da piscina ou à beira-mar. Além disso, se você estiver sempre de roupas de banho, o bronzeado ficará mais uniforme. É uma pena que alguns locais não apreciem muito quando turistas em trajes de banho coloridos perambulam pelas ruas.

Despretensiosos

Por que pagar a mais por um bangalô à beira-mar quando a praia costuma ser um espaço público? Ou então alugar um quarto em um hotel mais barato e ir nadar na piscina de um hotel vizinho, usando suas espreguiçadeiras na praia. Alguns turistas criativos também evitam gastos simplesmente levando uma barraca com eles. Contudo, nem a administração dos hotéis costeiros, nem seus hóspedes apreciam tamanha desenvoltura.

Estrategistas

Umas férias tranquilas na praia às vezes pode transforma-se em uma batalha por espreguiçadeiras. Têm pessoas que acordam mais cedo apenas para jogar uma toalha sobre as cadeiras, criando a ilusão que estão ocupadas, e saem para seus passeios. Alguns turistas criativos parecem ter certeza de que, se alguma vez ocuparam uma espreguiçadeira, ela pertencerá a eles até o final das férias.

Atrasados

Pessoas que estão constantemente atrasadas costumam atrapalhar os planos dos outros. E durante uma viagem organizada, essas demoras tornam-se um verdadeiro desafio para todos. Os atrasados conseguem transformar qualquer excursão em grupo em um verdadeiro pesadelo.

Pais que tiram férias dos próprios filhos

A diversão em família é ótima. O problema é que alguns pais, quando saem de férias, preferem ficar longe dos filhos, ou tendem a não perder muito tempo entretendo-os. Isso não será um problema caso o hotel tenha uma área especial onde os pequenos possam se divertir. Caso contrário, são as outras pessoas que acabam, de alguma forma, cuidando dessas crianças.

Já se deparou com algum desses turistas em sua viagem? Conte-nos sobre sua experiência.

Compartilhar este artigo