10 Tecnologias que foram previstas por filmes e desenhos antigos e que já se tornaram realidade

Você provavelmente cresceu assistindo a filmes de ficção científica e desenhos que mostravam que o futuro seria de uma forma bem inusitada, com carros voadores, robôs que facilitariam as tarefas, inteligência artificial, entre outras coisas futurísticas, não é mesmo? Mas já parou para pensar que vivemos na era em que diversas daquelas tecnologias que vimos nas telas se tornaram realidade, e que podemos desfrutar de suas conveniências?

O Incrível.club selecionou 10 tecnologias inspiradas pela ficção que hoje fazem parte do nosso presente. Será que você já usa alguma delas? Confira abaixo!

1. Óculos inteligente (De Volta Para o Futuro 2 — 1989)

Sucesso nos cinemas, o filme De Volta Para o Futuro 2 acertou em cheio várias das mudanças tecnológicas que aconteceriam no século XXI. Como os óculos de realidade virtual, que podem reproduzir tanto uma animação computadorizada, quanto um cenário ao vivo de algum canto do mundo, dando a sensação de que a pessoa realmente está naquele lugar.

2. Relógio inteligente (Os Jetsons — 1962)

Vivendo nos anos 2062, Os Jetsons nos apresentou um futuro tecnológico, com objetos que pareciam, de certa forma, bem irreais e impossíveis de acontecer, porém mesmo sem imaginar, muitas daquelas coisas que apareceram durante o desenho animado, já fazem parte da nossa realidade.

Uma delas é o smartwatch (relógio inteligente), que além de mostrar as horas, também tem funções como monitorar o batimento cardíaco, contar o número de passos por dia, mostrar mensagens, notificações, tocar músicas, entre outras.

3. Hologramas (Star Wars — 1977)

Se você se surpreendia com cada efeito tecnológico em Star Wars, provavelmente se lembra dos hologramas que apareceram em diversas cenas, mostrando uma projeção tridimensional de uma pessoa como forma de comunicação. Contudo, o que antes era apenas algo fictício, hoje já é uma realidade, tanto que na Alemanha, o Circo Roncalli substituiu os animais reais em sua apresentação, por um espetáculo com hologramas em 3D de elefantes, peixes gigantes e cavalos. Impressionante, né?!

4. Videochamada (Os Jetsons — 1962)

Nos dias de hoje, é muito comum que em vez de uma simples ligação telefônica, façamos uma chamada de vídeo para falar com algum parente distante, amigos, fazer reuniões de trabalho, estudar, etc. Mas há algumas décadas, isso provavelmente parecia algo surreal, não é mesmo? Mais uma previsão certeira dos roteiristas de Hanna-Barbera Productions. Será que os engenheiros e inventores se inspiraram em Os Jetsons?

5. TVs de tela plana enormes (De Volta Para o Futuro 2 — 1989)

Quem não tem vontade de assistir a um filme, série ou até mesmo uma partida de futebol numa tela imensa e com uma qualidade de imagem excepcional? Em 1989, De Volta Para o Futuro 2 nos mostrou que largaríamos as TVs tubão e os grandes monitores finos e de tela plana fariam parte da nossa realidade. E mais um ponto para os roteiristas por acertarem em cheio, afinal, já podemos ter em nossos lares smart TVs imensas de tela plana, com alta definição em 4k e 8k.

6. Carros Autônomos (Se Meu Fusca Falasse — 1968)

Ter um carro com capacidade de se locomover sem a ajuda de um motorista ainda parece surreal para você? Afinal, a vida real é bem diferente dos efeitos especiais das produções de Hollywood, não é mesmo? Mas carros autônomos vêm sendo experimentados desde os anos 1920, e hoje, já são uma realidade, mesmo que não sejam comercializados como os carros tradicionais. Já imaginou se esses veículos também tivessem sentimentos como o adorável fusca Herbie?

7. Tablets (Jornada nas Estrelas — 1987)

Nem Steven Jobs, nem Bill Gates! Quem nos apresentou mesmo como seriam os tablets do século XXI foi a franquia Jornada nas Estrelas. Desde os primeiros episódios da série, em meados dos anos 1960, já era possível ver a tripulação interestelar usufruindo do eletrônico, hábito que perduraria ainda pelas diversas novas tripulações que viriam a seguir, chegando aos tempos atuais, em que a tecnologia é acessível a todos do mundo real.

8. Reconhecimento Facial (Minority Report: A Nova Lei — 2002)

Escanear o rosto como forma de comprovar a identidade, isso já era possível no filme futurista Minority Report, de 2002, ao apresentar como seria o mundo 52 anos depois. Hoje em dia, através de um software, uma câmera escanea a face de uma pessoa, usando a imagem como uma assinatura eletrônica, assim como é feito com a biometria digital, evitando assim fraudes de terceiros. Além disso, esse reconhecimento facial está presente em bancos digitais, filtros de redes sociais, desbloqueio de tela de smartphones, entre outros.

9. Assistente de voz: Alexa/ Siri (Inspetor Bugiganga — 1983)

Mais um desenho animado que foi capaz de prever a tecnologia do futuro; em Inspetor Bugiganga também nos foi apresentado diversos dispositivos eletrônicos e um deles foi o assistente de voz. Hoje em dia, temos alguns disponíveis no mercado, como Siri, Google Assistente, Cortana e Alexa. Todos capazes de facilitar nossas vidas ao buscar com rapidez alguma informação com o máximo de precisão.

10. Wireless/Wi-Fi (Inspetor Bugiganga — 1983)

Você consegue se imaginar sem Wi-Fi? Provavelmente não. Nossa sociedade moderna se tornou dependente da internet em tão pouco tempo, a ponto de qualquer pane no sistema nos deixar sem saber o que fazer com nossas vidas. Mais um dos dispositivos do Inspetor Bugiganga e que muitos mal notaram, foi a presença do wireless (comunicação sem fio). Em um de seus episódios, é possível ver a Penny com um livro — que seria o precursor dos notebooks — com capacidade wireless, e com isso, conseguia acessar sistemas de computador com um simples comando de voz.

Será que os escritores já sabiam como seriam as tecnologias de hoje em dia ou as empresas de inteligência artificial se esforçaram para reproduzir todos esses objetos após verem nas telinhas? Deixe a sua opinião nos comentários!

Compartilhar este artigo