Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

O que revisar antes de alugar um imóvel

----
27k

Vamos combinar: é fácil se enganar na hora de alugar um imóvel. Principalmente para quem nunca passou por esse processo. Detalhes importantes podem passar despercebidos e, só quando trazemos a mudança é que nos damos conta dos problemas. Para ajudar quem está procurando uma casa para alugar pela primeira vez, fizemos uma lista de detalhes em que é sempre bom prestar atenção antes de assinar um contrato.

1. Revisar a quantidade de tomadas

(e o formato delas)

Preste atenção nas tomadas, elas devem estar em todos os cômodos. Caso contrário, em pouco tempo você terá que quebrar várias paredes para poder usar um eletrodoméstico. Ou fazer alguma gambiarra elétrica.

Além disso, comprove que elas não têm falhas. Ligue o microondas e o aspirador de pó ao mesmo tempo e veja se não há algum tipo de sobrecarga.

Por último, verifique o padrão das tomadas, se são de dois ou três pinos. Isso pode evitar transtornos no futuro.

2. Descobrir se é possível conectar a internet e a televisão

Poucas pessoas poderiam durar muito tempo em uma casa sem Internet. Outras, precisam de televisão. Descubra antecipadamente se é possível contratar estes serviços sem problemas com os inquilinos anteriores ou com os futuros vizinhos.

3. Revisar se há manchas de umidade

Manchas podem indicar vazamentos que, por sua vez, podem ser disfarçados com uma mão de tinta. Fique atento. Sendo assim, revise manchas escuras nas paredes. Em geral, elas aparecem nos banheiros e na cozinha e ao lado das janelas.

4. Verificar os medidores

Muitas vezes, o proprietário tenta dar o truque e o inquilino acaba tendo que pagar contas adicionais. Verifique como estão os medidores e controle o seu consumo.

5. Vaga de garagem

Se você tiver um carro, é bom comprovar onde poderá estacioná-lo. Se não houver garagem, verifique a possibilidade de estacionar em algum local próximo e, se for o caso, negocie com o proprietário. Dê uma volta pelo bairro e veja se há estacionamentos na região ou se você pode parar o carro em frente à casa. Se houver vaga, observe se é bem localizada ou se precisará fazer milhares de manobras para entrar e sair todos os dias.

6. Dar uma olhada pela janela

Não estamos falando da vista, mas da presença de letreiros luminosos ou um prédio na frente da janela. Luz na hora de dormir pode ser motivo de insônia. Muito barulho também pode ser um problema grande. Se for possível, passe na região à noite para verificar qual o nível do barulho.

7. Comprovar se o inquilino anterior tinha bicho de estimação

Esta regra é importante para quem é alérgico a pelo de animais. Para que isso não seja um problema, olhe se há muito pelo no local.

8. Faça um teste para verificar se as janelas e as portas abrem e fecham corretamente

Se você não gosta de ficar se preocupando com os seus pertences, comprove se as portas e as janelas abrem e fecham corretamente. Além disso, uma janela que não abre pode ser um grande problema para uma pessoa calorenta.

9. Fazer um inventário do que há na casa

Se você alugar a casa mobiliada, faça uma lista detalhada de coisas junto com o proprietário. Coloque a lista no contrato. Além disso, anote que objetos apresentam defeitos para que você não seja culpado de algo que não fez. As imobiliárias mais sérias costumam fazer esse tipo de inventário junto com o interessado em alugar o imóvel. Se alugar direto com o proprietário, fique atento a esse detalhe.

10. Descobrir se a casa (ou o apartamento) está à venda

Alguns proprietários omitem este detalhe. Claro que um contrato te protege de ser despejado pelo novo proprietário, mas ainda assim é importante saber para não precisar ter surpresas desagradáveis.

11. Saber o que pode acontecer se algo quebra

Coloque no contrato quem pagaria se alguma coisa quebrasse por acidente. O proprietário está disposto a cobrir estes gastos e descontar do aluguel?

12. O proprietário pretende revisar o imóvel? A cada quanto tempo?

Não se esqueça de perguntar ao proprietário a cada quanto tempo ele pretende visitar o imóvel. Saber como está o imóvel é algo que acontece com frequência, mas alguns proprietários passam dos limites. O ideal é entrar em um acordo e estipular quando as visitar irão ocorrer. A legislação protege desse tipo de problema, mas o que combinado é mais fácil de ser cumprido.

13. Colocar os seus limites

É uma dica simples, mas não custa lembrar: fique atento aos prazos estabelecidos no contrato para que o aluguel seja reajustado e quais os índices de correção serão usados. No Brasil, o mais comum nos contratos é que os reajustes sejam anuais e o índice usado seja o IGP-M. Se o contrato não for nesses padrões, avalie o motivo e fique atento.

14. Limpeza do imóvel e do prédio

Ao entrar em uma casa desorganizada e suja, não tenha pressa na hora de assinar o contrato. É muito provável que mais aspectos desagradáveis se escondam atrás da desordem. Talvez você possa pedir ao proprietário que ele limpe a casa antes. Mas esteja preparado, ele pode se negar a fazê-lo e afirmar que tem mais pessoas na fila, prontas para alugar. Também fique atento à limpeza do prédio, em si: hall de entrada, portaria, salão de festas, se houver. Isso diz muito a respeito do prédio e de seus futuros vizinhos.

Portanto, este e todos os outros detalhes devem ser considerados. Não alugue uma casa ou um apartamento na pressa, as consequências podem ser muito ruins.

Tradução e adaptação Incrível.club
Imagem de capa depositphotos.com
----
27k