Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Conheça a técnica do círculo cromático para nunca mais errar ao combinar sua roupa

Às vezes, quando começamos a nos preparar para um dia de trabalho, um evento ou uma data especial, uma das coisas mais complexas é decidir qual roupa usar e como devemos combiná-la. No entanto, fazer uma aparição radiante pode ser fácil se você seguir algumas regras e dicas. Com um bom olho e conhecimento básico de cores, fica bem mais fácil criar looks que atraem a atenção e uma das coisas que pode ajudar muito é saber como usar o círculo cromático.

Incrível.club quer que você sempre mostre o seu melhor, e é por isso que compilamos alguns truques que serão bastante úteis nessa tarefa.

O círculo como aliado

O círculo cromático é uma representação gráfica das cores organizadas de acordo com sua posição no espectro da luz. A identificação de combinações adequadas pode ser realmente útil. Portanto, se você começar do vermelho até o azul, por exemplo, terá todos os tons que estão entre eles, com o violeta exatamente no ponto médio.

Para iniciar, é importante levar em consideração que as cores são divididas em três grupos:

  • Primárias: amarelo, vermelho e azul. São essenciais e não podem ser obtidas a partir da combinação de outras;

  • Secundárias: laranja, verde e violeta. É possível obtê-las a partir de uma mistura de duas primárias em partes iguais;

  • Terciárias: são obtidas combinando proporcionalmente uma cor primária e uma secundária. As combinações são infinitas, embora existam seis predominantes, chamadas cores intermediárias: vermelho-alaranjado, vermelho-arroxeado, amarelo-alaranjado, amarelo-esverdeado, azul-arroxeado e azul-esverdeado.

Considere o contraste da sua roupa

Outro aspecto importante é o contraste existente entre as peças da sua roupa, ou seja, a diferença entre a luminosidade e a escuridão. É importante também estar atento ao contraste de cores. Por exemplo, um baixo contraste de cores transmite seriedade e sobriedade, associado a poder e autoridade, como Leonardo DiCaprio em sua interpretação no filme O Grande Gatsby; enquanto um alto contraste adiciona um toque mais criativo a uma roupa, tornando-a mais visível e divertida. No entanto, quanto mais cores forem adicionadas a uma roupa, a tendência é que ela pareça menos profissional.

Preto e branco são uma ótima solução

Falando em valores, as duas cores mais importantes e que nunca falham na escolha de uma roupa são preto e branco. Tecnicamente, a primeira não é uma cor, mas a ausência de luz. No entanto, ela nunca sai de moda e serve de base para montar qualquer combinação, incluindo acessórios. Isso a tornou uma das tonalidades essenciais e centrais no armário de muitas pessoas. Embora possa transmitir rigidez e severidade, também pode ser acolhedora.

Por outro lado, o branco está associado à pureza e inocência. Psicologicamente, pode ser interpretado como um novo começo, como uma tela em branco pronta para que seja iniciada uma obra. É por isso que pode ser visto em vestidos de noiva ou em uniformes de médicos, por exemplo. Usar muito branco em sua roupa poderia fazer referência a sentimentos de vazio ou isolamento, mas pode ser útil ao montar um look, pois destaca qualquer outra cor com a qual é combinada. Usando os dois tons, é possível obter outfits para todos os tipos de eventos.

Frio ou quente?

O último aspecto essencial a considerar ao combinar uma roupa é o calor da cor. Esse é um aspecto mais psicológico do que físico e refere-se ao grau de calor que os tons transmitem. Cores frias são aquelas na escala de azul, verde e violeta. São frequentemente vistas nos meses de inverno e estão associadas a baixas temperaturas. No entanto, elas refletem serenidade e profissionalismo, e por isso são boas opções para serem usadas ​​em ocasiões de trabalho.

As cores quentes estão entre vermelho, amarelo, laranja, marrom e dourado. São comuns durante os meses de verão e estão associadas à paixão, avidez e energia, por isso, pode ser bom usá-las quando for necessário transmitir dinamismo e proatividade. Fato que também faz com que seja comum ver apresentadores de programas matinais vestindo essas tonalidades. Diz-se que quanto mais vermelho uma cor tiver em sua composição, mais quente será.

Os três métodos para usar o círculo corretamente:

Use cores opostas ou complementares

Uma das maneiras mais eficazes é a da oposição ou do contraste. E a combinação é obtida observando a cor primária da peça de roupa que você deseja usar, e escolhendo outra peça que tenha uma tonalidade diametralmente oposta à da principal.

Tomando o exemplo acima, Zendaya usou um vestido muito elegante e moderno, com as cores violeta e amarelo. Se você olhar para o círculo de cores, poderá ver que os dois tons estão em lados opostos.

Portanto, se você tiver alguma roupa verde, sua cor complementar será vermelha. Provavelmente tenha sido dessa forma que o Natal teve sua combinação alegre e festiva, mas as misturas não se limitam às cores primárias. Nesse outro exemplo, estrelado por Hailee Steinfeld, é possível ver um vestido que mistura as cores laranja e azul-marinho, ambas complementares.

Podemos perceber as cores que se complementam como muito agradáveis ​​ou dinâmicas por causa das células fotorreceptoras encontradas nos olhos. Por exemplo, se por alguns segundos você olhar para uma folha azul e logo depois para uma superfície branca, é provável que consiga perceber uma tonalidade laranja. O que você verá será o espectro da luz branca, com um pouco de azul, mas seu cérebro a processará como laranja.

Misture cores próximas ou por correspondência análoga

A segunda maneira de usar o círculo de cores com suas roupas é por meio de tonalidades próximas. Por exemplo: Na imagem acima, temos Taylor Swift, que deslumbrou a todos com uma roupa vermelha e rosa, ambos tons intensos. Aqui, o design foi construído em blocos, o que significa que as peças eram de cores sólidas e separadas umas das outras, o que fez o look ficar impressionante e chamativo.

Nesse outro exemplo, é possível ver a combinação de tons de verde e amarelo. A cantora Lady Gaga usou uma roupa composta por um vestido com estampas em limão e verde-claro e com alguns detalhes em amarelo. Para complementar o outfit, ela usou uma camisa xadrez verde-oliva de manga comprida.

Ao contrário do primeiro exemplo, aqui está um jogo que envolve padrões, em vez de variação de cores. O importante é sempre pegar um elemento (seja forma, tamanho ou estilo) para fazer a diferença entre as roupas.

Escolha cores equidistantes e faça uma combinação triádica

A última técnica é bastante útil para quando você deseja combinar mais de duas cores e peças de roupa. Para isso, é oportuno usar uma combinação triádica, que consiste em imaginar um triângulo cujo ponto de partida é a cor base (por exemplo, azul) e cujos vértices são os outros dois tons (no nosso exemplo, vermelho e amarelo). Na imagem, a empresária e cantora Victoria Beckham veste uma roupa casual composta por uma blusa azul-clara e calça vermelha que, de acordo com a regra, são complementadas por um acessório ou complemento amarelo (nesse caso, o relógio).

As combinações em tríades permitem experimentar de uma maneira mais interessante, especialmente se você tiver acessórios como bolsas, brincos ou, no caso de Cheryl Cole na imagem, um cinto. Esse é um exemplo semelhante ao de Taylor Swift, o que muda apenas é que, em vez de o elemento divisor ser a própria pele, é um acessório. Se dermos uma olhada no círculo de cores, podemos notar que as três cores que compõem a roupa da cantora são trianguladas dentro da figura (violeta, turquesa e laranja).

Portanto, essas seriam as maneiras mais simples de combinar roupas e cores de maneira harmoniosa e atraente. Você só precisa lembrar: oposto ou complementar, por proximidade ou por tríade. E, se tudo mais falhar, o preto e o branco são os melhores aliados, mas o importante é não querer combinar muitos tons ao mesmo tempo.

Agora sim, abra seu armário e comece a tentar combinações até conseguir as que mais lhe agradam ou favoreçam. Qual é o seu conselho para montar o melhor outfit?