Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Hábitos e características dos multimilionários que podem ser cruciais para construir uma fortuna

Uma pesquisa recente revelou que não é necessário ter uma inteligência afiada para poder tornar-se rico, assim como a capacidade de fazer muito dinheiro não depende diretamente do intelecto. No entanto, os futuros milionários têm certas características psicológicas em comum — qualquer pessoa bastante focada em seus objetivos e com um toque de egoísmo a mais tem uma chance maior de ter uma conta bancária recheada.

Incrível.club tentou descobrir quais são os hábitos e costumes dos multimilionários que os ajudaram a construir suas fortunas, e está pronto para compartilhar esses segredos com você. Acompanhe!

1. Acima de tudo, pensam em si mesmos

O pesquisador alemão Rainer Zitelmann decidiu esclarecer quais são as características mais comuns entre os super-ricos. E, aparentemente, os donos de multinacionais, de editoras e de frotas de navios têm algo em comum.

As pessoas ricas são moralmente estáveis: as emoções não influenciam em suas decisões — eles apenas fazem cálculos “frios” para resolver qualquer problema. Além disso, os milionários adoram interagir e se comunicar com outras pessoas, e são persistentes em alcançar seus objetivos. Mas existe um ponto negativo: todos os ricos são bastante egoístas. Eles pensam, acima de tudo, no lucro e bem-estar de seus negócios.

Por exemplo, a herdeira do império L’Oreal, Françoise Bettencourt, processou sua mãe por causa de dinheiro. Françoise acusou sua mãe de estar sob a influência de pessoas mal-intencionadas, que queriam influenciar e tomar para si o dinheiro dela. Apesar disso, mãe e filha acabaram se reconciliando depois e Françoise acabou herdando todos os milhões da família por testamento.

2. Não escutam seus pais ou seus professores

Os bilionários conseguiram construir suas fortunas graças a uma característica que tanto seus pais quanto seus professores odeiam — a desobediência. Desde a infância essas pessoas tendem a testar os limites do permitido e a quebrar todas as regras possíveis. No entanto, futuros criminosos também tendem a apresentar essas características.

Porém, a diferença está em quando parar: enquanto os futuros ricos sabem a hora certa, os bandidos, não. Mas, apesar disso, uma autoconfiança excessiva já foi a responsável pela morte de diversos bilionários. Portanto, se você tem essas características e planeja construir sua fortuna, melhor não hesitar em pedir conselhos para as pessoas de sua confiança. Concorda?

3. Não ficam apenas deitados no sofá em seu tempo livre

Enquanto as pessoas comuns precisam fazer algumas tarefas domésticas, como limpar a casa ou cozinhar, os ricos se veem livres delas. No entanto, eles não gastam todo o seu tempo livre se divertindo, mas estudando ou realizando atividades para seu autodesenvolvimento.

Os milionários leem, no mínimo, 5 horas e meia por semana, e passam 2 horas na academia (nós, pessoas comuns que “vivemos de salário em salário” dedicamos, em média, metade desse tempo a essas atividades). Mas, apesar de todos os seus milhões, os ricos trabalham, geralmente, 6 horas a mais do que os trabalhadores comuns e ainda tendem a dormir menos.

4. Não passam horas navegando nas redes sociais

As redes sociais são um dos principais vilões de nosso tempo livre, pois gastamos horas apenas mexendo nelas quando poderíamos gastá-las de uma maneira mais proveitosa. E é exatamente isso o que os ricos fazem. Segundo as contas da autora do livro O Milionário Mora ao Lado  Os Surpreendentes Segredos dos Ricaços Americanos, Sarah Fallaw, os milionários passam apenas algumas horas por semana navegando nas redes sociais, enquanto as pessoas de classe média gastam, em geral, 14 horas por semana.

5. Amam fazer dinheiro, mas odeiam gastá-lo

A grande diferença entre os representantes da classe média e os ricos de verdade está em como eles respondem a simples pergunta: “O que você mais gosta de fazer — multiplicar seu dinheiro ou gastá-lo?”

Enquanto as pessoas de classe média amam ir às compras, a verdadeira paixão dos milionários é encontrar novas formas de fazer dinheiro. Fora isso, as pessoas extremamente ricas, geralmente, vivem de maneira bastante modesta: eles não fazem assentos de ouro para suas privadas ou compram coleiras de diamantes para seus cachorros.

6. Casam-se cedo e têm muitos filhos

Você é casado ou noivo? Tem filhos? Se sim, então, provavelmente, você tem chances de se tornar um milionário. Segundo estatísticas, as pessoas mais ricas do planeta casaram-se cedo ou vivem em um relacionamento longo, e têm três ou mais crianças.

É improvável que o fato de ter uma família grande por si só garanta os milhões. Mas uma coisa é certa: o apoio moral e psicológico da família ajuda os empresários a lidar com o estresse e serve como uma distração para o mundo do trabalho.

7. Trabalham em vez de ir a festas

Ao contrário do que todo mundo pensa, a vida do rico de verdade é bastante chata. Essas pessoas, que, de fato, governam nosso mundo, normalmente levam uma vida modesta. Assim, a principal regra dos milionários é: eles podem ter tudo que precisam, mas não tudo que desejam. Para fazer dinheiro e, consequentemente, acumulá-lo, é necessário desistir das festas por um tempo e trabalhar duro todo dia.

8. Não se importam muito com a aparência

Os milionários de verdade não se parecem com o protagonista do filme “Cinquenta Tons de Cinza”: eles não têm, em geral, corpos sarados e a barba perfeitamente aparada. A idade média das pessoas mais ricas do planeta está entre 50-70 anos. Fora isso, 40% delas usam óculos e podem se orgulhar de serem carecas.

A sociedade dos milionários é até hoje predominantemente masculina. Em 2018, havia no planeta 2.604 pessoas extremamente ricas, com fortunas superiores a 1 trilhão de dólares (4 trilhões de reais), e apenas 300 delas eram mulheres.

9. Não fazem amizade com uma pessoa apenas por ela ser boa

Um experimento deixou claro que os ricos escolhem seus amigos de uma maneira diferente de nós, meros mortais. Quando fazemos novos amigos, somos guiados pela semelhança de interesses, senso de humor ou bondade da outra pessoa, e muitas vezes até fazemos amigos intuitivamente. Já os ricos envolvem toda uma matemática quando o quesito é fazer amizade: eles planejam de quem devem se aproximar e quem devem colocar em sua “lista negra”.

As pessoas bem-sucedidas preferem ter amigos otimistas, com mente aberta e positivos. Credibilidade e honestidade também podem ser um passe para ganhar a amizade de um milionário. Os amigos “certos” podem impulsionar uma pessoa e, literalmente, ajudar a criar seu sucesso.

Talvez não seja tão fácil assim ser muito rico. Mas, honestamente, ninguém abriria mão de ter alguns milhões na conta. Você alguma vez já pensou como gastaria seu dinheiro caso tivesse uma fortuna em sua conta bancária? Compraria uma ilha paradisíaca ou investiria em seu negócio para poder fazer mais dinheiro? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo