8 Erros que alguns donos de apartamentos pequenos cometem ao tentar torná-los aconchegantes

Quanto menor a área do apartamento, mais difícil é para decorá-lo. Qualquer decisão de decoração aparentemente inofensiva (como colocar um tapete ao lado da cama ou uma mesa de centro na frente do sofá) pode acabar transformando um “ap” minúsculo em algo mais parecido com um cômodo bagunçado ou enfatizar ainda mais o tamanho modesto do espaço.

Incrível.club analisou dicas de design para decorar lares com pouco espaço e agora conhece quais erros os donos de pequenos apartamentos cometem.

1. Tapete pequeno

Um tapete pequeno reduz visualmente o ambiente, enquanto um grande aumenta. Por exemplo, se apenas uma mesa de centro couber no carpete, sua área se torna visualmente muito pequena. Já se a mesinha, a borda do sofá e as pernas dianteiras de uma poltrona couberem, então a composição fica perfeita.

Além de expandir visualmente o espaço em um pequeno apartamento, os tapetes podem dividir o ambiente. Caso não queira colocar biombos ou armários altos no meio de um cômodo para, por exemplo, separar o espaço de dormir das áreas de trabalho ou lazer, você pode tentar fazer isso justamente com um tapete.

2. Iluminação insuficiente

Uma única fonte de luz (geralmente um lustre no centro do teto com várias lâmpadas pequenas combinadas em um grupo) não é suficiente para um apartamento pequeno. Para fazer com que o ambiente pareça maior, todos os cantos escuros devem ser destacados e, para isso, é necessária uma iluminação especial.

A iluminação também deve ser disposta de acordo com suas necessidades. Se você, por exemplo, tem o costume de costurar no canto direito do ambiente, desenhar no outro lado e ler um livro no centro, precisará de pelo menos três fontes de luz. Seria sensato pensar nesse detalhe essencial ainda na fase de planejamento da reforma, já que as luminárias de piso ou de mesa devem ser evitadas em um apartamento pequeno, pois reduzem ainda mais o espaço. Iluminação de parede ou teto são ideais.

3. Organização horizontal do espaço

Quanto menor o ambiente, mais “vertical” deve ser sua organização. O ideal é que haja, no cômodo, apenas alguns móveis grandes orientados horizontalmente (como um sofá ou uma cama). O resto da mobília deve ser escolhido em um formato alongado e alto.

Em vez de cortinas curtas, por exemplo, deve-se dar preferência às compridas que vão até o chão. Também vale a pena prestar atenção na cor das cortinas: os designers sugerem escolher um tom que combine com as paredes. O objetivo é que as cortinas e as paredes se misturem e pareçam uma coisa só. Dessa forma, o apartamento pode parecer mais elegante e sofisticado.

O mesmo se aplica às plantas de interior: os vasos planos e quadrados devem ser abandonados em favor dos altos.

4. Móveis feitos de materiais “pesados”

Nada amplia o espaço como móveis de vidro ou qualquer outro material transparente. Você também pode optar por superfícies reflexivas, criando a ilusão de vários espelhos, o que também funcionará a seu favor. As prateleiras abertas têm o mesmo efeito. Contudo, só funcionarão se houver espaços vazios entre os itens nas prateleiras. Caso contrário, a sensação de leveza também desaparecerá. Entre os materiais escuros e claros, deve-se dar preferência, claro, aos tons mais claros.

5. Parede e teto de mesma cor

Sinta-se à vontade para experimentar cores e estampas. Uma excelente opção para um apartamento pequeno são as listras verticais que aumentam visualmente a altura das paredes. Aliás, o mesmo efeito é obtido se o teto tiver um tom um pouco mais claro que as paredes. Caso queira usar detalhes em tonalidades escuras, tente posicioná-los mais perto do chão ou, ao menos, abaixo do nível dos olhos.

6. Móveis sem pés

Mobílias com pés altos criam um efeito ’flutuante’, porque você pode ver o chão e sentir que os móveis não estão totalmente encostados nele. Isso dá a impressão de que o ambiente é maior do que realmente é.

7. Espelhos pequenos

Se o seu hall de entrada parece um corredor estreito, você pode pendurar um grande espelho em uma das paredes. Assim, o ambiente se transformará instantaneamente e parecerá maior. Ao escolher um espelho para o cômodo principal, você deve se lembrar de uma regra simples: pendure-o na parede oposta à janela. A lógica é a de que o espelho reflita a luz que entra pela janela.

Ao escolher o tamanho, não tenha medo de colocar espelhos que cubram boa parte da parede. Na frente deles, você pode colocar uma pequena cômoda ou uma poltrona. Isso funcionará como se houvesse uma entrada para algum outro cômodo atrás da mobília. Além disso, deixará o espaço muito elegante.

8. TV instalada em nível baixo

Quando se trata de um apartamento tipo estúdio, a TV deve ser instalada bem acima do nível dos olhos. O ideal é que seja pendurada na parede. Quando a televisão está no alto, é preciso inclinar um pouco a cabeça para trás para poder assistir, e isso causa a sensação de que as paredes do ambiente são mais altas do que são na realidade. Além disso, haverá bastante espaço sob a TV para que você possa colocar algo lá.

E você, mora em um lar com pouco espaço? Usa alguma dessas técnicas para expandi-lo visualmente? Conte nos comentários.

Compartilhar este artigo