7 Truques usados por ladrões em 2021 e como se proteger deles

Como os atuais sistemas de segurança são cada vez mais eficientes, meliantes se veem obrigados a ser mais criativos em seus golpes. De peças de roupa em cima do para-brisa do seu carro a pedidos para que você segure um bebê, criminosos sempre conseguem encontrar formas de chamar atenção das vítimas e se aproveitar delas. Por isso, para que você seja capaz de identificar estratégias mal-intencionadas, é preciso pensar como os golpistas e se proteger deles.

Nós, do Incrível.club, reunimos dicas que você pode colocar em prática para identificar intenções criminosas e se manter a salvo.

1. Câmera do celular quebrada

Alguns ladrões usam apenas um celular como estratégia para se aproximar de potenciais vítimas. Eles se aproximam de você, entregam o celular e pedem que tire uma foto deles. Entretanto, ao tentar tirar a foto, você percebe que a câmera do telefone está quebrada. E quando você devolve o aparelho, é que os problemas começam.

Você nota que a reação do meliante começa a mudar e que a pessoa passa a adotar um tom agressivo, te culpando pela câmera quebrada. E aí o golpista começa a pedir dinheiro por você ter, supostamente, quebrado a câmera. Como situações assim podem facilmente nos desestabilizar e criar momentos de insegurança, é sempre bom ser seletivo na hora de escolher para quem tirar uma foto.

2. Imitar um policial

Esse esquema é muito comum e torna fácil para o ladrão a tarefa de fazer de você uma vítima. Para começar, quando eles agem como se fossem policiais, fazem de tudo para arrancar suas informações pessoais e até mesmo a respeito de sua vida financeira. E como, aos seus olhos, o ladrão é um “policial”, é possível que você se sinta compelido a informar seus dados.

Outro objetivo de um meliante ao usar um disfarce de policial é verificar sua carteira para checar quanto dinheiro você tem. Além disso, se criminosos vestidos como autoridades de segurança baterem à sua porta, é possível que você os deixe entrar, dando a eles a chance de roubar seus pertences. Por isso tudo, caso um policial se aproxime de você, o ideal é pedir que se identifique antes de responder qualquer pergunta e fornecer suas informações.

3. Segurar o bebê para alguém

Caso algum desconhecido peça que você segure um bebê, simplesmente desvie e deixe o local imediatamente. Isso porque quando você pega a criança no colo (seja pelo bebê parecer estar prestes a cair ou para atender ao pedido direto da pessoa), existe uma chance de acabar sendo vítima de trombadinhas.

O crime pode ser cometido pela pessoa que entregou o bebê ou por um comparsa que está nas proximidades sem que você nem sequer perceba. A única forma de evitar cair em armadilhas assim é observar atentamente o ambiente e a situação.

4. Cardápios de delivery

Apesar de a estratégia parecer simples e ineficiente, a verdade é que criminosos realmente usam cardápios de delivery para roubar. Eles escolhem algumas casas e deixam os menus na porta de entrada. Assim, caso os folhetos não sejam apanhados, os meliantes entenderão que os moradores estão provavelmente viajando, fazendo daquele imóvel um alvo fácil. Logo, na próxima vez em que encontrar cardápios em sua porta, jogue-os fora e não os deixe largados na frente de casa.

Além desse truque, os meliantes podem também deixar lixo na frente da casa das potenciais vítimas. Depois de algum tempo, eles voltam para ver se os itens foram retirados. Geralmente, os mal-intencionados largam latas amassadas diante da residência.

5. Roupas no para-brisa

Mais recentemente, diversas pessoas têm encontrado peças de roupa, como camisas, largadas no para-brisa ou presas nos limpadores do vidro. Caso se veja em tal situação, não retire a peça de roupa. Em vez disso, dirija com cuidado observando bem os arredores, e encontre um local seguro para retirar a roupa dali e seguir seu caminho sem correr riscos.

Vários ladrões recorrem a esse método para distrair as vítimas, já que a tendência é que elas queiram retirar a peça de roupa de cima do carro. É nessa hora que os criminosos atacam para roubar os pertences de valor. Geralmente, isso acontece em estacionamentos e garagens com pouca iluminação.

6. Aparelho estranho no carro

Esse golpe envolve uma nova geração de rastreadores por GPS, que são colocados nos carros pelos criminosos. Na verdade, no passado esse tipo de rastreador era usado pela polícia para seguir o trajeto de criminosos, só que hoje eles podem ser comprados facilmente na internet. E esse tipo de aparelho é conhecido por ser fixado no veículo por meio de ímãs. Eles podem até ser presos ao carro em movimento em uma rodovia, por exemplo.

Os meliantes podem usar tais rastreadores para acompanhar a localização da vítima, conferir onde ela está (em casa, no trabalho), e planejar a ação criminosa com base nessas informações. Por isso, o ideal é checar seu carro em busca de rastreadores, e se encontrar um deles, chamar a polícia para que as autoridades tentem encontrar detalhes envolvendo o responsável pela colocação do aparelho.

7. Mudar o endereço de correspondência

Quando precisamos mudar o endereço de correspondência, isso é geralmente feito pelo correio, e é assim que golpistas têm a chance de obter informações que podem ser usadas contra nós em potenciais condutas criminosas.

Se você recebe cartões de crédito ou faturas pelo correio, fique atento caso eles, repentinamente, parem de chegar. Em casos assim, entre em contato com as empresas responsáveis para conferir o que pode estar acontecendo.

Você já foi vítima de estratégias colocadas em prática por criminosos? Que dicas daria para que outros leitores também possam se proteger contra meliantes? Comente!

Compartilhar este artigo