Incrível

23 Truques psicológicos para ajudar no dia a dia

Segundo estudos do cientista neurobiólogo americano Benjamin Libet, nosso livre-arbítrio pode ser só uma ilusão. Seus experimentos demonstraram que nós tomamos decisões antes mesmo de nos dar conta delas. Ou seja, em nossa cabeça a decisão já está tomada antes que nós, conscientemente, decidamos tomá-la. E para explorar mais ainda os fenômenos ocultos de nossa psique, analisamos alguns relatos de usuários do Reddit com algumas dicas e truques psicológicos.

Nós, do Incrível.club, lemos todos os comentários dos internautas e queremos compartilhar com você os mais interessantes e inacreditáveis. Confira!

  • Se você está conversando com alguém e durante a conversa dá algo para a pessoa segurar, na maioria das vezes ela irá pegar o objeto automaticamente, independentemente do que seja. Não sei como se chama esse fenômeno, mas tendo conhecimento de como ele funciona, é possível até fazer uma pegadinha com alguém. © lasteclipse
  • Eu faço o contrário. Meu namorado não gosta de dividir doces comigo, mas se ele começa a se envolver em uma conversa com alguém, então eu consigo pegar o doce diretamente de suas mãos e comê-lo bem na sua frente. E quando a conversa acaba, ele não tem a menor ideia de onde foi parar a guloseima. © sincerelystan

  • Caso alguém tenha um ataque de pânico ou uma crise nervosa, começe a respitar bem alto e regularmente. Talvez a pessoa nem perceba, mas ela vai começar a respirar no memso ritmo que você. No pronto-socorro os enfermeiros praticam essa técnica com pacientes que não conseguem se controlar por causa do pânico ou nervosismo. © hell00zz

  • Se você quer se lembrar depois de alguma coisa específica, pense nela enquanto está fazendo algo incomum. Isso vai fazer com que essa ação se conecte em sua memória com o que se quer lembrar e vai funcionar como um gatilho. Por exemplo, se preciso tirar o lixo antes de dormir, coloco meu travesseiro no chão perto da cama, e assim quando vê-lo à noite vou lembrar de retirar o lixo. © Being_grateful

23 Truques psicológicos para ajudar no dia a dia
  • Quando você se encontrar em uma conversa com alguém que claramente estiver tentando te enganar ou manipular, olhe para a testa da pessoa, focando bem no meio dela e um pouco acima da linha dos olhos. Isso faz com que ela fique desconcertada, e seja muito mais difícil mentir para você. © King_Kongs_Left_Nut

  • A irracionalidade das pessoas em tomar decisões simples é interessante. Você vai em uma loja e gosta de uma calça que custa 100 reais. Mais tarde compara os preços na Internet, e percebe que há a mesma calça por 60 reais em uma loja 15 minutos mais longe da primeira. Você iria na loja mais distante para comprá-la? A maioria das pessoas diria que sim. Mas agora imagine que você viu uma geladeira em uma loja por 2.440 reais e encontra o mesmo eletrodoméstico custando 2.400 reais em uma loja 15 minutos mais distante. Você iria comprar na loja mais longe, sendo lá mais barato? A maioria das pessoas diria que não. Quando perguntadas porque iriam mais longe para comprar uma calça e não para comprar uma geladeira, as pessoas argumentam que o que importa é a diferença de preço relativa dos produtos entre as duas lojas, e isso é um comportamento irracional. Mas o que realmente deveria importar para uma pessoal racional é que são 40 reais a menos. © fuckgoldsendbitcoin

  • É possível, literalmente, “se limpar” da culpa. Depois de lavar as mãos ou tomar um banho as pessoas se sentem menos culpadas. Um estudo demonstrou que até observar outra pessoa lavando as mãos diminui a sensação de culpa de quem as observa. © webhead19

  • A lei de Murphy diz que a melhor forma de descobrir algo na Internet não é fazendo perguntas, mas publicando uma informação errada e deixando que as pessoas venham corrigir. © explodingpineapple64
  • Nossa turma repetiu um experimento em que metade do grupo segura um lápis em seus dentes e a outra metade entre seu lábio superior e o nariz. E, dessa forma, começamos a avaliar alguns quadrinhos de comédia. Para aqueles que utilizavam os músculos da face relacionados com o sorriso (lápis preso nos dentes), os quadrinhos eram subjetivamente mais engraçados do que para os outros, que seguravam o lapis com uma aparência mais séria. A escolha entre sorrir e aparentar triste pode influenciar em nossos sentimentos e percepções. © Tinfed47
  • Se alguém estiver o incomodando no trabalho e não perceber seus sinais de que você quer apenas trabalhar em paz, imprima algo e peça que essa pessoa o acompanhe até a impressora. Após retirar a impressão, retorne para a mesa da pessoa, ao invés de retornar imediatamente para a sua. Geralmente, o colega se sentará sem perceber o que aconteceu. © CouleursCPA
  • Quando você está conversando e a outra pessoa lhe conta algo, faça pelo menos uma pergunta para ela antes de mudar de assunto. Assim você demonstra que a escutou e que a pessoa é interessante, fazendo com que ela também se sinta importante. Odeio quando as pessoas só ficam caladas esperando sua vez de falar ou mudam de assunto completamente. © newspapey
  • Trabalho em uma creche com crianças de 3 a 4 anos. Às vezes, acontece de uma delas se machucar nos dedos, por exemplo, e mesmo sendo um machucado mínimo e sem sangue, ela chora como se o mundo estivesse acabando. Eu, então, pergunto se ela quer colocar um curativo na “ferida” e a levo para a enfermaria. Faço o curativo e pergunto se está se sentindo melhor, ela ri e responde que já nem sente mais dor. Já fiz isso muitas vezes e funciona sempre. © desireeevergreen
23 Truques psicológicos para ajudar no dia a dia
  • Se alguém ronca enquanto você está tentando dormir, mas você não quer acordá-lo, faça um barulho em algum objeto de madeira por perto. Certamente o cérebro “em estado de sono” deles deve pensar que há alguém batendo na porta e para o ronco por pelo menos 5 minutos. Eu faço isso pelo menos 4 vezes durante a noite quando vou visitar minha avó. © Shawzok
  • Eu li que convidar alguém para ir em um encontro em um parque de diversões que tenha montanhas-russas é um bom truque. Se a pessoa gostar de você, então o estado de nervosismo que ela se encontra após andar na montanha-russa pode ser confundido com a sensação de “borboletas no estômago”, deixando-a ainda mais aficionada por você. Mas tenha cuidado: se ela não gostar de você, a sensação após a montanha-russa pode ser interpretada como desgosto, e ela vai passar a querer estar com você menos ainda. © tentativetitle
  • Quando você agradece a alguém pelo seu comportamento em determinada situação, é mais provável que a pessoa continue se comportando assim, mesmo que nunca tenha feito antes. Uma experiência foi realizada em um jardim de infância. Pediram às crianças do grupo 1 para limpar melhor a sala, pois ela estava muito suja. Para o grupo 2, de controle, nada foi pedido. E as crianças do grupo 3 foram elogiadas pelo fato de limparem sua sujeira. Como resultado as crianças do grupo 3 continuaram a limpar muito mais do que as dos outros grupos. © responsibleyreckless
  • Se alguém tentar fazer você tomar uma decisão às pressas, muito provavelmente ele o está oferencendo um mau negócio. Melhor rejeitar. © Marise20
  • Eu sou um cara de estatura mediana, não trabalho com clientes e por isso quase sempre me visto casualmente. Uma vez, voltando de um funeral, entrei em um mercado. Percebi que o vendedor estava agindo estranho comigo: mantinha um contato visual estranhamente longo e me chamava de “senhor”. Depois percebi que isso era porque estava de terno e gravata. Desde então passei a me vestir assim com mais frequência e quase sempre percebo que sou levado mais a sério do que quando estou usando jeans e camiseta. © framptal_tromwibbler
  • Dissonância cognitiva é interessante. Se nossas ações não coincidirem com nossas crenças, desejos, opiniões, etc., então ou mudamos nossas ações ou nossas crenças. De acordo com a lei da atração, se você quer algo, finja que já que o tem. Quando eu era muito tímida e queria fazer amigos e arranjar namorado, eu dizia para mim mesma (como uma crença pessoal): “Eu não sou tímida! As pessoas me adoram! Tenho um monte de amigos!”. Inicialmente essa crença não correspondia às minhas ações, mas depois eu comecei a agir de acordo com ela. Apesar de a lei da atração não ser um fato comprovado, a dissonância cognitiva é. © 4215265

  • Efeito camaleão é a “imitação inconsciente de gestos, comportamentos, expressões faciais e outros sinais comportamentais de uma outra pessoa, de maneira que seu comportamento começa a mudar passivamente e não intencionalmente para se adaptar ao dos outros indivíduos de um círculo social”. Você alguma vez já notou que se coçar o nariz ou cruzar os braços enquanto conversa com alguém a outra pessoa vai fazer o mesmo? Isso é o efeito camaleão. © General_Shou

23 Truques psicológicos para ajudar no dia a dia
  • Se você estiver em uma festa e segurando uma bebida, não a segure na altura dos seios, mas um pouco mais abaixo, entre a cintura e o quadril. Especialistas em linguagem corporal dizem que dessa forma você passa a imagem de confiança e de que está aberta a comunicação, e as pessoas ao redor se sentem mais seguras de ir conversar com você. © QuestioningAccount1
  • A teoria Pavlov. Com prática suficiente, um evento ou objeto podem ocasionar um certo impacto psicológico ou físico sobre nós. Se você mascar um chiclete enquanto se prepara para uma prova e depois mascar um chiclete com o mesmo gosto quando estiver fazendo a prova, você vai se lembrar do que estudou muito mais facilmente, porque o seu cérebro vai conectar o sabor e o processo de mascar com as informações que você aprendeu naquele momento. © __Tired__
  • Efeito nocebo. Na África do Sul havia um grupo de pessoas que sofria de hipersensibilidade eletromagnética devido à instalação de uma nova antena de transmissão na região. As pessoas vivenciaram vários sintomas, como dores de cabeça, náuseas, entre outros, e afirmavam que eles diminuíam quando se afastavam do objeto. Por fim, ao contarem ao juiz tudo isso no tribunal, o dono da antena informou que durante os 6 últimos meses ela esteve desligada. © derf82
  • Todo meu círculo social me considera sociável. Mas a verdade é que sou introvertido e fico ansioso ao sair de casa. O truque que uso quando vou a um evento ou a uma festa é escolher uma pessoa e fazer a ela uma pergunta sobre ela mesma. Pode ser até uma frase simples: “Eu gosto da sua camisa, onde você a comprou?”, e isso funcionará para dar início a uma conversa. As pessoas amam falar de si, então sempre que se sentir perdido, faça uma pergunta a alguém sobre ele mesmo. © michaelad567

Que outros fenômenos psicológicos você conhece? Já utilizou algum desses truque no dia a dia? Conte para a gente na seção de comentários.

Ilustradora Leisan Gabidullina exclusivo para Incrível.club