Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

13 Dicas de vida que poderão te ajudar a sair de situações difíceis

Embora o ser humano possa ser considerado o ápice da evolução, ele ainda é feito de carne e osso. Muitas coisas podem nos afetar: desastres naturais; seres vivos; escolhas erradas. A boa notícia é que, agindo da maneira correta, é possível se safar até mesmo das situações mais críticas. A seguir vamos compartilhar algumas dicas muito valiosas.

Nós, do Incrível.club, esperamos que nossos leitores não precisem arriscar suas vidas, mas, por via das dúvidas, fizemos uma lista com informações muito úteis que podem vir a calhar nos momentos mais difíceis. Confira!

Ataque de abelhas

Caso encontre vespas ou abelhas não agressivas, é aconselhável não fazer movimentos bruscos e sair do local lentamente. Porém, se perturbar um ninho de vespas ou esbarrar em uma colmeia, não adianta ficar parado: isso só as deixará mais irritadas. Corra dali o mais rápido possível e se tranque em algum local fechado. Se não avistar um lugar para se esconder, é preferível correr em linha reta. Esses animais são muito velozes, mas não irão se afastar muito de casa e, por isso, vão acabar desistindo da caçada. A dica é: não corra em direção à água, pois esses insetos não são tontos e vão apenas esperar que você saia de lá.

Trajetória dos tornados

Tornados estão sempre em movimento. Se tiver a impressão de que um deles não está se movendo, então provavelmente está indo em sua direção. Se estivesse indo na direção contrária, iria diminuir de tamanho gradativamente. É preciso se esconder em algum lugar fechado sem janelas, de preferência em porões ou subsolos. Caso não haja nenhum prédio por perto, você pode tentar encontrar algum veículo próximo para sair dali. Carros andam mais rápido que tornados, mas lembre-se de que essa é a última opção, pois não é possível prever a trajetória deles.

Situações de risco em áreas superlotadas

Seja no cinema, na balada ou em um concerto, olhe nos arredores da entrada e procure a saída de emergência. No caso de situações de risco, a multidão sairá pelas portas principais, onde pode haver tumulto e até esmagamento. Sair pela saída de emergência será mais fácil e mais seguro.

Aftas na boca

Se a ferida durar mais de duas semanas, então há chances de que não seja afta, mas um tumor. Se detectado com antecedência, os médicos poderão removê-lo sem graves consequências.

Desabamento de prédio

Se você se encontrar preso debaixo de escombros de um edifício em ruínas, não tente gritar: poderá perder a voz e gastar muita energia. É melhor buscar algum pedaço de entulho ou pedra e bater com isso contra algo duro — de preferência seguindo um certo ritmo. Por exemplo, três batidas — pausa — três batidas. O melhor momento para gritar é quando escutar a voz de pessoas.

Resgate em alto-mar

Não é raro ver pessoas se afogando ao tentarem resgatar alguém em alto-mar. A pessoa que está se afogando irá, instintivamente, usar o corpo do outro como apoio para conseguir respirar. Por isso, tais resgates requerem nadadores treinados e experientes. Se não houver mais ninguém por perto para socorrer, leve com você algum objeto grande, como um pedaço de pau, para que a pessoa possa usá-lo como apoio.

Água de musgo

Caso tenha se perdido na floresta e não tenha levado água com você, a opção mais segura e menos suja seria beber a água espremida de musgos. Claro que também não é limpa e que precisaria ser fervida, mas é muito melhor do que consumir água de lago ou de poças.

Ausência de suor no calor

O calor do sol não bate imediatamente. Primeiro você vai suar muito e sentir sede. Se tais sintomas não forem o suficiente para você se refrescar na sombra, prepare-se para parar de suar. Caso isso tenha acontecido, provavelmente você já está com insolação. Em tais casos, é essencial procurar ajuda o mais rápido possível. Sem tratamento, a insolação pode causar danos cerebrais irreversíveis. Enquanto espera a ambulância chegar, não deixe de tentar resfriar o corpo e beber muita água.

Primeiros sintomas de infecção generalizada

Se tiver uma ferida pequena, mesmo que uma picada de inseto, mas houver uma faixa vermelha ao lado da veia e próxima à ferida, você pode estar com sepse, ou também conhecida como infecção generalizada. É uma condição potencialmente letal e, por isso, é importante ir ao hospital o mais cedo possível.

Espirro preso

Aparentemente inofensivo, prender o espirro pode, na verdade, levar a graves consequências: você pode estourar o tímpano ou até causar o desenvolvimento de um aneurisma. No último caso, o desfecho pode ser fatal.

Vômito com aparência de café moído

Se a aparência for essa, preste atenção: há chances de você estar com hemorragia gastrointestinal. Um dos elementos presentes no sangue é o ferro, que é oxidado pelo ácido gástrico, e é exatamente essa reação que faz com o que o vômito tenha esse aspecto.

Forno ou o micro-ondas em chamas

Caso o forno ou o micro-ondas tenha pegado fogo, desligue o aparelho, mas não o abra. O fogo irá se dissipar mais rapidamente com as portas fechadas devido à carência de oxigênio. Caso contrário, poderá se espalhar para outras partes da cozinha.

O que é importante levar em uma caminhada

A maioria diria coisas óbvias, como fósforos, faca, água. Mas há, também, outros itens, menos falados, mas que podem ser muito úteis e não vão ocupar muito espaço:

  • Apito. Se alguém se perder, fazer sinal com o apito será muito mais fácil e eficiente do que assobiar. Por isso, devem ser dados às crianças.
  • Curativos. Machucados e bolhas podem acabar com qualquer chance de sobrevivência caso não sejam tratadas a tempo. A dor que causam pode ser torturante até mesmo para atletas e pessoas resistentes.
  • Tampão. Será útil para acender uma fogueira depois de uma chuva, por exemplo. Absorventes internos são altamente inflamáveis, além de serem vendidos normalmente em embalagens de plástico, por isso estão protegidos contra a umidade.

Você já esteve em uma situação difícil ou, talvez, assustadora? Como conseguiu sair dela e o que poderia recomendar aos outros leitores?

Compartilhar este artigo