Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Dicas valiosas do que não fazer antes e durante uma entrevista de trabalho

Alguns especialistas afirmam que em uma conversa uma pessoa pode tirar conclusões sobre outra em um décimo de segundo. E certamente esse tempo é muito curto para tentar criar qualquer boa impressão no entrevistador quando se está tentando conseguir uma vaga de emprego. No entanto, você pode se preparar com antecedência para causar a melhor primeira impressão possível em uma entrevista importante.

Nós, do Incrível.club, sempre desejamos o melhor para nossos leitores, e por isso criamos este post com os erros mais comuns que as pessoas cometem antes e durante uma entrevista de emprego. Esperamos que nossa lista possa ajudá-lo. Confira!

1. Usar perfumes muito fortes (mesmo que você adore o cheiro)

Cientistas afirmam que 30% das pessoas odeiam cheiros fortes, e não importa se é de cigarro, de suor ou até mesmo de um perfume francês caro. Indivíduos que têm maior sensibilidade podem apresentar dor de cabeça, náuseas e até olhos lacrimejantes como reação a esses aromas. Talvez seu futuro entrevistador e chefe seja uma dessas pessoas, então melhor evitar, concorda?

Para não incomodar os outros com uma fragrância forte só é preciso seguir algumas dicas:

  • Não aplique perfume e uma loção corporal de cheiro acentuado ao mesmo tempo. A diferença de aromas pode causar enjoo.
  • Se você borrifou perfume pelo corpo e percebeu que ficou uma mancha em algum lugar, quer dizer que você exagerou um pouco e as pessoas ao seu redor podem se incomodar com isso.
  • Prefira não comer alimentos que tenham cheiro forte antes de uma entrevista, como, por exemplo, atum, cebola, ou até ovos cozidos.

2. Assistir a séries na noite anterior

Já não conseguimos mais imaginar nossas vidas sem nossos smartphones ou notebooks, mas é bom esquecê-los na noite anterior a uma entrevista de emprego. E tudo isso por causa da iluminação forte emitida pelas telas desses dispositivos. Recentemente, médicos descobriram que a luz emitida pelos painéis de aparelhos eletrônicos não só prejudica nossa visão, como também provoca insônia e, às vezes, até depressão.

Uma pessoa de aparência cansada e com olheiras não causa uma boa impressão. Além disso, devido à falta de sono, seu raciocínio estará prejudicado e como consequência você poderá responder errado a algumas perguntas do entrevistador. Melhor deixar para ver séries ou checar as redes sociais na manhã seguinte, para que você possa ter uma boa noite de descanso.

3. Tentar seduzir o entrevistador

Susan Joyce, uma profissional de Recursos Humanos com 20 anos de experiência, criou uma lista com perguntas que podem fazer sua entrevista de emprego ir por água abaixo. E um dos piores erros que podem ser cometidos é tentar flertar com o entrevistador ou outro funcionário do escritório.

Enquanto espera sua vez para ser entrevistado, melhor nem tentar adivinhar o estado civil dos seus futuros colegas de trabalho, e menos ainda tentar convidar alguém para ir tomar um café. O empregador vai imediatamente pensar que para você encontrar aventuras românticas é mais importante do que o próprio trabalho.

4. Conversar sobre temas pessoais e contar toda a história de sua vida

Profissionais de RH conceituados aconselham que os candidatos sempre tentem manter um tom mais amigável e confortável na entrevista, mas não se deve exagerar. Não é aconselhável contar sobre suas aventuras de fim de semana, seus erros da juventude ou discutir sobre seus pais ou mostrar fotos de seus familiares (ou bichinhos de estimação).

No fim, você nunca sabe como o empregador pode reagir às suas histórias (mesmo que elas sejam engraçadas e interessantes para você) — talvez ele não aprove o consumo de bebidas alcoólicas ou até mesmo odeie gatos. Melhor manter o foco da entrevista nas suas qualidades profissionais, e deixar os temas pessoais para os amigos.

5. Não levar uma garrafa de água

Antes de sair de casa, certifique-se de colocar uma garrafa de água em sua bolsa. Durante a entrevista com o empregador pode acontecer de sua boca ficar seca, e por isso a água vai ser de muita ajuda.

No entanto, o pedido para beber um pouco de água pode acabar distraindo o profissional de RH, e sua entrevista pode acabar tomando outro rumo. Por outro lado, lábios ressecados podem dar a impressão de que você está doente ou que é ocupado demais para se cuidar.

6. Ficar extremamente nervoso e suar como se estivesse em uma sauna

Palmas das mãos suadas, camisa ensopada e testa brilhante são o pior pesadelo de qualquer candidato em uma entrevista. E isso não é apenas visualmente feio — uma pessoa extremamente suada causa uma má impressão. Certamente, as pessoas ao redor interpretam isso como um sinal de extremo nervosismo, e, consequentemente, falta de confiança. Em alguns casos, essa situação pode até ser interpretada como se você estivesse escondendo algo.

Para evitar esse problema, você pode beber água gelada — ela ajuda a diminuir um pouco a temperatura do seu corpo. E não se esqueça de levar um lenço, para não ter que limpar o suor do rosto com as mãos, e depois secá-las nas roupas (esse gesto pouco elegante também é facilmente notado).

7. Utilizar e-mail pessoal ou apelidos em correspondências formais

É melhor utilizar um e-mail específico para correspondência profissional, como para enviar currículos, por exemplo. O endereço de e-mail deve estar diretamente relacionado ao seu nome real. Dessa forma fica mais fácil para o empregador identificá-lo, e, por outro lado, apelidos inapropriados provocam uma impressão de falta de profissionalismo (mesmo que isso não seja verdade).

Essa regra também vale para entrevistas on-line, como por Skype, por exemplo. O seu apelido na plataforma deve ser fácil de se ler e, obviamente, não remeter a nenhuma expressão obscena.

8. Falar palavras que imediatamente já transformam você no candidato mais fraco à vaga

É de conhecimento geral que não vale a pena falar as palavras “desculpe / perdão” diversas vezes, pois elas fazem com que você pareça nervoso e inseguro e isso pode criar um silêncio constrangedor. Mas existem outras frases capazes de piorar ainda mais sua imagem.

Expressões como “Eu só queria / Eu só acho que / Você não poderia apenas” dão toda a vantagem ao entrevistador, pondo você em uma situação de subordinação. Ao falar isso, você já está se desculpando adiantadamente, mesmo que não tenha feito nada ainda.

9. Levar copos de café

Mesmo que você seja um amante do café, melhor deixar para beber outra hora. Copos térmicos acabam tornando-se uma distração durante a entrevista — ao tomar um gole, você pode se distrair e acabar perdendo o foco da conversa ou de uma resposta importante, além de que suas mãos estarão ocupadas.

Melhor trazer o seu cartão de visitas ou uma segunda cópia do currículo, no caso de você perceber que o seu acabou se perdendo na mesa do entrevistador.

10. Demonstrar toda a bagunça de sua bolsa

No dia anterior, faça uma vistoria na sua bolsa / mochila / pasta e livre-se de tudo que for desnecessário. Imagine que você queira entregar mais uma cópia do currículo ou pegar um lenço de papel, e tenha de procurá-los dentro da bolsa, tendo que retirar as chaves de casa, uma escova de cabelos toda enrolada no cabo do seu fone de ouvido para poder finalmente achá-los. Fora isso, toda essa bagunça é um sinal de que você é desorganizado, o que dificilmente agradará o empregador, concorda?

11. Consumir bebidas que tenham cafeína pouco tempo antes da entrevista

Bebidas e alimentos que contêm cafeína podem atrapalhar sua entrevista de emprego. Primeiramente, porque essa substância acaba provocando uma liberação de adrenalina na corrente sanguínea, que pode fazer com que suas mãos fiquem suadas e trêmulas. E em segundo, porque ela tem um efeito diuréticolaxante. Sabemos que os amantes do café não podem viver sem essa bebida, e tampouco recomendamos que deixem de tomar completamente, apenas aconselhamos a evitar tomá-la antes de entrevistas importantes.

12. Não reler seu currículo antes de enviá-lo

Até as pessoas mais perfeccionistas cometem erros. Ao enviar seu currículo, o que causa pior impressão ao empregador não são os erros gramaticais, mas o fato de que o candidato não se incomodou em reler seu currículo ou em verificá-lo em um editor de texto. O profissional de RH pode considerar isso um desleixo.

Você conhece mais dicas ou recomendações para melhorar a atuação das pessoas em entrevistas de emprego? Compartilhe com a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo