Incrível

12 Compras com as quais não vale a pena economizar

As pessoas naturalmente gostam de economizar, mas precisamos lembrar que não é uma boa ideia poupar dinheiro a qualquer custo. Economizar de maneira inteligente é o primeiro passo para fazer o dinheiro render mais sem abrir mão da qualidade de vida.

Nós, do Incrível.club, decidimos descobrir algumas das coisas que merecem ser priorizadas para se ter maior conforto e benefícios de vida a longo prazo. Confira!

1. Roupas íntimas de boa qualidade

O que está por baixo das roupas externas também precisa ser escolhido com cautela. Roupas íntimas desconfortáveis não comprometem apenas o conforto, mas também podem afetar a saúde. Tecidos artificiais, sintéticos e materiais baratos demais podem causar irritação na pele, vermelhidão e coceiras. Sutiãs de baixa qualidade, por exemplo, perderão o formato mais rapidamente e, assim, deixarão de desempenhar sua função principal: dar suporte ao busto. Além disso, peças apertadas demais podem dificultar a respiração, comprimir vasos sanguíneos e causar problemas circulatórios, o que pode ter um impacto significativo no corpo com o tempo.

Deve-se levar em consideração também a escolha da peça adequada para o tipo de roupa que for usar, de modo que a roupa íntima não fique visível. Felizmente, hoje há diversos modelos mais discretos que combinam conforto e elegância.

2. Táxi

Talvez ninguém argumente que o transporte público perde em velocidade e comodidade para uma corrida de táxi. No entanto, mesmo que você tenha o próprio carro, andar de táxi pode ser uma opção mais vantajosa e confortável. Se, por exemplo, precisar ir ao centro da cidade, onde muitas vezes há problemas para estacionar, ou se for para algum lugar desconhecido, o táxi pode ser uma excelente alternativa ao carro. Além disso, se calcularmos os gastos de gasolina por mês, andar de táxi pode até sair mais barato.

3. Fones de ouvido sem fio

Depois que se começa a usar fones de ouvido, fica difícil imaginar a vida sem eles. Muitos de nós gostam de ouvir músicas ou podcasts em qualquer lugar, seja no metrô, na rua ou na academia. No entanto, a principal desvantagem dos fones são os frequentes emaranhados dos fios, que dificultam o nosso dia a dia, além da baixa portabilidade e praticidade. Felizmente, hoje em dia é possível evitar tudo isso ao adquirir fones sem fio de boa qualidade. Isso é sobretudo relevante para aqueles que gostam de fazer esportes ou algum tipo de atividade física sem abrir mão de uma boa música.

4. Bons sapatos

Os calçados precisam ser confortáveis, caso contrário, a qualidade de vida pode realmente ficar comprometida. Não estamos apenas falando do cansaço nos pés e de bolhas, mas também do posicionamento correto da sola para que o peso do corpo seja distribuído uniformemente. Uma pessoa pode vir a ter problemas nas articulações e na coluna por conta disso. Calçados mais caros são feitos, geralmente, com materiais de melhor qualidade, que levam em consideração a anatomia do corpo humano e podem oferecer maior conforto.

Além do mais, uma das primeiras coisas que as pessoas reparam quando se encontram é o calçado. Por isso, avalie a possibilidade de investir em bons sapatos se quiser deixar uma boa impressão.

5. Aula com personal trainer na academia

Muitos acreditam que contratar um personal trainer seja um desperdício de dinheiro, mas em muitos casos a ajuda de um treinador é essencial. Em primeiro lugar, se estiver apenas começando a se exercitar, o profissional mostrará as técnicas corretas de uso dos aparelhos. Não estamos falando só de segurança, mas também de eficiência na hora do treino. Em segundo lugar, algumas pessoas simplesmente precisam de motivação extra para ir à academia regularmente. E em terceiro lugar, o personal poderá criar uma série de exercícios de acordo com os seus objetivos: perder peso, ganhar peso ou apenas ter mais resistência e manter a saúde.

Talvez não seja necessário ter um personal trainer sempre ao seu lado, mas não seria uma má ideia contratar uma pessoa para as primeiras aulas e, depois, conforme às necessidades.

6. Depilação a laser

Se você ainda não se cansou de fazer depilação com lâmina a cada 3-4 dias ou não sente mais dor com a cera, então, talvez, o laser não seja para você. De qualquer forma a depilação a laser é o método mais eficaz e indolor de remoção dos pelos, que permite a qualquer pessoa viver sem pelos por muito tempo. O importante é consultar um especialista para avaliar o seu caso individual e determinar o melhor plano de tratamento.

7. Máquina de lavar louça

A máquina de lavar louça é uma ótima maneira de economizar não só tempo, mas também nervos e dinheiro. Estima-se que uma máquina utilize cerca de 10-15 litros de água em uma lavagem completa, enquanto gastaríamos cerca de 30 litros lavando à mão. Nos dias de hoje, precisamos ser mais conscientes com o consumo de água, sem contar que a diferença no bolso será notável. Além do mais, a máquina tem a capacidade de limpar com mais eficácia e também de desinfectar a louça.

8. Escova de dentes elétrica

Para reduzir o número de visitas ao dentista, é preciso cuidar dos dentes com bastante cuidado e frequentemente. O que pode ajudar nisso é adquirir uma escova elétrica ou um irrigador oral. As cerdas de tal escova vão ajudar a fazer a limpeza bucal com mais eficiência: uma escova de dentes normal faz no máximo 200 rotações por minuto, enquanto a escova elétrica faz mil rotações. O irrigador, por sua vez, será útil àqueles que querem tratar placas em casa, pois esse aparelho tem um potente jato de água capaz de remover até os pequenos restos de comida nos dentes.

9. Cafeteira de cápsulas

A cafeteira de cápsulas é ótima para fazer um café quentinho e perfumado, mas é ainda mais valiosa para aqueles que precisam economizar tempo. Em comparação a outros métodos de preparação de café, essa opção é a mais rápida. Com ela, é possível poupar tempo com a colocação do filtro e do café, com a limpeza da máquina, entre outras manipulações. Com esse aparelho, basta colocar a água, uma cápsula e, pronto, o café quente está na xícara. Além disso, as cafeteiras de cápsulas são geralmente pequenas e, portanto, ocuparão menos espaço na sua cozinha.

10. Cursos on-line de línguas

Adquirir novos conhecimentos e se autodesenvolver são práticas sempre positivas. Hoje em dia, há uma gama enorme de materiais acessíveis na Internet para estudo de um novo idioma. No entanto, aprender uma língua sozinho pode não ser a melhor opção quando há diversos cursos on-line com professores. Ter uma grade horária rígida nos ajuda a ter disciplina, enquanto sozinhos temos a ideia de que podemos estudar “quando e onde quisermos”. Aprender novos idiomas requer seguir um sistema.

Além disso, os professores podem indicar o melhor programa de acordo com seus objetivos, apontar seus erros de pronúncia e fixar o conteúdo da aula por meio de diálogos e conversação.

11. Colchão ortopédico

Ter uma boa noite de sono é um grande passo em direção a uma boa saúde e bem-estar, por isso não devemos ignorar esse momento do dia. Um colchão desconfortável e de má qualidade pode causar uma série de complicações. A curto prazo, ele pode piorar a qualidade do sono e, assim, você terá problemas para adormecer, se sentirá cansado com mais frequência e terá mais dificuldade para se concentrar. A longo prazo, as coisas podem se agravar ainda mais: colchões ruins também causam dores na coluna.

12. Cadeirinhas para recém-nascidos

Atualmente, muitos aparelhos e dispositivos foram inventados para facilitar a vida das mamães e dos papais. Sim, alguns deles podem exigir um pouco mais das suas economias, mas valerão a pena. Cadeirinhas com assento regulável, por exemplo, são excelentes opções para descarregar os pais e oferecer a eles um pouco mais de tempo livre. Você não precisará carregar o seu filho nos braços por horas até ele dormir; basta colocá-lo na cadeirinha e ligar a função “vibração”.

Elas também servem como ótimos transportadores de forma que, ao sair, não será preciso procurar por uma cadeira de bebê pelo caminho. No mais, uma cadeirinha de qualidade manterá sua criança protegida enquanto você faz outras tarefas sem se preocupar.

Você já escolheu não comprar algo por achar que “estava caro demais”, mas depois se arrependeu de não ter comprado? Nos diga, na seção de comentários, o que você considera uma compra que realmente vale a pena!