Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Truques para causar uma boa impressão na entrevista de emprego

Ser capaz de se apresentar é uma habilidade importante, especialmente útil em uma entrevista de emprego. Afinal, um gerente de Recursos Humanos (RH) leva em conta não só o seu profissionalismo e qualidades de gestão, mas também a confiança, uso formal da língua e muitos outros parâmetros. No entanto, para além das habilidades pessoais, existem também técnicas psicológicas que ajudam a conseguir um emprego dos sonhos de forma mais rápida e simples.

Nós, do Incrível.club, estudamos cuidadosamente novas pesquisas e encontramos maneiras de inspirar a simpatia do entrevistador. Se você está procurando um emprego e quer causar uma boa impressão e elevar as chances de ser contratado, confira!

1. Não marque a entrevista nem na segunda-feira e nem na sexta-feira

Psicólogos e especialista em Recursos Humanos calcularam o horário ideal para uma entrevista: é na terça-feira, 10:30. Nesse dia e hora, você tem uma chance melhor de impressionar seu entrevistador e isso tem a ver com o fato de que a segunda-feira é um dia difícil para todos — o que não é diferente para os gestores de RH. E na sexta-feira, todo mundo já está pensando no final de semana.

2. Pernas nuas podem estragar a primeira impressão

A cor das roupas afeta a maneira como os outros nos percebem. Por exemplo: um terno azul, cinza ou marrom causa a impressão de seriedade do candidato. A única cor que repele todos os entrevistadores em todos os países é laranja. É claro que somente a cor não é suficiente, você precisa lembrar de mais alguns detalhes.

Não se esqueça das meias-calças. As pesquisas mostram que um detalhe tão pequeno afeta a percepção. Mulheres que vão com as pernas nuas a uma entrevista tendem a ficar estigmatizadas como descuidadas.

E também dos saltos altos. Psicologicamente, percebemos as pessoas altas como líderes e profissionais. E elas até têm um salário mais alto que os colegas baixinhos.

3. Escolha uma roupa que faça com que a pessoa simpatize com você instantaneamente

Na Psicologia, existe um conceito chamado de “reforço positivo” — aumentar a probabilidade de um comportamento pela positividade de um estímulo. Você pode usar esse efeito ao seu favor.

Os estímulos são diferentes (elogios, dinheiro), mas, ao se candidatar a um emprego, a atração pela semelhança será útil. Mesmo o chefe mais rigoroso inconscientemente despertará confiança no candidato com quem encontrar algo em comum: passatempos, mesmo estilo de roupas, música, livros, etc. E mesmo que você não seja o candidato preferido, a atração pela semelhança o ajudará a obter pontos extras.

4. É melhor não falar algumas palavras durante a entrevista

Algumas palavras chamam a atenção do seu entrevistador instantaneamente. Psicólogos conduziram um estudo e descobriram que as expressões “tipo”, “como se” e interjeição “e-e-e” reduzem muito as chances de conseguir um emprego. É verdade que essa regra se aplica mais aos recrutadores com mais de 30 a 40 anos. Os jovens entrevistadores são mais tranquilos com a linguagem informal.

5. Um sorriso pode arruinar sua impressão, mesmo que você seja um profissional

Equipes de RH geralmente não gostam de pessoas que sorriem excessivamente. E a questão aqui não tem a ver com ser uma pessoa boa ou má, mas novamente com a psicologia. Quem sorri muito não é levado a sério. Só há um tipo de vaga em que os candidatos sorridentes são aprovados facilmente — é o trabalho com pessoas (vendedor, gerente de vendas). Em todas as outras áreas, o caçador de talentos quer uma pessoa com uma expressão predominantemente séria no rosto.

6. Uma jogada especial ao responder a perguntas sobre o currículo pode lhe garantir pontos

Nas grandes empresas, o pessoal do RH realiza várias entrevistas e todas são parecidas. O candidato responde a perguntas sobre seu currículo, e, portanto, a entrevista acaba sendo bem tranquila e programada. Como resultado, para o empregador, todos os candidatos acabam sendo mais do mesmo. Mas existe um segredo para se destacar. Quebre o script e diga algo do tipo: “deixe-me falar sobre o que não está no meu currículo”. Essa frase fará com que o entrevistador olhe para você com olhos completamente diferentes.

7. Uma técnica especial de conversação pode lhe colocar na frente de outros candidatos

Todas nós somos vaidosos e gostamos de ser ouvidos com atenção. O pessoal de Recursos Humanos não é uma exceção. Os psicólogos recomendam o uso de uma técnica chamada “escuta reflexiva”, que consiste em 3 etapas simples: “repita” — “concorde” — “adicione”. Você não deve apenas ouvir e acenar com a cabeça, mas também deixar claro que absorveu as informações passadas. Algo assim:

Gerente: “Para este cargo, procuramos uma pessoa pronta para passar 8 horas no escritório, de segunda a sexta-feira, e trabalhar nos fins de semana, se necessário. Para isso pagamos hora extra.”

Você: "Em outras palavras, eu terei uma semana de trabalho padrão, mas às vezes haverá hora extra (repeti). Isso é típico da nossa profissão (concordei). No entanto, eu posso otimizar os processos e ter certeza de que ninguém precisará trabalhar no fim de semana (adicionei).

Essa técnica o ajudará a se tornar um verdadeiro mestre de negociação. Afinal, a pessoa com que você já concordou primeiro não recusará o pedido.

8. A foto para o currículo pode ser um pouco provocante

As mulheres que usam um decote para as fotos de seu currículo têm 19 vezes mais chances de serem empregadas. Claro, tudo deve estar dentro dos limites do bom senso. Mas se o patrão tem de escolher entre uma mulher com uma camisa abotoada fechada e uma menina com uma camiseta com um pequeno decote, em geral, vai preferir a segunda. E a profissão não é tão importante: essa regra funciona em todas as áreas — da contabilidade às vendas. Infelizmente, o machismo ainda é muito presente na hora da contratação de mulheres.

9. Crie uma área de atenção no rosto

Claro, quando vamos para uma entrevista, devemos aparentar estar bem. No entanto, na comunicação nos concentramos subconscientemente no triangulo “olhos — nariz — lábios”. Músculos faciais relaxados e maquiagem leve não distraem a atenção do que você diz. Por outro lado, sobrancelhas franzidas, maquiagens pesadas ou manchas no rosto impedem que o entrevistador se lembre de informações importantes sobre você.

10. O que você faz antes da entrevista também afeta o resultado

Todos os detalhes durante a entrevista são importantes: os recrutadores o observam enquanto você aguarda para a entrevista. Os especialistas em RH não recomendam conversar ao telefone enquanto estiver tomando seu café. Você não sabe quando o entrevistador aparecerá. É melhor manter a mão direita livre para responder ao aperto de mão com o gestor. Você pode conversar com a secretária ou com alguém na recepção ou até procurar revistas.

Conhece alguma outra dica para quem está procurando um emprego se preparar para a entrevista? Conte para a gente na seção de comentários.