10 Produtos para os cuidados com a pele que usamos incorretamente (e achamos que não funcionam)

A maioria de nós tem dezenas de produtos para os cuidados com a pele. Diferentes tubos, frascos e pequenos potes com cosméticos para qualquer parte do corpo ficam enfileirados em nossas prateleiras do banheiro e penteadeiras. Alguns combinam conosco e os usamos o tempo todo, enquanto outros nos decepcionam, pois não funcionam do jeito que esperávamos. Então, ficam ali: não queremos usá-los, mas, ao mesmo tempo, ficamos com pena de jogá-los fora.

Nós, do Incrível.club, descobrimos que nem sempre se trata de um cosmético ruim, mas sim da forma como o usamos. O problema é que, muitas vezes, o fazemos incorretamente.

Não esperamos tempo suficiente para ver o efeito dos cosméticos

Às vezes, compramos algum produto e após uma ou duas semanas percebemos que ele não “funciona”. Na esperança de um resultado mais eficaz, compramos outro, depois mais um, e assim por diante. Como resultado, temos uma fileira inteira de frascos, aos quais nem demos uma chance. Segundo os especialistas, testar diferentes produtos é normal, e às vezes até necessário. No entanto, vale a pena dar-lhes o tempo suficiente, para ver o seu efeito. Geralmente, os resultados podem ser notados após um mês de uso, pois o período médio de renovação das células é de 28 dias.

Economizamos na quantidade de protetor solar

Há muito se sabe que os raios solares não são tão saudáveis quanto costumávamos pensar. Hoje, todos entendemos a importância de usar cremes com filtros com FPS e de comprá-los regularmente. No entanto, muitas vezes, vemos que eles funcionam, mas, por algum motivo, não exatamente como o prometido: um bronzeado leve ainda aparece na pele. O motivo é a forma incorreta de aplicar o produto: a maioria das pessoas usa apenas 25-50% da quantidade necessária. Para proteger totalmente o corpo de um adulto, são necessários cerca de 30 gramas de creme. Além disso, não se pode esquecer que precisamos passar o protetor solar 15 minutos antes de sair ao sol e reaplicá-lo a cada duas horas.

Usamos retinol com muita frequência ou na hora errada

Produtos cosméticos com retinol são muito populares entre as mulheres que lutam contra o envelhecimento. No entanto, é necessário usá-los com cuidado para evitar vermelhidão e descamação. Além disso, o retinol torna a pele mais sensível à luz solar, o que pode causar pigmentação. Portanto, é recomendado aplicar produtos com esse ativo apenas pela noite. Nesse caso, durante o dia, é necessário utilizar produtos com proteção solar máxima. Para evitar possíveis consequências negativas, é melhor usar cosméticos com retinol no outono e no inverno, quando a ação dos raios ultravioleta não é tão agressiva.

Aplicamos creme para os olhos diretamente nas pálpebras

Não vale a pena passar o creme para a área dos olhos diretamente nas pálpebras. Na verdade, esse produto serve para “nutrir” a pele sob os olhos e devemos aplicá-lo na órbita (estrutura óssea ao redor deles). É melhor usar o dedo anular, o mais fraco de todos, para que a probabilidade de pressionar com muita força a pele sensível seja minimizada.

Aplicamos óleo na pele seca

Algumas pessoas não gostam de usar óleos, porque eles deixam aquela sensação de uma película gordurosa na pele. Na verdade, é muito fácil evitar isso: basta aplicá-lo no corpo ainda úmido. Graças à água, ele penetra melhor na camada superior da epiderme. Além disso, ocorre uma espécie de intercâmbio: o óleo impede a perda de água pela pele, mantendo-a hidratada. E por último: é muito mais fácil passá-lo justamente na pele úmida, o que garante um consumo mais econômico.

Aplicamos desodorante a qualquer hora do dia

Acreditamos que o desodorante pode ser usado a qualquer momento do dia. Então, costumamos aplicá-lo ao acaso e, aparentemente, de forma incorreta. Todavia, o melhor momento de aplicá-lo é à noite, antes de ir para a cama. Os antitranspirantes são mais eficazes na pele limpa e completamente seca, quando os dutos de suor estão menos ativos, o que geralmente ocorre durante a noite, enquanto dormimos.

Aplicamos os cosméticos com pressa

Não tenha pressa de aplicar cosméticos para os cuidados com a pele após lavar o rosto e passar o tônico ou outros produtos necessários nas áreas mais problemáticas. Espere de três a cinco minutos para garantir que a pele absorva todos os nutrientes. Se não esperar o tempo necessário, simplesmente irá “diluir” os produtos aplicados. Por esse motivo, eles não terão a eficiência que deveriam. Sim, pode demorar um pouco mais do que estamos acostumados, mas o resultado vale a pena.

Reutilizamos as máscaras faciais de tecido

Máscaras faciais de tecido são muito populares porque são uma ótima maneira de cuidar da pele sem gastar muito dinheiro em spas e serviços de esteticistas. E, provavelmente, a maioria das mulheres que já usou essa máscara pelo menos uma vez, já pensou em reaproveitá-la, pois sobra sempre muito soro nutritivo na embalagem. É uma pena simplesmente jogá-la fora, certo? No entanto, evite a reutilizar tais máscaras. Lembre-se de que as bactérias e as impurezas da pele permanecem no tecido, não importa o quão bem você limpe o rosto antes do procedimento. Se usar a máscara novamente, todas as substâncias necessárias e desnecessárias novamente aparecerão na pele.

Aplicamos muita força ao usar uma escova de limpeza facial

Muitas pessoas usam escovas faciais macias para a limpeza do rosto. Elas realmente limpam bem, massageando suavemente a pele e removendo impurezas e células mortas. No entanto, é importante não exagerar para não obter o efeito contrário. A escova mal deve tocar o rosto, pois a pressão excessiva pode danificar a pele e, às vezes, até levar à ruptura de capilares.

Usamos lenços umedecidos para o rosto com muita frequência

A propaganda diz que os lenços umedecidos descartáveis são uma necessidade. Eles realmente são práticos: você pode simplesmente limpar o rosto quando não tem a possibilidade de lavá-lo com água. Porém, não devemos esquecer que o uso diário de lenços umedecidos pode prejudicar a pele, pois para uma boa limpeza e poderem ser preservados por muito tempo, eles contêm vários conservantes na sua composição. Além disso, ao usá-los, tendemos a esfregar e esticar a pele, o que não é bom. Ou seja, é possível usar esses lencinhos, mas é melhor fazê-lo apenas quando não puder lavar o rosto com água e sabonete.

E você, já notou que alguns produtos para os cuidados com a pele não funcionam como o esperado?

Compartilhar este artigo