10 Itens do banheiro que podem, sem você perceber, afugentar os hóspedes da sua casa

Assim como a cozinha, o banheiro é o cartão de visita de uma casa. Embora não passemos tanto tempo nele, como em outros cômodos, um banheiro aconchegante e funcional pode definir o clima para o dia todo. Afinal, muitas pessoas começam o dia com um banho e uma das últimas coisas que fazemos antes de dormir é escovar os dentes.

Nós, do Incrível.club, apreciamos a conveniência e o conforto de uma casa. Portanto, preparamos um post sobre como podemos modificar alguns elementos do banheiro para deixá-lo ainda mais acolhedor e agradável, tanto para os hóspedes, como para os próprios moradores. Acompanhe!

1. Saboneteira de baixa qualidade

Talvez a saboneteira seja uma das primeiras coisas que vemos ao nos aproximar da pia do banheiro. Por ser de uso diário, está constantemente sob o efeito de água e sabão e, por isso, é importante escolher um material de qualidade. Não aconselhamos optar pelo plástico, pois ele não é natural e arranhões podem surgir com facilidade. Vidro e madeira parecem elegantes, mas a madeira não é duradoura, e o vidro suja com rapidez. Sugerimos, portanto, o metal ou a cerâmica.

2. Tapete de PVC

Tais tapetes são geralmente muito baratos e são vendidos em rolos grandes, o que nos permitiria cortá-los no tamanho e formato desejados; a paleta de cores também é vasta. Entretanto, o PVC não absorve água muito bem, sua vida útil é curta e a impressão visual que deixa corresponde ao seu valor. Uma melhor solução seria adquirir um tapete de algodão (a base é de borracha e há maior absorção de água por fora) ou um feito de bambu. Tapetes de algodão têm uma aparência elegante e geralmente estão disponíveis em tons pastéis não muito chamativos. Os de bambu, por outro lado, além de absorverem e evaporarem bem a água, são ainda resistentes ao desgaste.

3. Ausência de suporte para o papel higiênico

Talvez, esse problema seja recorrente para muitos. Ora por conta de preguiça de colocar o papel no suporte, ora por conta de viver com muitas pessoas na mesma casa e cada uma colocar o papel onde melhor lhe convém. Mas deixá-lo em cima da privada certamente não é a opção mais apropriada. E vale notar que há diversos tipos de suporte: plástico, metal, madeira, com ou sem tampas, preso na parede. Nos devidos suportes, o papel não ficará sujo, empoeirado, molhado e, ainda, não correrá o risco de cair no chão.

4. Cortina de chuveiro encardida

Cortinas velhas e sujas de chuveiro não só não contribuem para o conforto do ambiente, como podem também causar uma péssima impressão nos hóspedes. Por isso, devemos nos lembrar de lavá-las com certa regularidade. O processo não é nada complicado: para a lavagem de cortinas de plástico, especialistas sugerem misturar algum produto de limpeza, bicarbonato de sódio, algumas gotas de óleo de melaleuca e ligar a máquina de lavar no modo “delicado”.

Outra dica: ao escolher uma cortina nova, não podemos nos esquecer que uma das principais funções desse elemento é a impermeabilidade. Por isso, sugerimos optar por materiais que tenham pesos na borda inferior para evitar que se dobrem e que você respingue água pelo chão.

5. Potes e tubos ao lado da torneira

Pode ser difícil achar um lugar apropriado para guardar os diversos tubos de cremes e produtos para o cabelo. Porém, mesmo quando o fazemos, após certo tempo, eles novamente voltam para a borda da pia. Por quê? Porque é conveniente. Mas não é muito elegante, não é? Até mesmo o esfoliante mais caro de uma marca famosa perderá um pouco da atratividade se estiver jogado em meio a outros produtos higiênicos. Tente alocar uma prateleira para cada tipo de produto, e os que forem usados raramente podem ser guardados no armário.

6. Ausência de painel para banheiras

É muito prático ter um painel para a banheira, especialmente em espaços pequenos. Pode ser usado como armário para armazenar, por exemplo, produtos de limpeza. Além disso, cobre uma das áreas menos estéticas do banheiro, a parte de baixo da banheira. Muitas opções modernas contêm sistemas de deslizamento, que facilitam o acesso aos materiais armazenados. A variedade de modelos permite que você opte por aquele elemento que mais combina com as cores e com o estilo do seu banheiro.

7. Canto da parede

A junção da parede com a banheira é um lugar problemático e que está à vista de todos. Muitas pessoas estão acostumadas a instalar proteções de plástico para evitar o acúmulo de umidade e sujeira nas beiradas. Geralmente, são opções bastante acessíveis. No entanto, essa é uma solução eficaz apenas por pouco tempo, pois depois os materiais ficam amarelados, descascam e começam a se desprender. A água, ainda, começa a entrar nas fendas, o que pode gerar problemas mais sérios: fungos e um cheiro bastante desagradável. Como alternativa, você pode usar um selador de parede ou bordas de cerâmica (há também opções em mármore ou granito).

8. Azulejos muito chamativos

Ao escolher azulejos para a parede do banheiro, é muito fácil se deixar levar pelos padrões coloridos, especialmente por conta da enorme gama de cores no mercado: desde desenhos multicolores feitos em mármore até os mosaicos em rosa-choque. Decorações policromáticas podem facilmente destoar em combinação com os outros elementos do banheiro, sem contar que a presença de cores vibrantes em espaços pequenos pode irritar a vista. A dica de um especialista é: escolher azulejos que imitem materiais naturais, como a madeira ou a pedra.

9. Varal para pendurar roupas

Manter um varal com roupas penduradas por quase todo o banheiro é uma escolha duvidável para a decoração desse espaço. Vale mencionar, ainda, que esse é geralmente o cômodo mais úmido da casa, o que faz com que as roupas demorem mais a secar. Se você não tiver varanda ou uma área que possa ser usada para secar roupas em sua casa, opte por máquinas com função de secagem, secadoras separadas ou algum varal dobrável. O lado bom deste último é que, hoje, há muitos modelos portáteis de diferentes tamanhos e materiais. Nossa sugestão é dar preferência aos de madeira, que são mais sofisticados.

10. Piso brilhante no chão

Um piso brilhante no chão do banheiro pode não ser a escolha mais adequada. Primeiro, pode sujar ou rachar com mais facilidade. Mas o ponto mais problemático, contudo, é que é escorregadio. Portanto, além de todos esses motivos, tais pisos não apenas não contribuem para o fator estético, como também podem ser perigosos. É verdade, o efeito de pisos brilhantes pode realmente aumentar o espaço. No entanto, designers de interiores sugerem optar por materiais foscos, que não sejam escorregadios e pareçam elegantes.

Você já parou para reparar nesses detalhes do banheiro? O que mais poderia adicionar à lista? Comente!

Compartilhar este artigo