Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Erros que nos fazem pagar mais caro pelos produtos

----
128k

Vamos ao supermercado quase todos os dias, mas raramente pensamos que alguns dos nossos hábitos de compras estão errados. No entanto, esses detalhes insignificantes à primeira vista podem levar a gastos desnecessários.

O Incrível.club reuniu alguns dos erros mais comuns e traz dicas para economizar.

10. Compramos comida na ordem errada

Às vezes, achamos difícil limitar a quantidade de alimentos que compramos. Mas podemos escolher produtos saudáveis. Pessoas que não conseguem lidar com o desejo de preencher o carrinho de compras completamente deveriam começar sua jornada pelo setor dos verduras e legumes. Além de serem saudáveis, eles ocupam bastante espaço - que poderia ser ocupado com supérfluos - e são mais baratos.

9. Não acompanhamos os preços do que compramos

Tente memorizar ou até mesmo anotar os preços dos alimentos que você sempre compra. Isso irá ajudá-lo a evitar descontos falsos, quando o preço continuar a ser o mesmo. Dessa forma, não cairá na armadilha da falsa promoção. Há apps que ajudam nessa função.

8. Não planejamos as compras

Normalmente, não planejamos o menu da semana. Incorporando esse hábito, você saberá quais alimentos precisa comprar para preparar os pratos que deseja cozinhar e evitará adquirir o que não precisa.

7. Não prestamos atenção ao peso dos pacotes

Suponha que o balcão ofereça duas barras de manteiga iguais, uma das quais é um pouco mais barata do que a outra. Não se apresse em comprar aquela que custa menos! Para começar, observe o peso do alimento. Às vezes, um preço muito mais alto (menos de R$ 1, por exemplo) pode significar até meio quilo a mais.

6. Ignoramos os produtos de marca própria

Quase todos os supermercados têm sua própria marca. E a qualidade desses produtos é tão boa quanto a de marcas mais consagradas. A única diferença é às vezes a embalagem menos vistosa. Mas você não vai comer a embalagem, certo?

5. Não experimentamos produtos novos

Muitas pessoas compram sempre alimentos da mesma marca, porque têm medo de tentar algo novo. No entanto, os fabricantes de marcas ainda não conhecidas podem vender produtos de ótima qualidade só que mais baratos - justamente para conquistar os consumidores mais arredios. Não tenha medo de tentar: isso não só irá ajudá-lo a economizar, mas também pode leva-lo a produtos mais saborosos e saudáveis.

4. Não ficamos atentos às ofertas

Existem aplicativos móveis que coletam as informações sobre as ofertas em todos os tipos de lojas que estão à sua volta. Além dos preços, os apps permitem comparar o preço da mesma mercadoria entre diferentes lojas e encontrar a melhor oferta.

3. Somos fisgados pelas embalagens, mesmo nos alimentos mais simples

No caso de alimentos mais simples, como arroz, feijão, sal e açúcar, é muito difícil haver diferenças significativas entre uma marca e outra - a menos que estejamos falando, por exemplo, de açúcar comum versus açúcar mascavo ou sal refinado e sal do Himalaia, por exemplo. Mas entre produtos muito similares, a diferença é quase zero. Nesses casos, a embalagem acaba fazendo a diferença e o consumidor acaba pagando mais por um visual um pouco mais bonito.

2. Escolhemos os alimentos mais bem posicionados nas gôndolas

Para comprar alimentos mais frescos, basta olhar nas partes mais profundas do balcão: os funcionários do supermercado colocam alimentos que expiram logo nas fileiras da frente. Também ficam em destaques nas gôndolas os produtos cujos fabricantes oferecem alguma vantagem ao supermercado - por exemplo, pagando para que uma marca de molho de tomate seja colocada na altura dos olhos do cliente. Visualizando bem as prateleiras (e não apenas as áreas de maior destaque), você não só comprará o leite ou a manteiga mais frescos, mas também economizará, porque não terá de descartar o alimento alguns dias após a compra.

1. Caímos nas armadilhas do marketing

Alguns fabricantes recorrem a truques baixos. "Óleo vegetal com vitamina E", "sal sem transgênicos", "ovos com gema laranja", todos esses truques influenciam as vendas. No entanto, antes de adquirir esse alimento especial, pense se isso realmente é verdade. Porque a vitamina E existe em sementes de girassol, então o óleo de girassol sempre terá essa vitamina. Os organismos geneticamente modificados (transgênicos) só podem estar presentes em alimentos de origem vegetal ou animal. Além disso, a cor intensa das gemas é conseguida graças aos aditivos especiais que são adicionados no alimento das galinhas.

Imagem de capa depositphotos
----
128k