Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Erros que encurtam a vida útil de suas roupas

2--2
27k

A necessidade de armazenar roupas é inevitável, mas poucas pessoas sabem como fazer isso do jeito certo. Por contas de erros no processo, muitas peças caras e queridas pagam o pato, perdendo a aparência original em pouco tempo.

Neste post, o Incrível.club mostra todos os erros que devemos evitar para manter a beleza de todo o seu guarda-roupa.

10. Cuidados errados com as roupas sazonais

Antes de guardar as roupas sazonais (aquelas que só são usadas numa estação do ano, como os casacos de inverno), é preciso submete-los a uma lavagem a seco. Nunca armazene suas roupas no armário sem limpá-las previamente. Do contrário, seus casacos podem perder a aparência, o brilho e a elasticidade originais. É importante também tratar as peças com produtos especiais contra insetos.

9. Embalar todas as peças à vácuo

Hoje em dia, as embalagens à vácuo estão muito populares. Para peças em couro natural e pele, esse método de armazenamento não é indicado, pois provoca um "sufocamento" dos produtos, levando ao surgimento de odores desagradáveis. Além disso, os detalhes da roupa grudam e as vilosidades da pele dobram, prejudicando o material.

8. Uso de cabides inadequados

Não economize em cabides. Se o seu armário só tem 5 deles e a quantidade de roupas é 10 vezes maior, você tem um problema: vá imediatamente a uma loja e compre quantos cabides sejam necessários. Outra coisa que nunca devemos fazer é colocar várias peças de roupa num mesmo cabide, uma por cima da outra: quando há 5 peças no mesmo cabide, a roupa fica enrugada e sem poder "respirar".

  • Escolha peças adequadas para o tamanho da roupa, para evitar o surgimento de "bolhas" nas mangas.
  • Os cabides devem ser aqueles indicados para o peso e o tipo de roupa: não pendure casacos pesados em cabides pequenos e finos, nem coloque um vestido de tecido delicado num cabide velho de madeira, pois o tecido pode enroscar no material.

7. Guardar suéteres e peças tricotadas do jeito errado

Peças tricotadas e de lã não devem ser penduradas em cabides, pois acabam esticando e perdendo a forma. Para guardar suéteres macios e volumosos, prefira usar estantes de tecido com divisões estreitas. Eles são perfeitos para acabar com este problema. Já a maneira ideal de guardar um suéter de lã é dobrando-o e mantendo-o numa prateleira à parte. Para não deformá-lo não coloque nada pesado em cima.

6. Guardar vestidos longos em cabides

Saias e vestidos longos, cujas barras encostam na parte de baixo do armário, devem ser colocados numa barra. As peças ficarão menos amassadas, sem exigir que você as passe com frequência.

5. Armazenamento equivocado das calças jeans

Além de possuírem a tradicional barra transversal para cabides, os armários modernos frequentemente são equipados com barras retráteis. Só que a lã e as peças tricotadas acabam cedendo no pontos de contato, enquanto o tecido de calças podem ficar marcado quando pendurados com a ajuda de pinças. Assim, a melhor forma de guardá-las a longo prazo é pendurando-as num cabide que sustente toda a parte inferior das peças.

4. Dobrar sutiãs no meio

Dobrando os sutiãs desta forma, você corre o risco de destruir o estilo daquela peça que tem uma função tão importante: sustentar o busto e torná-lo um ponto de destaque em sua silhueta. O melhor é guardar os sutiãs uns sobre os outros, de modo que as taças direita e esquerda fiquem apoiados sobre os da peça seguinte, colocado de forma similar.

3. Usar prateleiras em vez de cabide e vice-versa

Tanto vestidos delicados quanto blusas e camisas devem ser colocadas em cabides de acordo com seu tamanho, enquanto peças de lã e tricotadas precisam ficar em estantes ou prateleiras, para não deformarem.

2. Guardar muitas peças em cabides que não possuem capacidade

Possivelmente, pendurar várias peças ao mesmo tempo num só cabide é a pior coisa que você pode fazer. Sim, haverá economia de espaço no armário, mas a roupa que ficar na parte de baixo terminará toda amassada. Várias peças só podem ser penduradas num mesmo cabide quando este conta com vários níveis.

1. Zíperes abertos e peças desabotoadas

Ao pendurar roupas em cabides, não esqueça de abotoar as peças e fechar os zíperes. Assim, você manterá a forma original das roupas, reduzindo o risco de amassá-las ou mesmo destruí-las.

Ilustradora Natalia Kulakova exclusivo para Incrível.club
2--2
27k