13 Itens para grávidas e futuras mamães que costumam ser um desperdício de dinheiro

A gravidez costuma ser um momento muito especial para a mulher. Primeiro, porque ela vê seu corpo mudando a cada dia. E, em segundo lugar, porque ela costuma se preparar completamente para a chegada do bebê. Portanto, a lista de coisas a ser comprada com urgência aumenta constantemente, e os gastos podem ser preocupantes.

Nós, do Incrível.club, estudamos cuidadosamente as opiniões de internautas e especialistas para preparar uma lista de coisas para gestantes e seus bebês, que geralmente são dispensáveis e podem se tornar um desperdício de dinheiro. Confira!

Roupas específicas para grávidas

Durante a gravidez, o corpo muda rapidamente, então é preciso escolher roupas confortáveis ​​que não pressionem em pontos estratégicos. Infelizmente, roupas especiais para gestantes não são baratas: algumas mulheres gastam em média cerca de 500 dólares nesse tipo de vestuário. Além disso, essas roupas nem sempre são confortáveis ​​e, muitas vezes, não servem mais após o parto. Um simples jeans com elástico na cintura será uma peça muito útil.

  • Roupas para mulheres grávidas costumam ser horríveis. Em vez disso, comprei vestidos largos e camisas grandes. © loopylicky / Reddit
  • Comprei vários tipos de vestidos durante a gestação. Nada disso foi barato, e o pior, não gostei de nenhum deles. Algumas peças apertavam a barriga, enquanto outras eram pequenas no peito.

Kit de bolsas maternidade

Durante o período gestacional é comum desejarmos tudo aquilo que parece ser necessário. Uma dessas coisas é o kit de bolsas maternidade, geralmente composto por três itens: uma mala, uma bolsa média e outra pequena. Não há dúvidas de que para o parto, será fundamental levar uma boa quantidade de itens para o hospital, o que faz com que esse conjunto seja no mínimo atrativo; contudo, será que ele é realmente útil após o período no hospital, sobretudo quando lembramos da bolsa maior?

É possível que durante as saídas com seu filho, você não deseje levar algo tão grande e volumoso. Afinal, já haverá um bebê que ocupará uma parte considerável do seu espaço. Levando isso em consideração, em vez de adquirir um conjunto completo, uma opção mais barata seria comprar as bolsas individualmente e caso seja realmente necessário, investir em outras no futuro.

Análogos baratos de monitores de frequência cardíaca

Muitas gestantes se preocupam com a saúde do bebê e procuram verificar como está progredindo a gravidez. Para isso, é possível comprar on-line monitores baratos que monitoram a frequência cardíaca fetal. Mas os especialistas não recomendam o uso de tais dispositivos.

Primeiro, eles diferem dos modelos profissionais. Em segundo lugar, apenas um profissional capacitado pode detectar facilmente um batimento cardíaco e entender se tudo está bem. Ademais, ainda não é comprovado se o uso frequente de aparelhos de ultrassonografia afetam a saúde da mãe e do bebê.

  • Sou parteira profissional e meu monitor de frequência cardíaca custa cerca de 750 dólares. Portanto, fico em dúvida quanto aos dispositivos semelhantes que são vendidos por 50-70 dólares. Quem os certifica, eles são seguros? Além disso, as gestantes geralmente não sabem qual batimento cardíaco é normal para o feto e como distinguir entre o pulso materno e o do bebê. © coreythestar / Reddit

Acessórios para controle de temperatura

À primeira vista, pode parecer muito funcional contar com um aquecedor de mamadeira, por exemplo. Na prática, o equipamento leva bastante tempo para aquecer e outro tanto para deixar o leite na temperatura adequada. Portanto, é melhor economizar o valor desse equipamento e se preparar para a hora da mamada à moda antiga, com banho-maria.

O mesmo vale para o termômetro de banheira. Lembra quando nossas mães colocavam o antebraço na água? Essa forma de identificar se a temperatura está ideal para a pele do bebê é eficiente ainda hoje. Se é possível fazer isso com a própria mão, não parece fazer muito sentido ter uma ferramenta adicional. É um item a menos que você vai precisar ter em casa — ou carregar na mala, quando sair com o pequeno.

Cremes antiestrias

A gravidez geralmente deixa marcas no corpo feminino, incluindo as estrias. Cientistas tendem a acreditar que a genética desempenha um papel decisivo na formação dessas “cicatrizes”. Além disso, alterações hormonais durante a gestação tendem a afetar a pele e torná-la mais propensa às estrias.

Infelizmente, a maioria dos cremes que promete se livrar das estrias não ajudam. Mas eles podem aliviar a coceira na pele que ocorre quando certas partes do corpo começam a aumentar de tamanho. Para encontrar o produto certo, vale a pena conversar com um dermatologista.

  • Infelizmente, as estrias se resumem à genética e não há nada que você possa fazer para evitá-las. Algumas pessoas usam cremes para minimizar a coceira. Eu, pessoalmente, não usei nenhum creme, só fiquei com estrias embaixo dos meus seios. © H8erade18 / Reddit

Vitaminas não prescritas por um médico

Uma dieta adequada desempenha um papel fundamental durante a gestação. Frequentemente, as mulheres grávidas começam a tomar vários complexos vitamínicos por conta própria para adicionar mais nutrientes à dieta. Como estudos recentes mostraram, há poucos benefícios em fazer isso. Se nenhum medicamento suplementar for prescrito pelo médico, somente ácido fólico e vitamina D podem ser tomados por algumas grávidas de determinadas regiões.

  • Tentei um multivitamínico especial para gravidez. Além dos comprimidos serem enormes, tive a pior náusea da minha vida nos três dias em que os tomei. © prunellazzz / Reddit

Alguns travesseiros para gestantes

Tais travesseiros costumam ser muito confortáveis, mas depende muito da qualidade do produto e de sua composição. Às vezes, eles são escolhidos sem prestar atenção ao tamanho e, como resultado, ocupam todo o espaço da cama. Travesseiros para gestantes de qualidade, embora caros, são muito convenientes para dormir. Caso queira, você mesma pode costurar e montar essa peça.

  • Não se esqueça de verificar a composição do travesseiro. Alguns são tão quentes, que parecem ter fibra sintética por dentro, e causam a sensação de estar armazenando e gerando calor. Recomendo comprar uma fronha sobressalente, porque depois é difícil encontrar um modelo igual. © SwampLight / Pikabu

Muitas roupas para recém-nascidos

Além de artigos para grávidas, muitas mães também compram todo tipo de vestuário para seus recém-nascidos. E, às vezes, em excesso. Todas aquelas roupinhas parecem tão fofas que é impossível resistir. Mas os bebês crescem tão rápido que, às vezes, acabam nem usando todas as peças.

  • Ao me preparar para o nascimento do meu filho, não conseguia passar calmamente pelo departamento de roupas para recém-nascidos. Comprei um monte de camisetas, calças, suéteres e macacões do menor tamanho. E tamanha foi a minha surpresa quando meu bebê recém-nascido não cabia em nenhuma das roupinhas.

Cadeira de alimentação

Não é incomum que muitas mães acreditem ser de extrema necessidade adquirir uma cadeira de alimentação visando o bem estar do bebê durante as refeições. No entanto, é válido considerar que elas geralmente ocupam um espaço considerável na casa, e se não tivermos cômodos grandes, podem acabar se tornando dispensáveis ou ao menos não tão funcionais.

Em contrapartida, os assentos portáteis são bem menores e totalmente adaptáveis aos mais diversos estilos de cadeiras e até mesmo sofás. Além de geralmente serem mais baratos, cumprem exatamente a mesma função. Uma troca no mínimo atraente, não?

Bombas tira-leite e esterilizadores de mamadeira

Uma bomba tira-leite é um dispositivo bastante útil, especialmente se a gestante planeja amamentar. Mas não se apresse em adquiri-la, já que há vários modelos diferentes, que podem não ser adequados para algumas mamães.

Algumas maternidades oferecem serviços de aluguel de bombas tira-leite, onde é possível encontrar o modelo mais conveniente. O mesmo se aplica ao esterilizador de mamadeiras. Se o bebê não se alimenta com fórmula, o esterilizador não é necessário.

  • Compramos mamadeiras de todos os tipos e tamanhos e um esterilizador muito antes da chegada do bebê. Mas nada foi usado: o pequeno ficou pendurado no meu seio por até um ano e não tomava nenhum outro líquido. Depois começou a beber diretamente do copo.

Aparelhos de ruído branco

Preocupados com a qualidade do sono do bebê, alguns pais adquirem dispositivos especiais que criam ruído branco (sinal sonoro que contém todas as frequências na mesma potência). Tais aparelhos ajudam a criança a adormecer mais rápido, mas não funcionam para todos os bebês. Além disso, o uso muito frequente de geradores de ruído branco pode ser prejudicial à saúde.

  • Compramos um dispositivo especial e acabou sendo totalmente inútil. Mas o aplicativo gratuito no celular funciona muito bem. © Androlly / Reddit

Alguns tipos de faixas para gestantes

As faixas gestacional costumam ajudar muitas mulheres que começam a sentir dores nas costas a partir de um determinado período. No entanto, alguns especialistas não recomendam o uso desses artigos por muito tempo. A faixa deve ser comprada e provada em uma loja especializada. Também é possível encontrar opções mais baratas on-line, mas algumas delas são uma perda de dinheiro, além de serem desconfortáveis.

  • Comprei uma faixa gestacional on-line para ajudar a aliviar o peso e a dor nas costas, mas não pude usá-la. © missmaimz / Reddit

Avental de amamentação

Os aventais de amamentação, usados por algumas mamães que não se sentem à vontade para amamentar seu bebê em público, costumam ter suas desvantagens. Em primeiro lugar, alguns modelos são muito grandes, quentes e inconvenientes de serem transportados. Em segundo lugar, nem todas as crianças ficam confortáveis ao serem cobertas durante a amamentação.

  • Eu nunca consegui entender o propósito desses aventais de amamentação, especialmente nos dias quentes. © M****MeMolly / Reddit

Já comprou algum desses itens durante a gravidez que nunca usou? Deixe o seu relato na seção de comentários.

Observação: Este artigo foi atualizado em Dezembro de 2021 para corrigir o material de origem e/ou imprecisões factuais.
Compartilhar este artigo