Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

Usuários da rede disseram por que se divorciaram após mais de 20 anos de casamento

Infelizmente, até os casamentos mais “felizes” podem terminar em divórcio. Não estamos falando aqui apenas de casais mais jovens, mas também daqueles que passaram décadas juntos. Encontramos no Reddit centenas de histórias interessantes de muitas pessoas que se divorciaram depois de viverem juntas por mais de 20 anos. As razões, no entanto, foram mais do que justificadas: cônjuges que afastaram familiares; que se livraram de animais de estimação; que roubaram dinheiro da família; que colocaram GPS no carro do outro; que não paravam de falar com “amigos” pela Internet e outros que até levaram seus parceiros para um hospital psiquiátrico.

Nós, do Incrível.club, lemos todas as histórias e publicamos aqui abaixo as que chamaram mais a nossa atenção. Acompanhe!

  • Os pais do meu marido sempre foram muito infelizes juntos, por muitos anos. Quando meu marido foi servir o exército, eles finalmente se divorciaram e, depois, ambos se casaram novamente com outras pessoas. Os dois não se suportavam, sempre discutiam por tudo. Durante o nosso casamento, tivemos que tirar fotos de família separadas, com o pai e a família dele, e com a mãe e a família dela. Depois de um certo tempo, no entanto, recebi uma ligação da mulher do meu sogro, desesperada, dizendo que tinha encontrado o marido na cama com a minha sogra. De início meu marido não acreditou. Bom, os pais do meu marido voltaram, se casaram novamente e hoje agem como se nunca tivessem se separado. © s0much2say

  • Quando eu tinha 8 anos, meu pai ameaçou largar a minha mãe por não se dar bem com o irmão dela, que ao que parece tinha a necessidade de ser visto como o “homem” da casa e tinha medo de ser substituído. Meu pai obrigou minha mãe a escolher: ou ele ou o irmão. Ela optou por manter a família unida e parou de falar com o meu tio. Anos depois, quando meu irmão já estava mais velho, começou a entender o comportamento egoísta e agressivo que meu pai tinha, e decidiu lhe falar umas verdades. A conversa não foi nada boa, pois meu pai achou que era minha mãe que estava o influenciando a pensar assim. Por isso, meu pai largou minha mãe e nossa família. Hoje, eles moram separados, mas não estão oficialmente divorciados. Recentemente descobrimos que ele está namorando uma garota de 25 anos já há um ano. Meu pai tem 60. © Mister-Fisker
  • Foram 23 anos juntos. Eu menti diversas vezes para a minha mulher, e ela sempre me perdoou. A gota d’água, no entanto, foi quando menti sobre uma dívida por conta do dinheiro que gastava em jogos de azar. Eu acredito que ela teria perdoado a mentira, mas não o vício. Frequentei grupos de apoio para aprender a lidar com o vício, mas já era tarde demais. O lado bom é que agora não jogo há 3 anos, e foi muito mais fácil lidar com esse problema quando encontrei outras pessoas que me apoiaram. © Vharaek
  • Meus pais pediram o divórcio depois que meu pai teve um derrame e precisou se afastar do trabalho. Por alguma razão, esta seria a única forma de manter a aposentadoria dele e prolongar o seguro-saúde. Sem isso, meus pais não poderiam pagar as prestações da casa e a insulina dele. Felizmente, o agente de seguros era um grande amigo da família e conseguiu encontrar alguma lacuna na lei que permitia a meus pais viverem sob o mesmo teto, mesmo oficialmente divorciados. Demorou uns 2 anos para terminar o processo todo. Hoje lembro das palavras do meu pai: “Se a igreja nos considera um casal, isso já é suficiente para mim”. © bumblebeesnotface

  • Trabalhei para uma firma de advocacia que lidava predominantemente com direito de família. Certa vez, tivemos 8 clientes que queriam se divorciar depois de mais de 20 anos de casados. Todas as mulheres estavam casadas com militares de alta patente e queriam o divórcio por se descobrirem como gays. Elas esperaram os filhos crescerem e o maridos chegaram quase no fim da carreira militar para pedir o divórcio. Imagino que essas mulheres deviam pensar que já tinham cumprido suas responsabilidades com a família, e agora queriam começar a viver suas próprias vidas. © AfghanHokie

  • Meus pais se separaram depois de quase 30 anos de casamento. Não foi nenhuma novidade, meu pai traía minha mãe constantemente, e acho que um dia ele simplesmente pediu o divórcio. Acredito que minha mãe tenha ficado com meu pai porque seria difícil demais para ela começar a vida do zero novamente. Ela não tinha terminado a faculdade e claramente tinha problemas com autoconfiança. © thepettypineapple

  • Meu marido frequentava clubes de strip-tease. Ele roubava cerca de 200 dólares por semana, de diferentes contas que tínhamos, para bancar tais atividades. Até chegou a perder o emprego, porque passava tanto tempo no clube que se atrasava para o trabalho. Como tínhamos crianças pequenas, decidi manter o casamento, e combinamos que ele iria ao psicólogo. Mas não ajudou. Há mais ou menos um ano, descobri que ele voltou a frequentar aqueles lugares, e ainda trocava mensagens com as strippers. Eu fiz o que pude durante esses 20 anos, mas não consigo me ver comemorando mais um ano de casamento com meu marido. É muito assustador pensar que ficarei sozinha. Eu não o odeio, apenas sinto pena. E a cada dia que passava perto dele, sentia que minha alma estava sendo arrancada do meu corpo. © msscahlett

  • Certa vez, meu pai se afastou do trabalho por 6 meses por causa de uma lesão. Minha mãe, então, começou a trabalhar meia jornada para pagar as contas da casa e as prestações. Como meu pai era bastante conservador e “cabeça fechada”, imediatamente achou que minha mãe o estava traindo. Ele colocou um rastreador e um gravador no carro dela. Foi ao trabalho dela e fez uma cena com perguntas desagradáveis aos colegas de trabalho. Além disso, bebia muito em casa. O mais curioso foi que, quando minha mãe pediu o divórcio, ele parecia estar muito surpreso. Vimos depois que meu pai começou a namorar outra mulher e rapidamente se mudou para a casa dela. Pelo que sabemos, fez a mesma coisa com ela e foi expulso de casa novamente. © bumsydinosaur

  • Meus pais foram casados por 22 anos até se divorciarem quando eu tinha 6. Meu pai chegou a se casar novamente, mas se divorciou. Minha mãe não chegou a casar. Quase 30 anos depois, no dia do meu casamento, meus pais se viram pela primeira vez depois de todo aquele tempo. O engraçado foi que eles estavam flertando como dois adolescentes. Desde então, estão “namorando” e morando praticamente juntos já há quase 5 anos. E agora acham engraçado me envergonhar, publicando detalhes de suas vidas pessoais nas redes sociais. © RoboOverlord

  • Isso aconteceu com meus pais. Eles se divorciaram depois de 25 anos de casamento. Meu pai era bastante emotivo e impulsivo, e minha mãe se importava demais em manter a família sempre unida e queria todos por perto. Foi meu pai que pediu o divórcio. Acho que ele a culpava por nunca deixá-lo viajar ou até sair da nossa cidade, Chicago. Além disso, ela teve depressão depois que minha avó (mãe dela) morreu e, por isso, fazia o mínimo diariamente: ia para o trabalho, voltava, esquentava algo no micro-ondas e dormia. É bem estranho ver um casal se separar depois de tanto tempo, mas agora eu e minhas irmãs sabemos como não construir um relacionamento. © acewing

  • Minha mãe pediu o divórcio depois de 27 anos com meu pai. Parece que minha mãe teve uma crise da meia-idade, na qual pensava que se continuasse naquela casa passaria o resto da vida lá, sem aproveitar a vida da forma como queria, visto que meu pai era bastante tradicional e gostava de rotina. Eu acredito que voltar a conversar com um namoradinho dela da infância também influenciou na decisão. No início, foi bastante difícil de aceitar, pois éramos muito jovens, mas hoje entendo que foi a melhor decisão que ela poderia ter tomado. Os dois parecem muito mais felizes vivendo a vida separados, e isso me deixa feliz. © depthandbloom

  • Meus amigos foram casados por quase 30 anos. Eles tinham dois filhos, e era um casamento praticamente perfeito. Os dois não brigavam, não se desentendiam, e não houve um motivo específico para o divórcio — simplesmente não se amavam mais. Um belo dia, decidiram que estava na hora, foram beber num bar e decidiram dividir os bens 50/50. E passaram a morar perto um do outro, para que as crianças pudessem ir para a casa do papai e da mamãe com facilidade. Além disso, saíram algumas vezes em encontros duplos, como se fossem apenas amigos. © TheBrontosaurus

  • Minha amiga foi casada por cerca de 30 anos. Ela era dona de casa, e ele trabalhava e ganhava muito dinheiro. As crianças cresceram e saíram de casa, e o casal começou a notar que não tinha muitas coisas em comum. Talvez tivesse sido melhor se o pai do marido não tivesse morrido, pois o velho deixou uma herança de quase 4 milhões de dólares para o filho. Quando o marido se consultou com um advogado, descobriu que se estivesse divorciado antes de receber a herança, não precisaria dividir o dinheiro, ficaria com tudo. Em alguns dias, ele se divorciou da mulher. © KarateKid1984

  • Estamos juntos há 21 anos e quero pedir o divórcio. As crianças já se tornaram independentes, mas praticamente não consigo nem 5 minutos de atenção da minha esposa. Ela acorda com a mão no celular, conversando pelo chat, trabalha e dorme. Não conversamos mais. Ela sai frequentemente para almoçar com amigos da Internet (“Eu juro, somos só amigos!”) e desliga a geolocalização quando sai de casa. É óbvio que está me traindo: passou a frequentar mais o salão de beleza, ir à praia, se arrumar melhor e fazer esportes. E ainda fica chateada se eu lhe pergunto para onde está indo, e se irá jantar em casa. Estou vivendo nessas condições há bastante tempo, mas agora percebi que ela não precisa mais de mim. Então, por isso, vou deixá-la livre para fazer o que quiser. © TheDadVan

  • Fui casado com uma mulher incrível por 27 anos. Tivemos uma filha linda e uma vida maravilhosa juntos. Em certo momento, eu tive um caso, e isso partiu o coração da minha esposa. Agora somos bons amigos e nos vemos pelo menos uma vez na semana. Mas minha vontade é voltar no tempo e consertar o estrago que eu fiz. Hoje tenho 60 anos, moro sozinho e tudo o que tenho são lembranças e arrependimentos. © ch1959

  • Meu marido matou nosso cachorro, que já estava velho e não podia ficar sozinho por mais de 7 horas. Eu cuidava dele diariamente, limpava e o levava para passear. Estávamos escolhendo uma casa nova para nos mudarmos, e meu marido decidiu que o cachorro não iria conosco. Em vez de conversar comigo sobre o assunto, ele decidiu sumir com o cão enquanto eu estava no trabalho. Tive que acalmar as crianças naquela noite, elas não paravam de chorar. Ver todo aquele trauma nos olhos dos meus filhos foi a gota d’água para mim, e meu coração simplesmente se fechou para o meu marido. © attpoizen

  • Após 47 anos de casamento, minha mulher enlouqueceu. Ela gritava comigo constantemente, até um dia conseguir me internar num hospital psiquiátrico à força. Eu fui liberado 48 horas depois e, quando cheguei em casa, ela tinha levado o carro e o cachorro e deixou apenas um bilhete dizendo: “Não aguento mais.” Agora eu estou sozinho aos 71 anos. A família dela não acredita em mim, e passei o Dia de Ação de Graças e o Natal sozinho pela primeira vez desde 1972. Tudo o que me resta é tentar encontrar um novo amor. © oldrocker99

  • Estamos casados há 20 anos, mas estamos à beira do divórcio. As coisas são muito diferentes no início do relacionamento, a vida nos força a mudar. No começo, ele é cultivado e floresce com o tempo. Depois, no entanto, aparecem as crianças, as responsabilidades e trabalhos diários, e se passa a ter menos tempo (ou nenhum) para cultivar o amor. Mais tarde, nos tornamos apenas parceiros de vida, que se ajudam nas tarefas domésticas e na educação das crianças. Isso dá muito espaço para discussões e brigas, o que é perfeitamente normal, mas o romantismo deixa de existir. Por isso, acho que manter um casamento é muito mais difícil do que as pessoas imaginam. As crianças são a única coisa que nos mantêm juntos. © luckyleighton

  • Iniciei o processo de divórcio depois de quase 25 anos de casamento. Prolongamos alguns anos por causa das crianças. Depois que nossos filhos saíram de casa, no entanto, voltei a me apaixonar pela minha mulher, e decidimos ficar juntos. Os relacionamentos às vezes dão voltas, e estou muito feliz que não nos separamos. © murmathon

Você conhece alguém que decidiu mudar de vida radicalmente e se separar depois de anos de casamento? Comente!

Imagem de capa s0much2say / Reddit
Compartilhar este artigo