Por que não deveríamos tentar ensinar crianças de 1 a 3 anos a compartilhar

“Compartilhar é cuidar”. Isso é o que nos ensinam e é o que queremos que nossos filhos entendam. Às vezes, porém, é difícil fazer seu filho compartilhar o brinquedo com outras crianças sem ter um acesso de raiva. O fato é que é importante levar em consideração a idade da criança e, se for o caso, adiar o momento de ensiná-la a compartilhar suas coisas, até que ganhe maturidade para compreender isso.

Nós, do Incrível.club, não tínhamos ideia de que a idade da criança fizesse diferença quando se trata de ensiná-la a compartilhar com outras pessoas. Mas aparentemente você pode falhar, se fizer isso muito cedo!

Os pequenos não entendem o que significa compartilhar

Às vezes as crianças são muito novas para entender o conceito de dividir. Portanto, não adianta tentar explicar que devem emprestar seu brinquedo para outra criança. Elas simplesmente não vão entender e suas palavras não vão significar nada.

É por isso que é importante esperar até que seu filho fique um pouco mais velho, quando estará mental e emocionalmente desenvolvido, para ser capaz de entender como os conceitos de compartilhar e cuidar estão conectados e por que é bom dividir seus brinquedos com as outras crianças.

Possuir as próprias coisas ajuda as crianças a construírem um senso de identidade

Uma das razões pelas quais as crianças não entendem o conceito de compartilhamento é porque ainda não possuem um “conceito de si mesmas” como pessoas separadas e individuais. E possuir seus próprios brinquedos pode lhes dar essa compreensão. Então, quando pegam algo e decidem que é delas, não estão sendo egoístas. Elas estão “testando a hipótese de que são indivíduos”. As crianças pequenas não entendem que as coisas podem pertencer a outras pessoas, e não apenas a elas.

As crianças acham que compartilhar significa dar seu brinquedo para sempre

Outra coisa que complica a questão é o conceito de tempo — as crianças também não entendem isso. Portanto, embora um pai possa achar que não significa um problema deixar outra criança brincar com o brinquedo do seu filho, a criança vê isso como se tivesse de abrir mão do brinquedo para sempre. Porque as crianças simplesmente não conseguem imaginar que outra pessoa possa ficar com o brinquedo apenas por um tempo e depois devolvê-lo. A mesma incapacidade de entender acontece quando você diz para elas brincarem um pouco cada uma, ou seja, alternando a vez.

Elas não conseguem controlar seus impulsos

É difícil para as crianças controlar os impulsos. Então, se querem algo e desejam que seja apenas delas, não há palavras que possam persuadi-las do contrário.

Como sugerir ao seu filho que compartilhar é a coisa certa a fazer

Pode ser que seu filho pequeno compartilhe alguma coisa com você. No entanto, esse não é um ato consciente, pois as crianças pequenas estão apenas explorando e experimentando. Se isso acontecer, você pode mostrar como o pequeno foi gentil ao dividir alguma coisa genuinamente. Portanto, se essas situações acontecem de forma natural, você pode usá-las como uma oportunidade para ensinar a compartilhar.

Se alguém pegar o brinquedo do seu filho, é importante que ele se sinta compreendido. Você pode descrever as emoções para ele e enfatizar que entende sua frustração, depois que outra criança pegou seu brinquedo. Você também pode dizer que seu filho pode optar por não emprestar seus brinquedos e suas coisas, porque é direito dele fazer isso. Quanto à criança que levou o brinquedo, você pode sugerir que ela pergunte antes se pode brincar com o objeto da próxima vez, em vez de apenas pegá-lo.

No entanto, não force. Se insistir para seu filho compartilhar o brinquedo com outra pessoa, ele pode começar a associar essa palavra a algo negativo e esse período de “egoísmo” e de querer ter coisas só para si pode durar por muito mais tempo.

Com os anos, seu filho vai entender melhor o mundo e pode até aprender a gostar de compartilhar, pois verá que isso deixa as outras pessoas felizes.

Quando você começou a ensinar seus filhos a compartilhar suas coisas com outras pessoas? Existem truques que o ajudaram a passar essa lição?

Compartilhar este artigo