Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
O maior erro que os pais cometem ao educar seus filhos

O maior erro que os pais cometem ao educar seus filhos

----
255

Acredita-se que os meninos devem ser educados com maior rigor do que as meninas. No entanto, um estudo recente descobriu que os meninos, em seus primeiros anos de vida, devem ser tratados com mais ternura e mais cuidado do que as meninas.

Neste artigo, o Incrível.club explica por que é tão importante seguir estas recomendações na hora de educar os filhos.

Por que os meninos são mais difíceis?

O neuropsicólogo Allan Shore, da Universidade da Califórnia, Estados Unidos, mostra uma visão geral da pesquisa de seus colegas, que fundamenta que o hemisfério direito do cérebro se desenvolve mais lentamente nos meninos do que nas meninas. Por esse motivo, eles são menos suscetíveis aos sons e às pessoas que os rodeiam, além de serem mais irritáveis e exigentes. Para eles, é mais difícil tolerar o estresse. Além disso, os meninos são menos resistentes a doenças neuropsiquiátricas, como o Transtorno de Déficit de Atenção (TDA-H) e o autismo, que se manifestam em uma idade precoce.

A falta de contato com a mãe leva os meninos a sentir muita ansiedade e afeta a formação das conexões neurais do cérebro, que são responsáveis ​, por exemplo, ​pelo autocontrole e a socialização.

Um relacionamento terno e forte com a mãe é vital para os meninos.

4 Conselhos do neuropsicólogo Allan Shore

  • Não separar a mãe do bebê no nascimento. A separação, imediatamente após o nascimento, gera estresse elevado em todas as crianças, mas para os meninos é particularmente prejudicial, pois leva a um aumento acentuado do hormônio cortisol. Se os níveis desse hormônio ficarem elevados por um longo tempo, isso pode afetar o desenvolvimento do cérebro e a saúde da criança.
  • Passe com o seu filho todo o período de licença maternidade. Durante esse período, as crianças estão mais vulneráveis.
  • Não seja rígida na educação dos meninos, especialmente nos primeiros anos de vida. Evite o estresse. Receba pacientemente as manifestações das emoções negativas. Não o impeça de chorar nem o envergonhe por isso e não o deixe sozinho durante seu choro e sofrimento. Abrace-o e o beije com muita frequência.
  • Nas crianças pequenas existe um grande impacto negativo das toxinas ambientais (por exemplo, os fenóis). Isso é prejudicial para o desenvolvimento do hemisfério direito do cérebro. Devemos ficar sempre atentos a tudo o que rodeia o nosso bebê.
----
255