Incrível
Incrível

Crianças que brincam com os pais aprendem mais rápido, conclui estudo

Ficou provado que nos primeiros quatro meses da criação dos filhos, os pais experimentaram um crescimento em partes do cérebro envolvidas na motivação parental. A mudança ocorre tanto para os pais quanto para os bebês que, graças à presença e às brincadeiras com seus pais, aprendem a administrar suas emoções. E, segundo o estudo, as crianças ainda desenvolvem outras habilidades.

Incrível.club gostaria de orientá-lo a partir dos resultados obtidos por esse estudo, que também nos possibilitou valorizar todos os pais, como eles de fato merecem.

Os primeiros meses são muito importantes

Desde as primeiras semanas, os bebês começam a aprender a pensar, a imaginar e a entender as coisas ao seu redor. O processo de aprendizagem é chamado desenvolvimento cognitivo. O pai contribui muito para esse processo e a melhor maneira de ajudar é estar envolvido desde o início.

Com 2 anos, os bebês foram testados para ver se reconheciam cores e formas

estudo foi conduzido por uma equipe do Imperial College London, King’s College London e Oxford University. Os pesquisadores filmaram os pais brincando com seus bebês de 3 meses por 3 minutos em uma esteira no chão, sem brinquedos, e novamente durante uma sessão de leitura, após a criança completar 2 anos.

Eles perceberam que os bebês que vivenciaram um forte envolvimento com seus pais aos 3 meses conseguiram boas pontuações em testes aos 2 anos, como o reconhecimento de formas e cores, se comparados aos bebês que não tiveram esse contato com seus pais.

Atividades de leitura são ótimas para crianças pequenas

Além dos principais resultados e discussões, os cientistas perceberam que as atividades envolvendo a leitura são benéficas para a atenção, a resolução de problemas e a linguagem. Assim, os pais que desde cedo dedicaram tempo à leitura para seus filhos contribuíram, de forma serena e sensível, para o desenvolvimento cognitivo das crianças.

A interação de um pai com seu filho também pode afetar o comportamento social de uma criança

Graças a esse estudo, descobrimos que o comportamento social de uma criança é influenciado pela interação pai-filho. Para estar presente na vida do seu pequeno, você talvez possa passar um tempo brincando no quintal ou fazendo desafios dentro de casa. Dessa forma, poderá ajudar seu filho a interagir melhor com o mundo exterior e a se tornar mais ativo.

Você acredita que os comportamentos cognitivos dos bebês são influenciados pelo relacionamento com o pai? Ou que as interações entre mãe e filho são a parte mais importante do desenvolvimento inicial?

Incrível/Crianças/Crianças que brincam com os pais aprendem mais rápido, conclui estudo
Compartilhar este artigo