Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como viajar de avião com crianças em paz e tranquilidade

Viajar de avião pode ser uma experiência difícil para crianças, para os pais e para os demais passageiros. Os pequenos geralmente têm dificuldade em lidar com as mudanças de pressão, além de sentirem enjoos. Além disso, ficar sentado no mesmo lugar por várias horas também não é tarefa fácil, mesmo para adultos.

O Incrível.club juntou neste post conselhos de psicólogos e de pais com experiência nesta situação, tudo para fazer com que sua viagem seja pacífica, tranquila e agradável.

Regra principal: as crianças percebem o estado emocional de seus pais. Se a mãe estiver nervosa porque o voo atrasou ou por não conseguir achar um táxi para ir até o aeroporto, por exemplo, a sensação será transmitida à criança.

Isso acontece devido à mudança brusca de pressão - conforme o avião sobe, a pressão diminui, mesmo a cabine sendo pressurizada. Às vezes, isso provoca dor nos ouvidos, mas há alguns métodos para combater o problema.

Para crianças de 1 a 3 anos:

  • Dê chupeta ou mamadeira, ou amamente o pequeno. Espere o avião iniciar a decolagem para dar a mamadeira; assim, ele não vai mamar tudo antes da hora.
  • Se a criança gosta de te imitar, experimente bocejar ou simplesmente abrir a boca.
  • Teste o uso de tampões infantis para os ouvidos. Eles ajudam a estabilizar paulatinamente a pressão dos ouvidos, aliviando o incômodo infantil.

Para crianças com mais de 3 anos:

  • Bocejar bastante ou abrir bem a boca.
  • "Abrir" os ouvidos: fechar a boca e tampar o nariz com a mão, tentando exalar o ar.
  • Chupar balas ou pirulitos, tomar alguma bebida com canudo ou comer algo leve, como um pedaço de pão ou uma maçã.
  • Experimentar tampões infantis de ouvidos.

Se a criança estiver resfriada, com o nariz congestionado ou garganta inflamada, os médicos aconselham o uso de gotas que aliviam as mucosas ou de tampões infantis. Consulte o pediatra antes do voo.

Para crianças de 1 a 3 anos:

  • Um sono agradável

Muitos pais tentam conciliar o voo com o horário e rotina da criança. É uma ótima dica, mas nem sempre é possível. Nesses casos, 5 ou 6 dias antes da viagem, comece a mudar gradualmente a rotina, para que o sono infantil coincida com o tempo de voo. Uma ou duas horas antes da viagem, você pode passear com a criança pelo aeroporto. Antes do embarque, faça uma massagem tonificante na criança, alimente-a e troque sua fralda. Fazer isso a bordo é bastante incômodo. Algumas crianças dormem mais rápido quando embaladas no colo, passeando pelo corredor do avião.

  • Alimentação

As crianças toleram as horas de voo com mais facilidade com ajuda da comida. Sobretudo, quando são suas guloseimas prediletas. Faça disso um jogo: leve a bordo biscoitos infantis em forma de letras ou animais, e balinhas em forma de ursinhos ou frutas.

  • Atividade física

Para uma criança, um avião é um enorme brinquedo. Ande com ela pelo corredor explicando como a aeronave é construída e as partes que a compõem. Visite os comissários de bordo para ver onde a comida e a bebida dos passageiros são armazenadas. Em alguns voos domésticos, é permitida até a visita à cabine do piloto.

  • Brincadeiras e entretenimento

Escolha, se possível, a poltrona da janela. Sopre no vidro para que ele fique embaçado, e sugira que a criança faça desenhos com o dedo. Experimento procurar pelo céu nuvens que pareçam animais ou determinados objetos. Há no mercado adesivos que colam e descolam facilmente. Com a ajuda deles, a criança pode criar uma verdadeira arte na janela.

Jogue futebol "de vento" com um guardanapo: desdobre a mesa, pegue um guardanapo e faça com ele uma bolinha. O jogo consiste em soprar a bola por ambos os lados, evitando que ela caia da mesa.

Experimente usar livros interativos (mas sem som), daqueles com pequenas janelinhas, peças que se mexem e figuras que se abrem com o passar das páginas. As crianças são capazes de passar horas lendo-os e brincando com eles.

Você pode ainda brincar de mímica com a criança, ou de fazer mágica escondendo pequenos objetos com as mãos. Outra ideia é brincar de "quente-frio", após esconder o brinquedo favorito do pequeno. Seu filho vai gostar também se você levar "dedoches" como os da foto abaixo. Com eles, você pode criar uma verdadeira peça de teatro diretamente sobre a mesinha dobrável.

Para crianças com mais de 4 anos:

  • Sono gostoso

Para que a criança consiga dormir de forma confortável na poltrona, leve uma almofada para o pescoço ou um cobertor. Peça à tripulação que coloque você numa poltrona na parte mais vazia do avião, se possível, para que a criança possa deitar em 2 ou 3 assentos.

  • Jogos e desenhos animados no tablet com fones de ouvido

Eles ajudam a distrair a criança, mas tenha cuidado. Algumas crianças ficam enjoadas ao brincarem com tablet durante o voo.

  • Brincadeiras

Experimente jogos infantis para viagens, como UNO ou um quebra-cabeças. Relembre as brincadeiras da sua infância: adedonha, aviões de papel, etc.

  • Atividades criativas

Há no mercado os chamados scratchboard (foto abaixo), nos quais o desenho vai aparecendo à medida em que a superfície é raspada. Outra opção são os álbuns para colorir com água, algo que ajudará a divertir a criança durante a viagem e manter o ambiente tranquilo e pacífico.

  • Jogo "A bordo" (para crianças a partir dos 3 anos)

Vamos transformar o voo numa verdadeira aventura: ao decolar, a criança deve receber uma lista com tarefas que deve cumprir antes que o voo termine. Se todas as missões forem cumpridas, o piloto dará um prêmio com ajuda de um dos comissários de bordo.

Como fazer:

  1. Crie uma lista de tarefas. Nela, descreva as atividades e coloque um quadrado na frente de cada tarefa. Este é seu check-list.
  2. Invente as tarefas e escolha as perguntas. É importante calcular bem o tempo para que seja suficiente. Assim, a criança ficará entretida por todo o voo.
  3. Prepare um prêmio, que pode ser um brinquedo novo. Deixe o objeto com um comissário no começo do voo, explicando a situação.
  4. Antes do voo, dê à criança o check-list e um lápis. Explique a ela as regras do jogo. Ao cumprir as tarefas, a própria criança deverá marcar os quadrados da lista. Quando todas as tarefas estejam cumpridas, a criança deve apertar o botão para chamar o comissário e receber sua recompensa.

Crianças entre 1 e 3 anos:

Com cuidado, sopre em seu rosto ou salpique-o com um pouco de água. As crianças costumam se acalmar com carinhos, uma voz tranquila ou uma leve massagem. Distraia sua atenção, sorria, abrace a criança, ofereça um brinquedo ou uma bebida.

Crianças maiores de 4 anos:

Depois de aplicar uma técnica de respiração, proponha conversar tranquilamente sobre o que incomoda o pequeno. Faça junto a ele 10 respirações profundas. Pergunte se ele entendeu bem, dê à criança a chance de se expressar. Ofereça uma bebida, um livro ou um brinquedo. Abrace a criança: isso irá combater o estresse mais rapidamente.