Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Frases que pais inteligentes não dizem aos seus filhos

1-1-
16k

Quando somos bem jovens, costumamos fazer a promessa de nunca usar as mesmas frases ditas pelos nossos pais quando formos adultos. Só que, em boa parte dos casos, nos esquecemos do que foi prometido. Além disso, psicólogos concordam em afirmar que determinadas palavras usadas pelos pais podem realmente machucar uma criança, sobretudo as menorzinhas.

Foi por isso que o Incrível.club elaborou uma lista com 9 frases que, segundo especialistas, os pais devem deixar. Esperamos que este post sirva de inspiração para que você aja como uma pessoa adulta e racional, sabendo reagir a tempo e da melhor forma.

9. Você sempre / nunca

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Geralmente, as palavras "você sempre / você nunca" são ditas em contextos negativos: "Você nunca lava sua louça", "você sempre se atrasa". Basicamente, isso funciona como um estigma. Após ouvir afirmações assim, a criança só entende "você é ruim", sem encontrar nenhum motivo para duvidar dos próprios pais.

Portanto, evite expressões desse tipo, substituindo-as por outras que revelem seu ponto de vista sobre o que está acontecendo, mas sem dar a entender que se trata de uma reprovação explícita.

8. Eu avisei

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Com frases desse tipo, o pais apenas demonstram a própria superioridade. É óbvio que, por ser mais mais velho e mais experiente que seus filhos, você será mais sábio. Pelo menos até certo ponto. Mas para as crianças, esta frase soa como "eu sempre tenho razão, você nunca tem".

Em qualquer situação, o melhor é ajudar a criança a entender o que está fazendo de errado ou que equívoco cometeu, mostrando a ela como evitar repetir o erro.

7. Porque eu estou dizendo!

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Essa frase revela um verdadeiro fracasso por parte dos pais. Significa apenas uma coisa: você está sem argumentos sólidos. A criança tem consciência disso, e é exatamente o que ela vê.

É melhor investir um pouco de tempo em explicações do que criar uma pessoa que terá dificuldades em defender seus pontos de vista.

6. Você é bonzinho(a), te amo

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Pode parecer estranho, mas um elogio nestes termos não é tão legal quanto parece. É quase como um vício: a criança vai querer ser elogiada, mas os pais nem sempre estarão de bom humor, nem serão capazes de avaliar a importância do que o pequeno fez de bom. Como resultado, seu filho pode começar a pensar que só é amado pelos pais quando faz algo bom. E que se ele for incapaz de cumprir determinada tarefa, os pais deixarão de amá-lo.

Em situações assim, é melhor usar frases como "Me senti bem quando você..." ou "Fico feliz por você...".

5. Você não faz direito, deixa que faço

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Palavras desse tipo geram muita insegurança na crianças, transformando-as em pessoas que não se consideram capazes de terminar bem o que começaram a fazer. Todo obstáculo será visto por elas como uma dificuldade insuperável. É melhor deixar que seu filho finalize o processo. Se precisar, você poderá oferecer ajuda.

Evite expressões dessa natureza e permita que a criança cometa os próprios erros.

4. Meninos / meninas não se comportam assim

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

A imposição de diferentes estereótipos na infância pode levar a duas situações diferentes, ambas igualmente desagradáveis.

No primeiro caso, os filhos seguirão rigidamente os estereótipos impostos, sofrendo sempre que se desviarem daquilo que é tido como "regra". No segundo, desenvolverão uma oposição às suas palavras, fazendo justamente aquilo que você reprova, como se estivesse desafiando.

Desta forma, é melhor encontrar argumentos válidos para acabar com as lágrimas ou com a rebeldia do seu filho.

3. Por que você não é como...

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Qualquer comparação entre as crianças só gera rivalidade entre elas. É claro que seus filhos precisam entender com clareza que o mundo não gira em torno deles. Mas uma comparação agressiva não traz nada de bom. Só provoca o desenvolvimento de complexos desnecessários, fazendo com que a criança sinta menos amor pelos irmãos ou amigos com quem é comparada..

É melhor dizer diretamente com o que não está satisfeito ou do que não gostou. Mostre ao seu filho que ele tem todas as condições de atingir o sucesso, independentemente do nível de êxito obtido pelo irmão ou irmã.

2. Não saia até terminar

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

"Negociações" desse tipo só funcionam quando a criança é bem pequena. Conforme ela cresce, percebem que podem negociar em sentido contrário. A tática do "serviço por serviço" distorce a percepção da criança sobre porque precisa fazer determinadas coisas. Afinal, ela deve recolher os brinquedos para que a casa fique arrumada, e não para que os pais a deixem ver desenhos animados na TV.

Para que a criança não desenvolva esta falsa percepção, explique os reais motivos do seu posicionamento, e não negocie prêmios para o comportamento desejado.

1. Você não pode ter segredos comigo

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Frases assim podem até provocar um efeito contrário. A criança começará a mentir para deixar os pais mais tranquilos. Com o tempo, seu filho pode acabar se transformando em um verdadeiro ator.

Aceite o fato de que a criança, especialmente o adolescente, pode ter segredos que não quer dividir com os pais. É claro que você deve mostrar interesse na vida dos filhos, mas respeitando o limite. Todas as pessoas têm direito de manter um espaço pessoal. Com seus filhos não é diferente.

Ilustradora Alena Tsarkova exclusivo para Incrível.club
1-1-
16k