Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

6 segredos de pesquisadores de Harvard para que seu filho seja atencioso e bondoso

Todos os pais querem que os filhos se transformem em versões melhores deles mesmos. A seguir, você confere 6 dicas de pesquisadores da famosa universidade de Harvard, capazes de ajuda-lo a criar um filho bondoso, responsável e solidário.

1. Ensine a criança a controlar suas emoções

A raiva, tristeza e frustração podem deixar a criança fora de si. Mas você pode dar ao seu filho algumas lições sobre como lidar com as emoções, sem deixar-se levar pelo nervosismo. Quando a criança estiver tranquila, ensine-a esta simples técnica: inspirar profundamente pelo nariz, expirar pela boca e contar até 5. Caso veja que seu filho está agitado, lembre-se destes três passos, e os execute junto ao pequeno.

2. Fale sobre as responsabilidades por seus atos

A mamãe e o papai são os principais modelos que as crianças querem imitar e seguir. Converse sobre valores morais, ajuda mútua, sobre o cuidado com o mundo e questões ambientais. Explique o significado de ser responsável pelas próprias atitudes. E o mais importante: use o seu próprio exemplo para demonstrar o que querem dizer suas palavras. Estimule a criança a fazer todas as coisas boas que ela quiser realizar.

3. Ensine a se colocar no lugar do outro e a ajudar os mais frágeis

É muito importante que seu filho sinta empatia pelas pessoas, não só por parentes e amigos, mas por qualquer um que precise de apoio. Peça que ele imagine como seria se tivesse acabado de entrar na turma da escola. Fale com ele sobre problemas globais: o que é possível fazer para ajudar as crianças que sentem fome? E para aqueles que não têm casa? Faça com que seu filho desenvolva sua responsabilidade social, permitindo que ele tome medidas adequadas à sua idade.

4. Ensine a criança a ser agradecida

Demonstre ao pequeno a importância de dizer palavras amáveis e de agradecimento. Começa com algo pequeno: por exemplo, proponha que ele abrace e agradeça a vovó pela comida deliciosa, que não se esqueça de dizer "obrigado", que ajude nas tarefas domésticas como forma de agradecer por tudo que os pais fazem em casa. Falando nisso, pesquisas mostram que as pessoas que expressam livremente seu agradecimento são mais felizes e saudáveis que as outras.

5. Estimule o comportamento ético e estabeleça seus próprios valores morais familiares

A maioria dos pais é muito sensível ao sucesso que o filho alcança na escola ou em algum esporte. Por que não prestar atenção também à conduta ética da criança? Defina claramente os valores familiares e vigie para que tanto as palavras quanto os atos do pequeno sejam coerentes com eles. Ele se comporta respeitosamente? Cumpre o que promete? Como ele trata os colegas e aqueles injustamente ofendidos? E tenha claro, principalmente, quem o seu filho considera como um exemplo a ser seguido. Essa pessoa é, de fato, um exemplo?

6. Passe mais tempo ao seu lado

Se toda a comunicação entre você e seu filho se resume a conversas sobre disciplina, então você não será o melhor professor para ele. Tente construir uma relação baseada na confiança: é preciso estar frequentemente com a criança, conversar, brincar, fazer atividades juntos, ir a algum lugar divertido e, claro, não esquecer de dizer o quanto você a ama. Fazendo isso, seu filho crescerá sendo uma pessoa amável, sincera, que sabe o que é o amor e o respeito, sendo capaz de dividir esses sentimentos com os outros.

Tradução e adaptação Incrível.club
Ilustradora Dinara Galieva exclusivo para Incrível.club
Produzido com base em material de mcc.gse.harvard.edu