Incrível
Incrível

Comentários para o artigo «15 Desenhos animados feitos por brasileiros para você se divertir e maratonar com a criançada»

Receber notificações
caraca. adorei as indicações. N sabia de tantas produções nacionais
4
-
Resposta
Eu conheço mais alguns desenhos brasileiros, que são turma da Mônica, que foi criado pelo Maurício de Sousa, Ninjin, que esse desenho também foi produzido pela birdo, Gui e Estopa e Zuzubalândia, que esses dois desenhos brasileiros foram criados pela Mariana Catalbiano, Ico bit zip e as micro aventuras de Tito e Muda foram produzidos pela produção que é copa Studio.
2
-
Resposta
eu conheço os under-undergrounds
1
-
Resposta
Conheço Turma da Mônica, do Mauricio de Sousa, Zuzubalândia, Gui e Estopa, da Mariana Caltabiano e Mongo e Drongo do José Anderson (Senhor Abluba). Fiz um meme com Mongo e Drongo, vai aparecer aí para vocês abaixo.
1
-
Resposta
Oi, não gosto de chegar e sair logo corrigindo, mas existem dois erros no artigo:

1) A palavra 'estadunidense' é, na realidade, americano (vocês mesmos escreveram americano um pouco mais embaixo)... o gentílico de um país é, geralmente, baseado na terminação do nome completo, por exemplo: República Federativa do Brasil (simplificada como brasil) = brasileiro(a), República Argentina (simplificada como Argentina) = argentino(a), Estados Unidos Mexicanos (simplificados como México) = mexicano(a) e Estados Unidos da América (simplificados como América) = americano(a).

Se fosse para ser 'estadunidense' (em português) ou 'estadounidense' (em espanhol), os próprios americanos admitiriam a grafia 'Unitedstatian' (em inglês, né?), mas causaria conflitos com o México por este ser chamado de Estados Unidos Mexicanos! No caso, os Estados Unidos da América só são comumente referidos como Estados Unidos para não haver maiores ambiguidades com todo o continente americano (formado por 35 países, 19 territórios e 08 unidades da federação de países europeus...)!

Claro que não sou a favor de eles mesmos se dizerem a América inteira, mas eles também já sabem que não é verdade... e, convenhamos: detestar um país inteiro só por causa do nome não é bem ruim e bem errado? Tenho tantos e tão bons amigos que são americanos, alguns até pessoais e eles todos são ótimas pessoas, além de ótimos profissionais!

E, no mais, para usarem a palavra 'estadunidense', teriam que renomear também todas as outras palavras que começam com ameri- e são baseadas nos Estados Unidos (da América), tais como estas: américo- (composto em, por exemplo, américo-canadense), americanização, americanismo, americanista, americanizar, americanizado(a), amerimanga e americanime!

Ah, sim: e, também, pela lógica em si (que é um tanto quanto falha de verdade...), britânico(a) [do Reino Unido (da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte)] teria que ser 'reinunidense' (em português), 'reinounidense' (em espanhol) ou 'Unitedkingdomer' (em inglês)!

2) Youtuber é um estrangeirismo não incorporado ao idioma português... por isso mesmo, precisa estar em itálico!

Ah, sim, claro: respondendo à dúvida de vocês, eu ia citar As Aventuras de Gui & Estopa e Zuzubalândia (de minha amiga, Mariana Caltabiano, de São Paulo [cidade])... porém, já as citaram, né? Só que ainda tem mais uma: Carrapatos e Catapultas (de meu amigo, Almir Correia, de Curitiba)! Inclusive, a Mariana e o Almir me liberaram os personagens dessas três séries de animação para eu fazer crossovers (misturas) com os de duas séries de histórias em quadrinhos (no Brasil) ou bandas desenhadas (em Portugal e em Angola), que eu mesmo criei: Albert & Einstein e Sua Turma e Nina e Zoca (para a linha de gibis e fanzines Albert & Einstein e Sua Turma e Nina e Zoca Apresentam...)!

Bem, abraços e perdoem-me de fato pelas correções: é porque eu próprio sou um tanto quanto exigente e perfeccionista com o idioma! Entendem-me bem no caso aí? E é isso aí agora!
1
-
Resposta
Ative as notificações para ver novas respostas aos seus comentários