Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 características das escolas de Hong Kong que as tornam únicas

A educação em Hong Kong é uma das melhores do mundo. As crianças de outros países talvez não curtam muito do fato de ter de ir à escola, mas os pequeninos de Hong Kong o fazem com muita vontade e prazer!

O Incrivel.club descobriu o que faz com que as escolas dessa região administrativa especial da China sejam lugares tão fantásticos para aprender.

#12. Orgulho de seus alunos

Todos os prêmios e diplomas são colados justamente nas paredes de fora das escolas. Cada pedestre pode ver as conquistas dos alunos. Os troféus e medalhas também ficam expostos e são o orgulho de toda a escola.

#11. Fachadas coloridas

Nada de cores neutras! As fachadas escolares são pintadas com desenhos divertidos, que fazem com que cada edifício seja verdadeiramente único. As escolas são muito diferentes dos outros prédios, e isso as transforma em um lugar em que realmente dá vontade de ir todos os dias. A maioria dos desenhos não são meros enfeites: na realidade, além de serem decorativos, eles possuem fins educativos.

#10. Salas de aula pouco convencionais

As salas, as bibliotecas, refeitórios e as áreas de descanso parecem mais com um escritório do Google que uma escola normal. Por exemplo, você pode encontrar pequenos jardins cobertos para descansar e estudar, e nas salas existem alguns balanços e esteiras. Todo esse ambiente ainda é complementado com um design colorido e ergonômico das salas de aula.

#9. Participação das famílias

A interação dos pais no processo escolar é um componente importante da educação em Hong Kong. Nas escolas não somente são realizados cursos para os pais, como também conferências e palestras que tem a finalidade de ajudar os alunos e seus pais a ter um bom desempenho. Nas palestras do tipo "Como posso ajudar meu filho a estudar melhor", os pais não só escutam o professor mas também fazem tarefas: individuais, em duplas ou em grupos. As escolas ainda reservam vagas para os irmãos menores dos alunos, para que os familiares possam estudar juntos.

#8. Qualidade britânica

Hong Kong é uma antiga colônia da Grã Bretanha e conserva, até os dias de hoje, muitas tradições inglesas. Algumas aulas são dadas em inglês e chinês ao mesmo tempo, fazendo com que os alunos dominem o inglês com perfeição. O sistema educacional cumpre com os melhores padrões britânicos e prepara os alunos para se tornarem especialistas qualificados, solicitados no mundo inteiro.

#7. Modernização do processo

Mais tecnologias modernas, menos danos à natureza. A aprendizagem moderna busca minimizar a quantidade de livros e cadernos de papel e transformar todo o processo em um formato digital. Os meios de informação eletrônica duram mais que os livros de texto impressos, pesam muito menos e sua produção não é tão nociva para a natureza, como sim, o são, as fábricas de papel.

#6. Nada de provas antes dos 6 anos de idade

As crianças começam a estudar bem cedo: à partir dos 3 anos, e nos níveis de jardim de infância, já começa a preparação para as séries iniciais. Mas o melhor é que no primeiro nível da educação das crianças não existe nenhum tipo de provas ou exames. Eles assimilam a matéria e aprendem a aplicar os conhecimentos na vida real.

#5. Espírito de competição

Mas, embora não haja provas, desde o início, as crianças são estimuladas a serem as melhores. As listas dos alunos com melhor desempenho são divulgadas na Internet para que as grandes corporações possam financiar os estudos de seus futuros especialistas talentosos. Neste caso, a "briga" para ser o melhor, significa lutar pelo seu futuro.

#4. Disciplina rigorosa

Seguir as regras ao pé da letra é uma característica que diferencia todos os chineses em geral, e aos habitantes de Hong Kong em particular. Em todas as escolas existem regras de conduta e um uniforme obrigatório. A disciplina séria ajuda a melhorar o rendimento escolar e ensina as crianças a serem responsáveis.

#3. Educação física obrigatória

Reuters

O esporte é uma parte inseparável da estrutura educacional em Hong Kong. As crianças adoram estar em forma, tomar decisões rapidamente, trabalhar em equipe e cuidar de sua saúde e equilíbrio emocional. Para isso, os esportes de equipe, a ginástica, natação, artes marciais chinesas e outros tipos de esportes são cruciais.

#2. Estudar não significa apenas estar detrás das carteiras

Um parte importante do tempo é dedicada na preparação da criança para a vida adulta. Para estimular o desenvolvimento criativo e artístico dos pequenos, são realizados festivais, competições, festas, cerimônias do chá ou mesmo algum evento no qual as crianças precisam cozinhar.Os pais incentivam seus filhos a brincarem de ser médicos, bombeiros etc., com o intuito de que eles descubram o que gostariam de ser no futuro. Quando percebem o que mais interessa ao seu filho, se esforçam por fazer de tudo o que for possível para que ele se desenvolva nesse campo.

#1. Amor para com cada aluno

Mesmo com a já mencionada disciplina dura, todos os alunos recebem a mesma quantidade de atenção e carinho. O desenvolvimento das qualidades pessoais de cada um em particular é uma parte importante da educação em Hong Kong, a qual não só permite formar especialistas altamente qualificados como também, e acima de tudo, construir pessoas felizes e completas.

Imagem de capa ITV News