Incrível

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho

Embora em boa parte das vezes nosso organismo consiga responder naturalmente a situações estressantes, a verdade é que a exposição constante ao estresse por um longo período pode ser contraproducente tanto para a saúde física quanto para a mental. Infelizmente, esse costuma ser o caso de muitas pessoas que vivem sob pressão no trabalho. O número de casos de estresse atingiu um nível tão significativo em termos globais que a OMS (Organização Mundial da Saúde) incluiu a chamada Síndrome do Esgotamento Profissional (ou Síndrome de Burnout) em sua classificação internacional de doenças.

O Incrível.club sabe o quanto é importante cuidar da saúde física e mental e incentiva você, leitor, a responder às questões a seguir com base em um teste elaborado por instituições de saúde do governo mexicano e que permite conhecer os estados de estresse de um trabalhador. Isso o ajudará a detectar se está atualmente em uma situação de estresse extremo. Como bônus, sugerimos algumas estratégias para romper esse ciclo prejudicial.

Perguntas

Instruções: responda, com base nos seguintes números, se você apresentou algum dos sintomas abaixo nos últimos três meses: 1) Nunca, 2) Quase nunca, 3) Raramente, 4) Às vezes, 5) Com relativa frequência, 6) Com muita frequência.

Vá somando os pontos (os números) à medida em que avança. No final, o valor total indicará o nível de estresse pelo qual está passando em sua vida profissional.

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho
  • Não consegue dormir à noite (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Sofre de enxaquecas constantes e/ou dor de cabeça (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Sente desconforto gastrointestinal (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Sensação de cansaço extremo (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Come e/ou bebe compulsivamente (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Diminuição do interesse por se relacionar com outras pessoas (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Sensação de sufocamento (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Diminuição do apetite (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Tiques nervosos (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Dores ou fisgadas no corpo (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Incapacidade de se levantar de manhã (1) (2) (3) (4) (5) (6)

  • Sudorese e/ou palpitações (1) (2) (3) (4) (5) (6)

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho

Veja como se saiu

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho
  • De 12 a 24 pontos: sem estresse. Parabéns! Isso significa que você não apresenta nenhum sintoma de estresse relacionado ao trabalho. Você é uma pessoa equilibrada e certamente tem estratégias para lidar com os problemas.
Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho
  • 25 a 36 pontos: estresse leve. Embora pareça que você não sofre de estresse, a verdade é que está em uma fase de atenção. Ou seja, existem fatores que causam o estresse, mas você ainda consegue lidar com eles de forma preventiva.

  • De 37 a 48 pontos: estresse mediano. Nessa fase, ainda é possível tomar consciência dos fatores que causam o estresse e verificar quais deles podem ser modificados para não se desequilibrar profissional e pessoalmente. Não acabe com sua resistência!

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho
  • De 49 a 60 pontos: estresse alto. Você esgotou todos os recursos físicos e mentais para enfrentar situações problemáticas. É hora de fazer uma pausa e procurar especialistas em saúde para detectar se, como consequência desse quadro, você não está sofrendo de alguma doença.

  • De 61 a 72 pontos: estresse grave. Você deve procurar ajuda profissional imediatamente. Sua saúde está em risco.

Bônus: recomendações para combater o estresse no trabalho

Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho

OMS sugere uma série de medidas para reduzir o estresse relacionado ao trabalho:

  • planejar e priorizar;
  • falar sobre seus problemas e suas tensões;
  • avaliar seus interesses, habilidades e paixões;
  • dar a si mesmo recompensas que o deixem animado;
  • concentrar-se nos pontos positivos.
Teste: avalie se você sofre de estresse no trabalho
  • buscar ajuda de amigos ou familiares;
  • desconectar-se do trabalho;
  • fazer atividade física;
  • praticar o chamado mindfulness (ou atenção plena);
  • fazer terapia.

Seu resultado foi satisfatório? Você acha que sua saúde poderia melhorar se sua carga de trabalho fosse mais leve? Deixe sua opinião nos comentários!