Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Fotos diferentes do ’antes e depois’

Enquanto boa parte das mulheres em todo o mundo vive pensando em emagrecer, outras se esforçam para ganhar peso..

O Incrível.club destaca a história de mulheres que não contam quilos a perder, e sim a ganhar. Apesar de todas as dificuldades físicas e psicológicas, elas aprenderam a se amar como são. Todos nós podemos nos inspirar com toda essa força de vontade.

Hayley Harris

Hayley Harris tem consciência de que começou a passar fome para se encaixar no padrão das mulheres que aparecem em revistas de moda. Ela criou um perfil no Instagram enquanto estava internada num hospital para tratar seu transtorno alimentar. Hayley afirma que o apoio recebido dos seus seguidores ajudou na superação da doença. Hoje, ela é uma ativista contra a ditadura da magreza.

Courtney Black

Há alguns anos, Courtney Black pesava cerca de 45 quilos. Ela trabalhava como modelo fitness e achava que, para ressaltar os músculos, precisava ficar extremamente magra. Resolveu, então, reduzir a dieta a 800 calorias por dia, passando a viver atormentada pela fome. A mulher acabou no hospital. Após sua recuperação, Courtney começou a consumir 2000 calorias por dia. Hoje, ela é uma personal trainer de sucesso.

Sarah Ramadan

Esta é Sarah Ramadan. A diferença entre as duas fotos é de dois anos e 20 quilos. Aos 18 anos, a jovem sofria de depressão, o que levou à anorexia. "Vivi muito tempo me culpando pelas calorias que consumia", admite Sarah em seu Instagram. Ela passou a se dedicar ao bodybuilding e está totalmente feliz com seu corpo.

Margherita Barbieri

Margherita Barbieri trabalhava como bailarina. Depois de ser rejeitada em testes importantes, decidiu que não estava magra o suficiente. E literalmente começou a passar fome. Hoje, Margherita enxerga que a saúde deve vir antes de tudo, e afirma que gosta muito mais do seu corpo do que antes.

Aroosha Nekonam

Atualmente, Aroosha Nekonam é uma blogueira fitness e personal trainer de sucesso, com clientes fazendo fila. Em seu Instagram, publicou: "Querido corpo, desculpe por ter te tratado tão mal". Após se formar na universidade, Aroosha, perfeccionista por natureza, decidiu fazer uma dieta que se revelou um verdadeiro pesadelo.

Connie Inglis

Connie Inglis sofre de anorexia desde a adolescência, ou seja, há uns 10 anos. Às vezes, consegue ganhar peso, em outras ocasiões tem recaídas. Justamente por isso, ela resolveu abrir um conta no Instagram. É pela rede social que a jovem recebe o apoio de seus seguidores, publicando coisas motivadoras. Por exemplo, fotos dos doces que ela mais tenta comer.

Erika The Tiger

Erika "A tigresa" (Erika The Tiger) sofreu com anorexia e bulimia desde seus 16 anos. Como acontece com muitas outras garotas jovens, ela se achava gorda demais e, um dia, simplesmente parou de comer. Depois, passou a odiar a própria magreza e se esconder em roupas folgadas. Ao superar a doença, Erika começou a fazer exercícios, casou e deixou de sentir vergonha de seu corpo.

Brooke Cheeba

Brooke Cheeba é uma famosa estilista. Geralmente, costuma publicar nas redes sociais seus novos trabalhos. Porém, recentemente ela surpreendeu a todos com a revelação de que, enfim, havia ganhado peso. Com a foto, postou o comentário: "Finalmente me sinto mais feminina e segura de mim mesma. Estou cheia de felicidade!".

Imagem de capa bitingback