Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Dieta MIND: alimentação que ajuda a prevenir o Alzheimer

Dieta MIND: alimentação que ajuda a prevenir o Alzheimer

----
131

A dieta MIND recebe esta sigla pelo seu nome em inglês (Mediterranean-DASH Intervention for Neurodegenerative Delay e, ao mesmo tempo, é um trocadilho com a palavra 'mind' - memória, em inglês). Ela foi desenvolvida por cientistas do Centro Médico da Universidade de Rush, nos Estados Unidos, para prevenir o surgimento do Alzheimer. Pesquisamos um pouco sobre ela e de que maneira ela consegue 'blindar' o cérebro contra esta doença cada vez mais frequente e que leva à perda de memória.

Para pensar na dieta como uma alternativa para o Alzheimer, os cientistas não realizaram um estudo controlado. Pelo contrário, eles coletaram informação já existente sobre as dietas que as pessoas com tendência a sofrer a doença seguiam. Para isso, eles usaram os resultados de uma pesquisa que procurava conhecer o tipo de alimentos que as pessoas da terceira idade consumiam, e compararam as tendências de alimentação com as probabilidades de desenvolver Alzheimer.

Eles concluíram que quem segue esta dieta de maneira rigorosa tem 53% menos de probabilidade de desenvolver a doença. Quem a segue de maneira ocasional, vê a probabilidade se reduzir em 35%. Além disso, eles deixaram claro que quanto mais cedo esses hábitos alimentares forem implementados, maiores os benefícios ao paciente e menor a probabilidade de que a degeneração celular implique em Alzheimer.

Ao contrário do que se possa imaginar, esta dieta é fácil de seguir e incentiva o consumo de alguns alimentos. Ela abrange 15 componentes que pertencem a 10 grupos alimentares que favorecem a saúde cerebral, como frutos secos (com casca), grãos, óleos naturais presentes em peixes, carnes brancas e vinho. Além disso, a dieta sugere uma diminuição de carne vermelha, açúcar refinado e manteiga.

Recentemente, o Sydney Morning Herald publicou os componentes principais da dieta MIND:

Porções diárias:

Três porções de grãos.

Uma porção de salada verde (acelga, alface, espinafre, rúcula).

Uma porção de frutas secas.

Uma porção de frutos secos (amendoim, nozes, amêndoas, avelãs).

Meia taça de vinho ou suco de uva.

Porções para se consumir semanalmente:

Uma porção de favas ou legumes.

Duas porções de frutas vermelhas (especialmente arandos, que protegem as células cerebrais).

Uma porção de carne branca.

Uma porção de peixe (principalmente peixe branco ou salmão).

Não exagerar com:

Manteiga: não mais de meia colher por dia.

Queijos com muita gordura.

Evitar comida industrializada, fast food e açúcar refinado.

Foto de apresentação: Unsplash

Tradução e adaptação Incrível.club
----
131