Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como diferenciar as especiarias naturais das falsificadas

----
47k

O mundo das especiarias é incrivelmente vivo e diversificado. Mas, infelizmente, muitas vezes compramos produtos rançosos ou de baixa qualidade. Ou mesmo imitações baratas. Ninguém está a salvo disso nem mesmo nos países que produzem essas especiarias.

O Incrível.club mostra como alguns truques simples vão ajudá-lo a determinar a qualidade dos produtos e apreciar o tempero autêntico com todo o seu aroma.

  • Alguns comerciantes espertalhões costumam vender cássia em vez de canela, mas esta tem um sabor menos pronunciado. Além disso, seus ramos são mais grossos e ásperos e, em geral, são enrolados apenas de um lado.
  • A canela em pó pode ser distinguida da cássia da seguinte maneira: adicione algumas gotas de iodo. Se a especiaria ficar azul, trata-se de cássia.
  • Ao esmagar um grão de pimenta preta fresca (pimenta do reino), ele se quebra em pedaços bastante grandes, deixando um leve vestígio de gordura. O produto de baixa qualidade, seco ou velho, quando esmagado se desfaz em pó.
  • A pimenta branca deve ser da cor creme, levemente da cor do café. Se for muito branca, é muito provável que os grãos tenham sido sujeitos a um branqueamento. A pimenta branca não tem cascas.
  • A pimenta da Jamaica (também chamada de pimenta inglesa) deve ser grande e ter uma casca densa e lisa. Os grãos de qualidade afundam quando introduzidos na água.
  • A raiz do gengibre deve ser lisa, densa, sem rugas, com uma pele fina. Se o gengibre estiver enrugado ou com a casca solta, está velho. É melhor que a raiz não tenha muitos nós. Então sua polpa não terá fibras grossas.
  • É comum ocorrer a substituição da cúrcuma moída por farinha com corantes e aromas. Nesse caso, é fácil descobrir quando há falsificação, basta dissolver o pó na água. O tempero natural não formará manchas brancas na superfície da água. Se está em dúvida, compre um pouquinho e faça o teste em casa. Comprovada a fraude, esqueça o vendedor e conte pros amigos. A propaganda negativa é o melhor forma de acabar com esse tipo de golpe.
  • A raiz da cúrcuma é da cor amarela ou laranja. Sua pele é fina, o suco deixa marcas de uma cor viva. A raiz não deve ser macia nem ter rugas.
  • O anis estrelado, por causa de seu cheiro, é semelhante ao anis e tem uma cor marrom avermelhada. Deve ter oito raios com uma semente brilhante em seu interior. O anis estrelado fresco, quando quebrado, libera um líquido oleoso. Se as estrelas são muito quebradiças ou de cor muito escura, são de má qualidade.
  • As sementes de cardamomo devem ser grandes, da cor verde oliva. Uma cor verde clara pode indicar a presença de corantes artificiais e uma cor amarelada ou ocre indica que o cardamomo foi seco incorretamente ou que já está velho.
  • A noz moscada autêntica é oval, com muitos sulcos em seu interior. Seu parente selvagem, que muitas vezes passa pela noz moscada, tem um formato mais longo e muitos menos sulcos, quando cortado.
  • Os botões florais de um cravo de qualidade são castanhos e as hastes são mais escuras do que a sua parte superior. Quando quebrados, produzem óleo. O cravo tem um cheiro forte e picante e um sabor ligeiramente amargo.
  • Você pode verificar o frescor deste tempero, se mergulhar os botões florais na água. O cravo fresco flutuará verticalmente, enquanto os velhos flutuarão na superfície da água.
  • As vagens de baunilha mantêm o odor por vários anos. As de qualidade possuem curvas nas pontas. Elas são da cor chocolate, flexíveis e com um comprimento de 15 a 25 centímetros.
  • Mesmo uma baunilha de qualidade e aroma inferiores, superará significativamente o seu análogo sintético, a vanilina.
  • O açafrão natural é muito caro. Quando você compra a baixo custo, corre o risco de adquirir uma falsificação de cúrcuma, cártamo ou beterraba desidratada.
  • O produto de qualidade é homogêneo, sem migalhas, com uma cor bordô viva ou vermelha escura. O açafrão quando moído adquire uma textura de pó. E se o tempero for dissolvido na água, o líquido adquire sua cor somente após cerca de 15 minutos.

Recomendações gerais

  • Ao escolher especiarias e ervas aromáticas é sempre melhor dar preferência aos produtos inteiros, e não moídos. Aos moídos, os espertalhões geralmente adicionam outros produtos semelhantes, mais baratos e alguns aditivos, dificultando a verificação da qualidade do produto de uma maneira específica.
  • Vale a pena prestar atenção às embalagens. Proteja o produto da poeira, da umidade e de odores estranhos. Considera-se que o melhor recipiente para isso é o vidro: não deixa passar os odores ou a umidade e não afeta o aroma do tempero. É aconselhável removê-los da luz ou, pelo menos, cobrir uma parte com um guardanapo de papel.
  • A variante ideal é semelhante a um frasco de moedor, no qual uma especiaria inteira é triturada antes de adicionada ao prato. Eles também são geralmente reutilizáveis, o que é muito conveniente: você sempre pode preencher o envase vazio com novas especiarias.
  • Se você sempre compra esse tipo de produto, procure ter algu vínculo com o vendedor - pode ser o da feira perto da sua casa ou do mercado municipal, por exemplo. Quando o vendedor conhece o comprador, dificilmente irá lhe vender um produto de má qualidade. Aliás, essa recomendação vale não apenas para especiarias, mas para frutas, legumes, carnes e queijos, por exemplo: quanto mais 'amigo' do vendedor, menor a chance de ser ludibriado.
Imagem de capa depositphotos.com
----
47k